TEORIAS EVOLUCIONISTAS

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
TEORIAS EVOLUCIONISTAS by Mind Map: TEORIAS EVOLUCIONISTAS

1. MONET (1744-1829)

1.1. LAMARCKISMO

1.1.1. vida surgia espontaneamente e evoluía. O meio ambiente influencia na transformação dos seres vivos

1.1.2. 2 IDEIAS PRINCIPAIS

1.1.2.1. LEI DO USO E DESUSO: órgãos mais usados são aperfeiçoados e os menos usados são atrofiados. (paralisia e hipertrofia muscular eram usadas como provas).

1.1.2.2. LEI DA TRANSMISSÃO DAS CARACTERÍSTICAS ADQUIRIDAS: as características adquiridas na lei do uso e desuso eram transmitidas para as demais gerações. Aperfeiçoamento de órgãos, ou atrofiação até desaparecer. (comprimento da língua do tamanduá de tanto estica-lá para pegar formigas).

1.1.2.2.1. Hoje sabemos que ambas teorias não são possíveis, não se aplicam para todos os órgãos e características não são passadas para descendentes.

2. CHARLES DARWIN (1809-1882)

2.1. NASCEM MUITOS INDIVÍDUOS (não são idênticos)

2.1.1. SELEÇÃO NATURAL (sobrevivência do mais adapto)

2.1.1.1. SOBREVIVEM OS QUE APRESENTAM CARACTERÍSTICAS VANTAJOSAS

2.1.1.1.1. DESCENDENTES HERDAM CARACTERÍSTICAS VANTAJOSAS

3. NEODARWINISMO

3.1. três principais fatores

3.1.1. mutações

3.1.1.1. são alterações não programadas no DNA de um indivíduo. Podem ser comparadas com acidentes que, na maioria dos casos, resultam em perda de informação genética.

3.1.1.2. somente as mutações podem produzir novos genes, variação no fenótipo de um indivíduo, conferindo-lhe características vantajosas.

3.1.1.3. os resultados experimentais com as mutações mostraram que elas são capazes de produzir TRANSFORMAÇÕES MICROEVOLUTIVAS, isto é, pequenas mudanças dentro da própria espécie.

3.1.1.4. as mutações produziram alterações na cor dos olhos e do corpo; no tamanho, forma e número de asas e antenas, mas não puderam produzir estruturas.

3.1.2. recombinação genética

3.1.2.1. durante a reprodução sexuais, ocorrem fenômenos que permitem a mistura dos genes e, portanto, a produção de combinações inéditas desses genes.

3.1.2.2. na meiose dos eucariontes, a segregação independente dos cromossomos permite que genes de origem paterna e materna se combinem nos gametas.

3.1.2.3. pode ocorrer a permuta, ou crossing-over, que também contribui para a variabilidade genética.

3.1.2.4. esses fenômenos não produzem novos genes. eles apenas combinam de maneira diferente os genes já existentes. eles não fornecem pistas de como estruturas novas poderiam se formar.

3.1.3. seleção natural

3.1.3.1. selecionavam cuidadosamente as fêmeas e os machos reprodutores para produzir seres aptos/de elite

3.2. após a ciência negar a teoria de Darwin, uniram o darwinismo clássico às novas ideias da genética, formando o Neodarwinismo