Taquicardia 2

Project Control, Project Closing, Timeline template

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Taquicardia 2 by Mind Map: Taquicardia 2

1. Taquicardia Sinusal

1.1. 180 - 200bpm

1.2. 1:1

1.3. Sustentada

1.3.1. Sofrimento Fetal

1.3.2. Tireotoxocose

1.3.3. Anemia Fetal

1.3.4. Medicação beta agonista

2. Taquicardia Supraventricular

2.1. Reentrada 95%

2.1.1. 220-300 bpm

2.1.2. VA<AV

2.1.2.1. Schedule Quality Review Meeting

2.1.2.2. Prepare for Quality Review Meeting

2.1.2.3. Conduct Quality Review Meeting

2.1.2.4. Follow-up Quality Review Meeting

2.1.3. 1:1

2.1.3.1. Determine Frequency of Meetings

2.1.3.2. Schedule Meetings

2.1.3.3. Brief Project Board

2.1.3.4. Prepare Meetings

2.1.3.5. Conduct Meetings

2.1.3.6. Follow-up Meeting

2.2. Foco atrial ectópico 5%

2.2.1. 150-250 bpm

2.2.2. 1:1

2.2.3. VA>AV

3. Características de cada

4. Flutter Atrial

4.1. reentrada intra atrial

4.2. ocorre apenas no 3 trimestre

4.3. 350-500 bpm

4.3.1. 2:1, 3:1, 4:1

4.4. associação com

4.4.1. miocardite

4.4.2. isoimunização

4.4.3. Ebstein

4.4.4. malformação com dilatação atrial ou regurgitação tricúspide

5. Taquicardia Ventricular

5.1. Foco ectópico ventricular

5.1.1. secundário hipertrofia miocárdica por estenose de valva ou tumor

5.1.1.1. também associado a síndrome do QT longo

5.2. Quando 1:1 fica impossível diferenciar de TSV

5.3. Frequência no cordão umbilical é baixa

5.4. VA<AV

5.5. Suspeitar quando a taquicardia ocorre em combinação com períodos de bradicardia ou bloqueio AV

6. Taquicardias Raras

6.1. Taquicardia sinusal inapropriada - IST

6.1.1. >200bpm

6.1.2. VA<AV diferenciando da taquicardia supra ventricular

6.1.3. Há aumento da FC durante a movimentação fetal (diferenciando da da taquicardia sinusial)

6.2. Taquicardia funcional ectópica (Coumel) - JET

6.2.1. 1:1

6.2.2. 180-240bpm

6.2.3. VA>AV

6.2.4. Associado a isoimunização

6.3. Taquicardia Atrial Multifatorial ou Caótica

6.3.1. 2 ou 3 trimestre

6.3.2. pode estar associada a síndrome de Costello

6.3.3. Aumento da TN, polidrâmnia, fêmur e úmero curtos, hipertrofia miocárdica

6.3.4. 180-200bpm

6.3.5. 1:1