Cenários de Teste integrado

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Cenários de Teste integrado by Mind Map: Cenários de Teste integrado

1. Cenários isolados

1.1. BOP

1.2. ATP na Remessa

1.2.1. Envio de e-mails na não criação da remessa

1.3. TM

1.3.1. Navegação no SAP TM

1.3.1.1. NWBC

1.3.1.1.1. Menus

1.3.1.1.2. as POWLS

1.3.1.2. SAP GUI

1.3.1.2.1. Arvore do sap tm

1.3.2. Arquitetura de integração (mapeamento de interfaces)

1.3.2.1. Nomes de mensagem

1.3.3. Principais obejtos

1.3.3.1. A unidade de frete

1.3.3.1.1. Tipos

1.3.3.1.2. De-para de processos para unidades de frete

1.3.3.1.3. Dados relevantes

1.3.3.1.4. As datas na unidade de frete

1.3.3.2. A ordem de frete

1.3.3.2.1. Tipos

1.3.3.2.2. Dados relevantes

1.3.3.2.3. De para de OF > OT

1.3.3.2.4. OF multipicking

1.3.3.2.5. Principais ações

1.3.3.3. A NTBO

1.3.3.3.1. Espelho da OV

1.3.3.4. A NTBF

1.3.3.4.1. Espelho da Remessa

1.3.4. Principais conceitos

1.3.4.1. Rede de transporte

1.3.4.1.1. Tipos de linhas

1.3.4.1.2. Desenho da rede simplificado

1.3.4.2. Recursos múltiplos

1.3.4.2.1. Instruções especiais

1.3.4.2.2. Capacidades

1.3.4.2.3. Turno + velocidade média

1.3.4.3. Meios de transporte

1.3.4.4. Incompatibilidade

1.3.4.5. Participações (Business share)

1.3.4.5.1. Duração

1.3.4.5.2. Criação

1.3.4.5.3. consumo

1.3.4.6. Perfil de seleção

1.3.4.6.1. Horizonte e offset

1.3.4.7. Perfil de planejamento

1.3.4.7.1. perfil optimizer

1.3.4.7.2. perfil de custos

1.3.4.8. Bloqueios na UF

1.3.4.8.1. Bloqueios customizados - bop, liberie, capacidade

1.3.4.9. Unidade palete

1.3.5. O processo no TM

1.3.5.1. Fluxo de documentos

1.3.5.1.1. OV / STO > NTBO

1.3.5.1.2. NTBO > UF

1.3.5.1.3. UF > Remessa

1.3.5.1.4. Remessa > NTBF + UF

1.3.5.1.5. UF > OF

1.3.5.1.6. OF > OT

1.3.5.2. Planejamento no Transportation Cockpit (com otimizador)

1.3.5.3. Programas batch

1.3.5.4. Logs

1.3.5.5. Estorno e recriação UF

1.3.5.6. Rejeitando bloqueio

1.3.5.7. Jobs

1.3.5.7.1. Sequencias job

1.3.5.8. FAQ

1.3.5.8.1. não planeja

1.3.5.8.2. quebrou errado

1.3.5.8.3. não determinou o agente

1.3.5.8.4. não atualiza documento / não integra ordem

1.3.5.8.5. Não gerou remessa

1.3.5.8.6. remessa sem lote

1.3.6. O que acontece na criação da remessa quando a ordem de venda estiver em edição?

1.3.7. Multicoletas + Multi picking

1.3.8. Veiculo Dedicado

1.3.9. Videos

1.3.9.1. Transações que a gente não usa geralmetne

1.3.9.1.1. RElhshow

1.3.9.1.2. Criação del inha de nrasporte

1.3.9.1.3. Business share

1.3.9.1.4. Veículos especiais

1.3.9.1.5. Z de Determinaçao de tipo de OT

1.3.9.1.6. Planejamento da OF e OT da segunda etapa da ZTNF

1.3.9.1.7. Zamos

1.3.9.1.8. Schedule de Navios

1.3.9.1.9. Talvez não

1.3.9.1.10. Não vao estar

1.3.9.2. Outras questões

1.3.9.2.1. Impacto da colocação de OV de granel no TM e na partição de remessas

1.3.9.2.2. TEr no FAQ a questao dos evnios de e-mails.

1.3.9.3. Videos das outras etapas do processo

1.3.9.3.1. Teria um vídeo de ponta a ponta

1.3.9.4. Local onde seriam hospedados/dispnibilizados os materiais e videos

1.3.9.4.1. Braskem View

1.3.9.5. Video com narração ou sem?

1.3.9.6. Galera é mais visual

1.4. Simulador de capacidade

1.4.1. Confirmado na mesma data

1.4.2. Sugestão de antecipação

1.4.3. Sugestão de postegação

1.4.4. Cenário sem capacidade, com aumento de capacidade para re-rodar o Simulador

1.4.5. Cenário sem capacidade, SEM aumento de capacidade para re-rodar o Simulador

1.4.6. TBD - Larissa + Issao Definir

1.5. Entrada de Pedidos

1.5.1. Alertas na Entrada da Ordem de venda

1.5.1.1. Carga Emergencial

1.5.1.2. Transbordo

1.5.1.3. Cabotagem (Schedule)

1.5.1.4. Importação

2. Cenários integrados

2.1. Alertas na Entrada da Ordem de venda

2.1.1. Ordens de Venda

2.1.1.1. Carga Normal

2.1.1.1.1. BOP

2.1.1.2. Ordem de Transbordo

2.1.1.2.1. BOP

2.1.1.3. Ordem de Cabotagem

2.1.1.3.1. BOP

2.1.1.4. Carga Emergencial (Alerta na Entrada da ordem de venda) - Rodoviária

2.1.1.4.1. ATP na Remessa

2.1.1.5. Carga Emergencial (Alerta na Entrada da ordem de venda) - Cabotagem

2.1.1.5.1. ATP na Remessa

2.1.1.6. Remessa para industrialização

2.1.1.6.1. ATP na Remessa

2.1.1.7. Devolução

2.1.1.7.1. ATP na Remessa

2.1.1.8. Ordem de Venda ZTNF

2.1.1.8.1. TM

2.1.1.9. Entrega em Armazém Fechado

2.1.1.9.1. BOP

2.1.1.10. Bloco/Cera

2.1.1.10.1. BOP

2.1.1.11. Venda Triangular

2.1.1.11.1. BOP

2.1.2. Pedido de Transferencia

2.1.2.1. Pedido atrelado à ZTNF

2.1.2.1.1. BOP

2.1.2.2. Pedido de Malha

2.1.2.2.1. BOP

2.1.2.3. Pedido de Push

2.1.2.3.1. ATP na Remessa

2.1.3. NÃo vamos testar:

2.1.3.1. Ordem de transferencia

2.1.3.1.1. Transferencia de amostra

2.1.3.1.2. Trasnferencia de EP

3. Cockpits

3.1. Cockcpit de Capaciadde

3.2. Cockpit OTC

4. Carga Normal

4.1. BOP

4.1.1. Confirmação ATP

4.1.1.1. Com

4.1.1.1.1. Area MRP

4.1.1.2. Sem

4.1.1.3. Não vamos testar:

4.1.1.3.1. Critérios de priorização do BOP/Prisma

4.1.1.3.2. Envio de e-mail

4.1.1.3.3. Variação de tipos de ordem (ZORB, ZBND, etc)

4.1.1.3.4. Variação de cenários de horizonte de BOP (CAbotagem vs. Granel, vs. Embalado)

4.1.1.3.5. Confirmações parciais

4.1.1.3.6. Diferença entre Ordem de Venda e Transferencia

4.1.1.3.7. Rodada do ATP Simulação

5. Pontos Importantes CM

5.1. Entrada de Pedidos

5.1.1. Cabotagem (Schedule)

5.1.2. Transbordo

5.1.3. Carga Emergencial

5.1.4. Transferência

5.1.5. Importação

5.2. Disponibilidade e Promessa de Data

5.2.1. BOP

5.2.1.1. Critérios para entrada no BOP

5.2.1.2. Pedidos lançados após Simulação

5.2.2. ATP

5.2.2.1. OV

5.2.2.2. BOP/ATP

5.2.2.3. Remessa

5.3. Capacidade de Expedição

5.3.1. Confirmado na mesma data

5.3.2. Sugestão de Antecipação

5.3.3. Sugestão de Postergação

5.3.4. Cenários sem capacidade e com aumento de capacidade

5.3.5. Cenáios Sem capacidade e Sem aumento

5.4. Embarque e Contratação

5.4.1. Diferentes tipo de OV

5.4.1.1. Carga Emergencial

5.4.1.2. PUSH

5.4.2. Linhas de transporte

5.4.3. UF

5.4.4. Remessas

5.4.4.1. ATP

5.4.4.2. Otimizador

5.4.4.3. Desbloqueio da Remessa

5.4.5. Regras de contratação de Agente de Frete

5.4.5.1. Business Share

5.4.5.2. Determinação de Parceiro SP na OV

5.4.6. Regras de determinação de OT e material de embalagem

5.4.7. O que acontece na criação da remessa quando a ordem de venda estiver em edição?

5.4.8. Multicoletas + Multi picking

5.4.9. Veiculo Dedicado

5.5. Pós-Venda

5.6. Overview

6. Discussão de impactos para o go live

6.1. Discussão de impactos para o go live

6.1.1. Cockpit Prisma

6.1.1.1. Go live Técnico?

6.1.1.1.1. Sim

6.1.1.2. Go Live Funcional

6.1.1.2.1. Sim

6.1.2. Cabotagem Emergencial

6.1.2.1. Go live Técnico?

6.1.2.1.1. Sim

6.1.2.2. Go Live Funcional

6.1.2.2.1. Sim

6.1.3. Melhorias SD (entregas emergenciais, programação de entrega)

6.1.3.1. Go live Técnico?

6.1.3.1.1. Não

6.1.3.2. Go Live Funcional

6.1.3.2.1. Não

6.1.3.3. Porque postergar

6.1.3.3.1. Muda a forma como são colocados os pedidos

6.1.3.3.2. A entrega emergencial desativa o template e sem o TM não faz sentido a prioridade de remessa de cargas emergenciais

6.1.4. BOP

6.1.4.1. Go live Técnico?

6.1.4.1.1. Sim

6.1.4.2. Go Live Funcional

6.1.4.2.1. Não

6.1.4.3. Porque postergar

6.1.4.3.1. Não faz sentido go-live funcional, sem a inclusão dos cenários de Exportação

6.1.4.3.2. Setores de UTEC(24), UNILENE (25) e PE Verde (27) não possuem prazo para estarem prontos para serem executados no BOP

6.1.5. ATP na remessa

6.1.5.1. Go live Técnico?

6.1.5.1.1. Não

6.1.5.2. Go Live Funcional

6.1.5.2.1. Não

6.1.5.3. Por quê postergar

6.1.5.3.1. Dependência da priorização do prisma

6.1.6. Simulador

6.1.6.1. Go live Técnico?

6.1.6.1.1. Sim

6.1.6.2. Go Live Funcional

6.1.6.2.1. Não

6.1.6.3. Por quê postergar

6.1.6.3.1. Não teria o BOP, por consequencia não seria viável a criação de remessa em massa

6.1.6.3.2. Processo de análise e criação de remessas de processos que nào estão no BOP é prejudicado

6.1.7. TM

6.1.7.1. Go live Técnico?

6.1.7.1.1. Sim

6.1.7.2. Go live Funcional?

6.1.7.2.1. Não

6.1.7.3. Por quê postergar

6.1.7.3.1. Não faz sentido pois a a criação de remessas não teria o input da rodada do BOP, para priorização de clientes, e geraria retrabalho para estornar as remessas criadas em massa

6.1.8. Outros pontos

6.1.8.1. Comunicação das priorizações do prisma ainda não foram comunicadas aos clientes

6.1.8.2. Comunicação das mudanças (antecipação e postergação de datas de remessas) é importante acontecer antes do Go Live

6.1.9. To dos posteriores

6.1.9.1. Avaliar a viabilidade de separar os objetos na requests

6.2. Melhorias / Ajustes para EP

6.2.1. Cockpit OTC

6.2.1.1. Remover o filto MI/EP

6.2.1.1.1. Perdeu funcionalidade

6.2.1.1.2. Só pode ser removido depois de criar o cockpit de EP

6.2.1.1.3. Impacto para negócio:

6.2.1.2. Incluir o filtro de Backlog

6.2.1.2.1. Mesmos valores da coluna BACKLOG (Backlog logístico, Backlog crédito)

6.2.1.2.2. Impacto para negócio:

6.2.1.3. Retirar os tipos de ordens de exportação do cockpit OTC

6.2.1.3.1. Impacto para negócio: Alto

6.2.1.4. Incluir coluna setor de atividade

6.2.1.5. Incluir coluna de Parceiro

6.2.2. Entrada de pedios

6.2.3. BOP

6.2.4. Criação de remessa em massa

6.2.5. Simulador de capacidade

6.2.6. Planejamento TM

6.2.7. Criação de OT

6.2.8. Portal de Agendamento

6.3. Discussão sobre a quantidade confirmada zero

6.3.1. Poderia criar as remessas com quantidade confirmada zerada

6.3.1.1. E-mail de criação zerado continuaria sendo enviado e deveria abastecer

6.3.1.2. A criação de remessa com quantidade zerada deveria abastecer um relatório para visualizar as remessas e armazenar um log com motivos de falha na criação da remessa

6.3.1.3. Para a soluçõa ifnal, o programa de criação de remessas em massa deverá ser executado após o processamento do BOP

6.3.1.3.1. Programa continuaria disponível para a logística realizar a criação de remessas em massa mas disparando manualmente

6.3.2. As remessas criadas com quantidade Zero deveriam ser

6.3.3. adsa

6.4. Processo para cabotagem com transbordo

6.4.1. Cria ordem de venda com condicao de expedição ZX

6.4.2. Preenche dados da OV

6.4.3. Preenche a condição de expedição ZX

6.4.4. Determina o parceiro YO

6.4.5. Não permite a seleção do schedule de navio quando não tiver parceiro YO preenchido

6.4.6. Determina o itinerário na OV (linkado com a condição de expedição ZX)

6.4.7. Habilita a seleção do navio

6.4.8. Seleciona navio ideal baseado nas datas já existentes para escolha de navio

6.4.9. navio escolhido determina na data de remessa e a data de saida de mercadoria, considerando a lógica de datas da cabotagem normal (dt remessa = dt deadline carga; dt sm = dt DLcarga - 5

6.4.10. Ao salvar a ordem ela integrará com o TM

6.4.11. No TM, o parceiro YO será movido para o campo Local Incoterm, e o TM irá criar as unidades de frete com 2 etapas.

6.4.12. A primeira etapa será a etapa Origem > Local de Transbordo (local Incoterm / Parceiro YO), a segunda etapa será do local de transbordo (local Incoterm / Parceiro YO) até o cliente

6.4.13. A segunda etapa será planejada automaticamente através de um perfil de planejamento específico, a OF ficará aguardando um sinal para realizar a criação da OT

6.5. Eventos

6.5.1. 0013 Transferência

6.5.2. 0001 Liberação - EASY

6.5.3. 0002 Averbação da Carga - EASY

6.5.4. 0023 Produto

6.5.5. 0024 Faturamento

6.5.6. 0025 Carregamento

6.5.7. Expo Rodo

6.5.7.1. 0014 Chegada na Fronteira

6.5.7.2. 0003 Desejada de Cruze - EASY

6.5.7.3. 0004 Realizada de Cruze - EASY

6.5.8. Expo Mar

6.5.8.1. 0022 Retirada Container (DEPOT)

6.5.8.2. 0006 Deadline de Draft - EASY

6.5.8.3. 0005 Deadline de Carga - EASY

6.5.8.4. 0015 Chegada do Container (Origem)

6.5.8.5. 0018 Deadline Entrega Container (Origem)

6.5.8.6. 0027 Prevista Embarque

6.5.8.7. 0007 Embarque - EASY

6.5.8.8. 0009 Prevista Saída (Origem)

6.5.8.9. 0011 Real Saída (Origem)

6.5.8.10. 0019 Prevista Chegada (Transbordo)

6.5.8.11. 0020 Real Chegada (Transbordo)

6.5.8.12. 0010 Prevista Chegada (Destino)

6.5.8.13. 0012 Real Chegada (Destino)

6.5.8.14. 0008 Desembarque - EASY

6.5.8.15. 0016 Saída do Container (Destino)

6.5.8.16. 0026 Prevista chegada do Container (Cliente)

6.5.8.17. 0021 Chegada do Container (Cliente)

6.5.8.18. 0017 Saída do Container (Cliente)

7. Requerimentos novos (outro MM)

7.1. Trava da OV

7.1.1. Tipos de documento que entram

7.1.1.1. Entram

7.1.1.1.1. OV

7.1.1.1.2. STO

7.1.1.1.3. Req Compra

7.1.1.2. Não Entram

7.1.1.2.1. STO Push

7.1.2. Regras de ativação

7.1.2.1. Setor de atividade

7.1.2.2. Org vendas

7.1.3. Regras

7.1.3.1. Parametros da transação de bloqueio da ordem de venda:

7.1.3.1.1. Parâmetros

7.1.3.1.2. Valores

7.1.3.2. MI

7.1.3.2.1. Granel

7.1.3.2.2. Embalado

7.1.3.3. ME

7.1.3.3.1. Granel

7.1.3.3.2. Embalado

7.1.3.4. Ordem de venda ZTNF

7.1.3.4.1. Tem que olhar a data de saída da requisição

7.1.3.5. Exceções:

7.1.3.5.1. Troca de nota manual

7.1.3.5.2. Emergencial

7.1.4. ações:

7.1.4.1. OPção preferencial - Verificar se é possivel incluir no log de dados incompletos com a inclusão de um bloqueio de dados

7.1.4.2. Opção Secundária: Alerta vermelho no rodapé da tela da ordem de venda

7.1.4.2.1. " Data de saída de mercadoria fora do prazo para o item XX"

7.1.4.2.2. Mensagem por item da ordem de venda que esteja inconsistente com a data mínima

7.1.4.2.3. Precisa deixar voltar à editar a ordem de venda e fazer a correção

7.2. Teste de criação de remessa e consumo de lotes

7.3. Numero do Booking Cabotagem

7.3.1. Processo AS IS

7.3.1.1. Hoje coloca numa planilha com os dados retirados do zf1rsd018

7.3.2. Passo 1: Verificar como seria se trouxer direto da integração com armadores

7.3.3. Passo 2: Ter uma transação/tabela SM30 para atualizar com base na integração com os armadores e então abastecer o campo da ordem de venda

7.3.4. Passo 3 - OV: Preencher o campo da OV com a informação do booking (dados adicionais B)

7.3.5. Passo 3 - STO: Preencher na ME23N a informação no campo da STO (Dados do cliente)

7.3.6. Relatórios que precisam receber a informação do booking

7.3.6.1. ZF1RSD003

7.3.6.2. ZF1RSD018

7.3.6.3. ZF1RSD018N

7.3.6.4. ZAGTO013

7.3.6.5. ZAGTO014

7.3.6.6. Cockpit OTC MI

7.3.6.6.1. Na capa

7.3.6.6.2. Nos relatórios OTC

7.3.6.6.3. E no relatório do cliente

7.3.6.7. Cockpit do GAE

7.3.6.7.1. Precisa aparecer no cockpit de cabotagem

7.3.6.8. Se for utilizar o mesmo campo da ordem de venda e STO, não há retrabalho.

7.3.7. Proximos passos

7.3.7.1. Validar com a área se este desenvolvimento atende ao processo da logística

7.3.7.2. Confirmar se há algum retrabalho nos relatórios já desenvolvidos

7.4. Numero do booking da exportação marítima

7.4.1. Já possui o campo de numero do booking de processo de exportaçõa marítima

7.4.2. deveria aparecer no cockpit de Exportação

7.4.3. Talvez já possua esta informação. Confirmar se já aparecem no cockpit de ep