Plataformas e Arquitetura de Sistemas

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Plataformas e Arquitetura de Sistemas by Mind Map: Plataformas e Arquitetura de Sistemas

1. PHP

1.1. É uma linguagem usada para o desenvolvimento de aplicações presentes e atuantes ao lado do servidor.

1.1.1. WordPress: É um sistema livre de gerenciamento de conteúdo para internet, voltado para a criação de sites. Baseado em PHP com banco de dados MySQL.

1.1.2. Joomla: É um sistema livre de gerenciamento de conteúdo web desenvolvido em PHP e com base de dados MySQL.

1.1.3. Hack: Foi uma linguagem criada pelo Facebook, baseada em PHP e roda em uma maquina virtual chamada HHVM.

2. Plugin

2.1. É um programa de computador usado para adicionar funções a aplicativos, com algum tipo de aplicação especial ou muito importante.

3. Front-end

3.1. É um profissional que vai desenvolver a interface entre o sistema e o usuário.

3.1.1. Back-end: É o responsável por criar as funcionalidades que um sistema apresenta. É ele quem desenvolve o software que contém as regras de negócio, faz a interação com os bases de dados, cria APIs e outros recursos que o sistema pode oferece.

4. C Sharp

4.1. É uma linguagem de programação criada pela Microsoft como parte da plataforma .NET. Com influências de outras linguagens de programação.

4.1.1. RavenDb

4.1.1.1. O RavenDB é um banco NoSQL do tipo “Banco de Dados de Documentos”, o que significa que armazena e recupera documentos, que podem estar em formato XML, JSON, entre outros.

5. Java

5.1. Java é uma linguagem de programação orientada a objetos desenvolvida na década de 90 por uma equipe de programadores chefiada por James Gosling, na empresa Sun Microsystems.

5.1.1. O Twitter usa com uma de suas linguagens o Java.

5.1.2. Um grande exemplo de Java é o Minecraft, famoso jogo que conquistou o mundo com sua jogabilidade e gráficos quadrados.

6. Hacker

6.1. É uma pessoa que ao descobrir algo especial em um sistema qualquer que antes não parecia possível. Como uma nova forma de editar uma planilha do Excel que não era conhecida, são todas as especialidades que não existiam e foram descobertas ou criadas por especialistas.

7. Ruby

7.1. Ruby é uma linguagem de programação, com gerenciamento de memória automático, originalmente planejada e desenvolvida no Japão em 1995, por Yukihiro "Martz" Matsumoto, para ser usada com linguagem de script.

7.1.1. Ruby on Rails: É um framework livre que promete aumentar e facilitar o desenvolvimento de site orientado a banco de dados, uma vez que é possivel criar aplicações com base em estruturas pré-definidas.

8. JavaScript

8.1. JavaScript, como também chamado como JS, é uma linguagem de programação interpretada de alto nível, que se caracteriza como dinâmica, fracamente tipada, prototype-based e multi-paradigma.

8.1.1. Node.js

8.1.1.1. Node.js é um interpretador de código JavaScript com o código aberto, focado em migrar o Javascript do lado do cliente para servidores.

9. C

9.1. C é uma linguagem de programação compilada de propósito geral, estruturada, imperativa, procedural, padronizada por Organização Internacional para Padronização, criada em 1972 por Dennis Ritchie na empresa AT&T Bell Labs.

9.1.1. C++: É uma linguagem de programação compilada multi-paradigma e de uso geral. Desde os anos 1990 é uma das linguagens comerciais mais populares, sendo bastante usada também na academia por seu grande desempenho e base de utilizadores.

10. .NET Framework

10.1. A Microsoft fez o .NET para ser uma única plataforma de desenvolvimento e execuções de sistemas e aplicações.

10.1.1. ASP.NET

10.1.1.1. É uma plataforma da Microsoft para o desenvolvimento de aplicações Web e o sucessor da tecnologia ASP.

11. Scala

11.1. Twitter tem como uma de suas linguagens o Scala.

11.2. Scala é uma linguagem de programação projetada para imprimir padrões de programação comuns de uma forma concisa, elegante e tipo seguro.

12. Single-page application

12.1. Como os aplicativos e sites OS SPA, Fazem Uma Mudança Entre OS modelos carregados, sem recarregar a página e sem o usuário viajar de uma página para outra.

12.1.1. Aplicativos como Google, Facebook, Gmail etc... Usam essa técnica SPA.