Treinamento PAP (Pessoa de Alta Performance) - Objetivo: Entender o conceito de Pessoa de Alta Pe...

Treinamento preparado para que se entenda o conceito de pessoa de alta performance e consiga deliberadamente utilizar técnicas para ser tornar uma;

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Treinamento PAP (Pessoa de Alta Performance) - Objetivo: Entender o conceito de Pessoa de Alta Performance e aprender/utilizar técnicas para se tornar uma; by Mind Map: Treinamento PAP (Pessoa de Alta Performance) - Objetivo: Entender o conceito de Pessoa de Alta Performance e aprender/utilizar técnicas para se tornar uma;

1. O que é uma Pessoa de Alta Performance

1.1. Pessoa que trabalha com cabeça e corpo. Pensa a melhor forma de fazer, quais os melhores recursos, prazos, entende o objetivo real da atividade, a expectativa da outra parte e executa com eficácia, alcançando mais resultados com menos recursos. Em qualquer área ou local esta pessoa é valorizada. A pessoa de alta performance não é uma profissão é uma característica da pessoa dentro da atividade que ele executa;

2. 01- Entender é sempre o primeiro passo

2.1. Conceito: Entender exatamente o que a outra parte necessita é fator extremamente chave

2.2. Técnicas de Melhoria

2.2.1. 01- Repetir para a pessoa o que você irá fazer;

2.2.2. 02- Mostrar para a pessoa um modelo do que exatamente você irá fazer

2.2.3. 03- Fazer perguntas, por mais idotas que possa ser a pergunta não pode deixar de fazer, é melhor parecer burro por 01 minuto do ser burro por uma vida inteira

3. 03- Primeiras coisas primeiro

3.1. Conceito: Tudo necessita ser feito, algumas coisas são rápidas e outras coisas são demoradas, algumas coisas são mais importantes e algumas menos importante, umas são simples e outras complicadas, mas o que faz mais sentido ser feito primeiro? O que é mais eficiente e eficaz em ordenação? Quais são as prioridades e como encaixar uma prioridade dentro da outra por grau de tempo da atividade ou resultados?

3.2. Técnicas de Melhoria:

3.2.1. 01 - Fazer duas listas, uma lista de Coisas a fazer e uma lista de coisas a fazer hoje;

3.2.2. 02 - Perguntar para sua mente: Dentre estas coisas que tenho que fazer hoje, qual tenho que fazer primeiro?

3.2.3. 03 - Na metade do dia olhar a lista novamente para verificar se ainda faz sentido manter esta ordem ou se alguma coisa deve ser passada na frente mediante a facilidade de execução ou do resultado que esta coisa origina;

4. Definições importantes:

4.1. Técnica= Maneira hábil de agir, método mais eficaz;

4.2. Treinamemento Interativo: Com trocas de técnicas e apresentação/implementação de técnicas;

5. 02- Objetivo Real da Atividade

5.1. Conceito: A atividade é uma coisa a ser feita e o objetivo real da atividade é o resultado do benefício que é gerado pela atividade, muitas vezes o objetivo real da atividade fica escondido e o que se passa é um pedido de uma atividade, é extremamente importante descobrir o objetivo final real para se oferecer a atividade adequada e que gere mais resultado, que seja mais eficaz;

5.2. Técnicas de Melhoria:

5.2.1. 01 - Perguntar para sua mente: O que é que esta pessoa está realmente necessitando quando ela me pediu esta atividade?

5.2.2. 02 - Eu tenho informações suficientes para que conheça o objetivo real da atividade, ou tenho que fazer algumas perguntas antes de partir para a realização da atividade?

5.2.3. 03 - Verificar se tem condições de atender o Objetivo real da atividade, se as expectativas forem irreais ou inviaveis não desperdiçar energia e recursos na atividade. Negociar o "padrão mínimo aceitável" e se conseguir chegar a algo viável partir para execução tendo atenção a este padrão;

5.2.4. 04 - Não tire o olho do objetivo real da atividade e foque na eficácia de atendimento do mesmo. Não se engane com agilidade enrustida ou esforço enrustido, a meta é ter as coisa feitas adequadamente feita e não ser mais rápido ou ser o que mais se esforçou;

6. 04- Cinema Mental

6.1. Conceito: Cinema mental é você fazer a atividade na sua mente de forma completa, com isto neste momento será capaz de ver as coisas físicas que necessitará, tempos, ou demais recursos antes mesmo de fazer a atividade, é uma antecipação para poder ter o mínimo de preparação para fazer a atividade

6.2. Técnicas de Melhoria

6.2.1. 01 - Fazer a atividade na sua mente de forma completa e ir anotando tudo que necessitara para fazer bem a atividade

6.2.2. 02 - Se não conseguir fazer a atividade completa na sua mente significa que não está preparado para fazer a atividade, com isto faça uma pesquisa sobre o elo que está faltando para que consiga terminar a atividade na sua mente antes de partir para a prática, por enquanto o prejuízo é baixo se partir para a prática e verificar que faltou algo pode custar bem caro;

6.2.3. 03 - Utilizar o google e a internet para obter informações para completar a atividade no cinema mental, faltou algum endereço, alguma ferramenta, precisa de uma idéia de distancia, valor, tempo, etc? Joga perguntas sobre o que precisa saber no google e completa sua linha de raciocínio, depois disto fazer se tornará muito mais fácil;

6.2.4. 04 - Antecipar todas as respostas necessárias para que consiga que a coisa "seja feita" já no próximo passo, não deixar espaço para mais um degrau de inatividade;

7. 05- Fuga Mental Operacional

7.1. Conceito: A mente é uma das coisas mais difíceis de se dominar, ela tentará o tempo todo se evadir principalmente uma vez iniciado uma atividade operacional onde se exigira um pouco menos da participação dela. Para obter resultados acima da média você terá que aprender a prendê-la na atividade operacional

7.2. Técnicas de Melhoria:

7.2.1. 01 - Enquanto tiver fazendo a atividade operacional visualize os prejuízos que terá ao deixar a mente viajar por conta própria, um segundo de viagem própria da mente pode prejudicar as vezes até a sua vida inteira, desta forma deve se manter concentrado pois verá que é melhor para você se concentrar naquele instante do que pagar bem caro por uma distração;

7.2.2. 02 - Utilize a mente para visualizar os movimentos, sentir o ritmo, o tempo, o peso, o volume, a forma, o cheiro, visualizar atividade real e não o formato do projetado pela mente, trabalhe dos os dois lado do cérebro (direito e esquerdo) na mesma atividade operacional

7.2.3. 03 - Fazer o cálculo da atividade, dividir em pedaços e monitorar o atingimento de cada pedaço;

7.2.4. 04 - Colocar no plano de execução pequenos intervalos para descansar o corpo e a mente recuperando a concentração na atividade evitando estafa;

8. 06- Hábito de Revisão

8.1. Conceito: Antes de entregar uma atividade pode-se previnir uma frustação ou erro através de uma revisão, é bem melhor você mesmo detectar um erro e corrigi-lo antes, do que após apresentado a atividade

8.2. Técnicas de Melhoria:

8.2.1. 01 - Fazer sempre uma revisão final "fora do corpo", ou seja, colocar-se no corpo da pessoa que vai receber a sua atividade e verificar se é isto mesmo que ela necessita (tem todas informações, estão corretas, dá para ela entender, falta alguma coisa?)

8.2.2. 02 - Se a atividade for significativa é melhor utilizar uma "Revisão de terceiro" ou seja, mostrar para uma pessoa e pedir para ela ver se falta algo, se tem algum erro, se ela consegue entender ou se ela acrescentaria alguma outra coisa importante;

8.2.3. 03 - Atenção aos detalhes, muitas vezes uma pessoa esta disposta a pagar mais por um detalhe, revise e veja bem se os detalhes combinados e valorizados pelo solicitador está sendo atendido, caso não esteja, faça novamente no grau de detalhamento o qual será valorizado;

9. 11- Habilidade de Comunicação e Persuação

9.1. Conceito: Só há comunicação se a pessoa conseguiu entender a mesma coisa que você tentou passar. Não é possível empurrar uma idéia e fazer ela ser grande, é necessário ter capacidade de "envolver" as pessoas com com os benefícios gerado pela idéia e fazê-las participar por vontade própria

9.2. Técnicas de Melhoria:

9.2.1. O tópico "Comunicação" é de tal importancia e profundidade que será realizado um treinamento específico exclusivo sobre "Clareza de Comunicação";

9.2.2. O tópico "Persuação" é de tal importancia e profundidade que será realizado um treinamento específico exclusivo sobre "técnicas de persuação"

10. 07- Combate deliberado da preguiça, zona de conforto e procastinação

10.1. Conceito: A preguiça, zona de conforto e procastinação é característica nata do ser humano comum, uma pessoa completa sabe disto e luta diariamente contra isto;

10.2. Técnicas de Melhoria

10.2.1. 01 - Utilize os laptos de consciencia para identificar o exato momento que a preguiça, zona de conforto e procastinação tiver te pegando e faça a atividade naquele instante para combater;

10.2.2. 02 - Utilize de sistematica de avaliação da execução da atividade, ou seja, veja exatamente quais os recursos necessários para fazer a atividade e se identificar que tem todos os recursos faça a atividade, se não tiver busque o recurso e marque a data e hora exata que a atividade vai ser feita;

10.2.3. 03 - Utilize a contabilidade psicológica a seu favor e conte todos os benefícios que existe ao fazer a atividade naquele momento e não em um momento posterior;

11. 08- Pensar Grande, ser eficaz e Melhorar todo dia

11.1. Conceito: Existem duas formas de viver: Sobreviver ou viver plenamente, fazer uma coisa e se destacar ou fazer uma coisa para passar o tempo. O mesmo tempo e esforço empregado para um negócio pequeno será empregado para um negócio grande, a diferença básica estará no pensamento, na eficacia e na melhoria contínua

11.1.1. Técnicas de Melhoria

11.1.1.1. 01 - Contabilizar e avaliar o tamanho da oportunidade

11.1.1.2. 02 - Se focar na eficácia do resultado e não no tamanho do esforço

11.1.1.3. 03 - Trabalhar em equipes, encontrar pessoas que lhe complementem e que aumentem sua eficácia, não conta só o que você capaz de produzir sozinho mas o que você é capaz de produzir junto com o outras pessoas

11.1.1.4. 04 - Se preocupar em melhorar um pouco todos os dias ao inves de partir direto do péssimo para o ótimo;

11.1.1.5. 05 - Fazer o melhor que pode fazer já e ir aprimorando de acordo com os retornos, opiniões e solicitações que for recebendo

11.1.1.6. 06 - Fazer benchmark com o que há de melhor e tentar aumentar sua performance e não com o pior para alimentar seu ego ou falta de confiança;

11.1.1.7. 07 - Procurar entender e fazer o que tem que ser feito (fazer extremamente bem algo que nem precisava ser feito, não é eficácia, é desperdício. Não fazer o que tem que ser feito porque se acha maior do que a atividade não é eficácia, é arrogância);

12. 09 - Se guie por números, metas e coisas e mensuráveis

12.1. Conceito: Não dá para ser uma pessoa de alta performance sem clareza de meta e medição de coisas mensuráveis, como é que você vai saber se tem uma alta performance se não tem nem mesmo a referencia do que é uma performance mediana?

12.1.1. Técnica de Melhoria

12.1.1.1. 01 - Tudo é relativo, estabelece de início os padrões númericos, mensuráveis e tolerâncias do que for realizar;

12.1.1.2. 02 - Deixe claro a diferença de camaradagem e familiadagem, existe uma performance mínima a ser alcançada e dentro desta performance mínima esteja disposto a coloborar sempre que for necessário (camaradagem), fazer pela pessoa ou esperar a compreensão que façam por você não é camaradagem é familiadagem, vai procurar seu pai ou sua mãe para que eles lhe carreguem no colo;

12.1.1.3. 03 - Trabalhe com conhecimento ou com similaridade, deixo o "Achismo" para quando precisar da a opinião sobre a roupa da sua namorada/namorado

12.1.1.4. 04 - Trabalhe bem mais no "objetivo real da atividade" do que no "aparentismo", não tente parecer algo que não é, cuide da sua aparencia mas trabalhe em mostrar o que você, o que você conhece e o que você consegue fazer ;

13. 10- Gerenciamento Hands-On e Gestão Visual