Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Unidade II by Mind Map: Unidade II

1. JEAN PIAGET

1.1. Epistemologia Genética

1.1.1. Estágio: Sensório-motor

1.1.1.1. Considerada dos 0 aos 2 anos de vida, onde a criança fornece uma percepção cognitiva única.

1.1.2. Estágio: Pré-operatório

1.1.2.1. Dos 2 aos 7 anos, período onde surge a função semiótica, ou seja, a emergência da linguagem simbólica.

1.1.3. Estágio: Operatório concreto

1.1.3.1. Dos 7 aos 12 anos, período de evolução dos pensamentos, onde a sua mente começa a perceber e criar ações, respostas, situações sem que seja necessário ações fisicas.

1.1.4. Estágio: Operatório formal

1.1.4.1. 12 anos, período de evolução a partir do Operatório concreto, onde a criança passa a se sentir capaz de criar suas próprios opiniões formais, seus questionamentos.

2. BEHAVIORISMO

2.1. JOHN WATSON

2.1.1. Os estudos deste psicólogo, ficaram conhecidos como Behavorismo Clássico.

2.1.1.1. Estudo do comportamento com base nas respostas a um estímulo específico.

2.2. SKINNER

2.2.1. Introduz o chamado behaviorismo radical

2.2.1.1. Desenvolvido como uma proposta de filosofia através do comportamento humano.

3. GESTALT

3.1. Psicologia de Gestalt também conhecida como psicologia da forma.

3.1.1. Busca compreender os processos psicológicos envolvidos na percepção, concordando com o behaviorismo, estudando o comportamento humano.

3.2. Identificada por A P R, Ação, Percepção e Reação

3.3. A partir da observação do comportamento do cérebro humano, o psicologo criou suas próprias leis, sendo elas:

3.3.1. Semelhança: imagens propriamente parecidas tendem a ser observadas de forma embaralhadas, de acordo com a percepção da mente humana

3.3.2. Proximidade: objetos próximos parecem se agrupar dando a percepção de se unir e formar uma unica imagem.

3.3.3. Continuidade: pontos conectados pelo formato de uma reta ou curva, possibilita a sensação de estar olhando uma única linha.

3.3.4. Pregnância: para que haja a rápida assimilação do ambiente ou do elemento, os elementos presentes em determinado ambiente precisa-se ser visto de forma simples.

3.3.5. Fechamento: elementos que aparentemente se completam, possibilitam a interpretação de um objeto completo.

3.3.6. Unidade: espaços vazios em imagens abstratas são preenchidos de forma objetiva para que para que haja compreensão da mente humana.

4. VYGOTSKY

4.1. Sócio interacionista

4.2. A aprendizagem é fruto da relação com o meio em que vive o indivíduo.

4.3. Grande impacto na prática pedagógica vigente, processo simples de aprendizagem.

4.4. fatores que sustentam a teoria de Vygotsky:

4.4.1. Mediação: o conhecimento é adquirido através da interação com o meio, onde todos os participantes se tornam seres ativos.

4.4.2. Linguagem: sistema simbólico que contém muitos significados. Importante fator para grupos humanos.

4.4.3. Cultura: Bagagem adquirida através do mundo cheia de significações que permite construir a interpretação do mundo real.

4.4.4. Processo de interiorização: interação de componentes internos e externos que possibilita uma relação interpessoal se tornar intrapessoal.

5. Paulo Freire

5.1. Pedagogia crítica

5.2. Educação transformadora, crítica e que não se separa do ser politico.

5.3. Oposto da educação tradicional, onde Freire lhe classificou como educação bancária.

5.3.1. Educação onde o professor apenas deposita seu conhecimento ao aluno sem lhe dar a possibilidade de criar seus próprios pensamentos, criticas e opiniões.

5.4. Possibilita ampliar os horizontes, reconhecer autoritarismos e suas possibilidades de crescimento, conexão do conhecimento com o poder de criar pensamentos próprios e livres.

6. EDGAR MORIN

6.1. Teoria da complexidade

6.1.1. Teoria que visa romper paradigmas do pensamento tradicional.

6.2. Condição humana é complexa e tem muldimensionalidade.

6.2.1. Fatores que complementam esta dimensionalidade é que somos seres:

6.2.1.1. Físicos

6.2.1.2. Naturais

6.2.1.3. Morais

6.2.1.4. Culturais e etc..

6.3. Aprendizagem é consequência do ensino.

6.4. Aprendizagem se faz em etapas, lineares e cumulativas, fragmentado e inflexível.

6.5. Aprender é diferente de usar o conhecimento.