Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Personalidade by Mind Map: Personalidade

1. Humanista

1.1. Thainá C.

1.1.1. A teoria TC defende a ideia de que o individuo é o centro dele mesmo. Porém, fatores exteriores podem o influenciar positivamente ou negativamente. Mesmo que uma ação gere uma reação, ela defende que o individuo nem sempre está preparado para tomar alguma atitude referente a N ações, o que o define não são as ações, mas o que o mesmo sentiu referente as reações, e que o individuo está em mudança constantemente, porém a essência é imutável.

1.1.1.1. Thainá C. Sobrinho (1997) - é uma psicologa brasileira, com formação em psicanalise e teoria humanizada.

1.1.1.1.1. Pessoa saudável: individuo pensante e reflexivo sobre seus próprios sentimentos

1.2. Abraham H. Maslow

1.2.1. A teoria de Maslow é conhecida como uma das mais importantes teorias de motivação. Para ele, as necessidades dos seres humanos obedecem a uma hierarquia, ou seja, uma escala de valores a serem transpostos.

1.2.1.1. Abraham H. Maslow (1908-1970) foi um psicólogo norte-americano, conhecido pela Teoria da Hierarquia das Necessidades Humanas ou a Pirâmide de Maslow.

1.2.1.1.1. Pessoa saudável: autorealizada

1.3. Carl Rogers

1.3.1. Sua teoria defende que o ser humano é dotado de uma natureza essencialmente positiva, e que nos movemos constantemente em busca da autorrealização.

1.3.1.1. Carl Rogers (1902-1987) nasceu em Oak Park, Illinois, nos Estado Unidos.

1.3.1.1.1. Pessoa saudável: autoconceito, consciência e experiência organismica

1.4. Fritz Perls

1.4.1. Fritz propôs o conceito de que o desenvolvimento psicológico e biológico de um organismo se processa de acordo com as tendências inatas desse organismo, que tentam adaptá-lo harmoniosamente ao ambiente, criando assim a Gestalt-Terapia.

1.4.1.1. Fritz Perls (1893-1970) foi um neuropsiquiatra e psicanalista alemão de origem judaica.

1.4.1.1.1. Pessoa saudável: auto perceptiva, organizada e equilibrada, conscientizada de suas experiencias

2. Cognitivista

2.1. Albert Bandura

2.1.1. A teoria da aprendizagem social, de Albert Bandura, é revisitada em exclusividade, enquanto base conceptual do método de aprendizagem da formação de habilidades de conversação, definindo que o desenvolvimento e funcionamento da pessoa decorrem da relação triádica recíproca entre os estímulos internos.

2.1.1.1. Albert Bandura nasceu em 04/12/1925 na cidade de Mundare ao norte de Alberta, no Canadá.

2.1.1.1.1. Pessoa saudável: individuo que possui como características intencionalidade, antecipação, autorreatividade e autorreflexão

2.2. Burrhus F. Skinner

2.2.1. A teoria de Skinner baseia-se na ideia de que o aprendizado ocorre em função de mudança no comportamento manifesto.

2.2.1.1. Burrhus Frederic Skinner nasceu em Susquehanna, Pensilvânia, Estados Unidos, no dia 20 de março de 1904. Faleceu em 18 de agosto de 1990.

2.2.1.1.1. Pessoa saudável: auto perceptiva, organizada e equilibrada, conscientizada de suas experiencias

3. Psicodinâmica

3.1. Sigmund Freud

3.1.1. A teoria psicanalítica é uma teoria que procura descrever a etiologia dos transtornos mentais, o desenvolvimento do homem e de sua personalidade, além de explicar a motivação humana.

3.1.1.1. Sigmund Freud (1856-1939) foi um médico neurologista e importante psicólogo austríaco.

3.1.1.1.1. Pessoa saudável: individuo que passa por todas as fases de conhecimento de maneira natural, respeitando-as. O que contribui para o desenvolvimento de um adulto psicologicamente saudável

3.2. Erich Fromm

3.2.1. Fromm afirmava que quanto mais os homens pretendiam se tornar indivíduos, mais se unia ao mundo através do amor e do trabalho produtivo, procurando uma espécie de vínculo que lhe destrua a liberdade e a integridade do eu individual.

3.2.1.1. Erich Fromm (1900-1980) foi um psicanalista, sociólogo e pensador alemão. Fromm nasceu em Frankfurt, Alemanha, no dia 23 de março de 1900.

3.2.1.1.1. Pessoa saudável: individuo com pensamento produtivo, com foco no amor, no trabalho, na troca e recebimento, tomar e preservar

3.3. Alfred Adler

3.3.1. A abordagem criada por Adler compreende as pessoas como sendo totalidades integradas dentro de um sistema social. Sustenta a motivação do homem como sendo fundamentada pelas solicitações sociais.

3.3.1.1. Alfred Adler nasceu de uma família de classe média em Viena, em 1870, e morreu na Escócia em 1937.

3.3.1.1.1. Pessoa saudável: individuo corajoso, autossuficiente e confiante

3.4. Carl Jung

3.4.1. Jung desenvolveu o que mais tarde ficaria conhecido como “Psicologia Analítica” que investiga sonhos, desenhos e outros materiais como vias de expressão do inconsciente.

3.4.1.1. Carl Gustav Jung (1875-1961) foi um psiquiatra suíço, fundador da escola da Psicologia Analítica.

3.4.1.1.1. Pessoa saudável: um individuo consciente

3.5. Karen Horney

3.5.1. Horney definiu neurose tanto em termos intrapsíquicos como interpessoais.

3.5.1.1. Karen Horney nasceu em 1885, na cidade de Hamburgo-Alemanha. Faleceu em 1952.

3.5.1.1.1. Pessoa saudável: um individuo autorrealizado e flexível

3.6. Willhelm Reich

3.6.1. A terapia reichiana é uma prática que propõe uma interseção entre a medicina e a psicologia, ela atenta simultaneamente aos processos orgânicos e energéticos do corpo humano.

3.6.1.1. Wilhelm Reich (1897-1957) foi um importante psiquiatra e psicanalista austríaco pioneiro no estudo dos fenômenos psicossomáticos.

3.6.1.1.1. Pessoa saudável: ele é livre das couraças

4. Os atendimentos psicológicos pela internet são uma prática recente, que vem recebendo crescente atenção de profissionais e pesquisadores. Há poucos estudos sobre o tema no Brasil, sendo necessário investigá-lo e compreendê-lo. A resolução 012/2005 do Conselho Federal de Psicologia regulamenta os serviços psicológicos mediados por computador, entre os quais destaca-se a orientação psicológica on-line. O presente estudo, de delineamento qualitativo e exploratório, teve por objetivo investigar a percepção dos profissionais acerca da orientação psicológica on-line, com foco na relação estabelecida com os clientes. Participaram da pesquisa quatro profissionais, homens e mulheres, com diferentes idades, práticas e tempo de atuação profissional. Para coleta dos dados foram utilizadas entrevistas on-line individuais semiestruturadas. Os participantes foram selecionados a partir de sites de atendimento on-line regulamentados pelo CFP. A análise dos dados foi feita através da análise de conteúdo de Bardin. Em relação aos resultados, foi possível perceber que essa prática possui limites e potencialidades. Conclui-se que o vínculo estabelecido nessa relação é diferenciado, mas possibilita a realização dos objetivos do atendimento e o acolhimento do cliente. Os atendimentos pela internet constituem uma prática nova, que necessita ser estudada, a fim de gerar maior entendimento e esclarecimento na área, para profissionais e clientes.