Sistemas Satélite

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Sistemas Satélite by Mind Map: Sistemas Satélite

1. Infotravel

1.1. Caixa - Financeiro

1.1.1. Falta de modalidades de recebimentos

1.1.1.1. Cartão Check-out

1.1.1.2. Voucher Presente

1.1.1.3. Desconto em folha

1.1.1.4. Carta de Crédito de outra empresa

1.1.2. Falta de controle arredondamentos aplicados automaticamente no Caixa

1.1.3. Falta de gestão efetiva de Carta de Crédito

1.1.3.1. Falta de controle de reembolsos

1.1.3.2. Falta de relatórios

1.1.3.3. Falta de filtros

1.1.3.4. Falta de gestão de vencimentos

1.1.4. Falta de armazenamento de alterações/exclusões de recebimentos no Banco de dados

1.1.5. Falta de gestão de modalidades de recebimento

1.1.5.1. Faturamento

1.1.5.2. Dinheiro

1.1.6. Falta de gestão de fechamento parcial de caixa (fechamento por recebimento)

1.1.7. Falta de gestão efetiva de Carta Cortesias

1.1.8. Falta de gestão do modelo de venda grupos e eventos

1.2. Integração GDS/PMS

1.2.1. Integração de valores errados

1.2.2. Perda de vinculo da reserva

1.2.3. falta de recebimento de integração de status para cobrança de multa (no show)

1.2.4. Erros de integração do Omnibees e riscos da camada de integração

1.3. Fornecedores

1.3.1. Falta de controle dos pagamentos de insumos vendidos

1.3.2. Falta de gestão de Reembolsos e Multas

1.3.3. Falta de controle de comissões a pagar

1.4. Relatórios

1.4.1. Relatório de movimentação em modelo de conta corrente estático

1.4.1.1. Relatórios adequados as necessidades contábeis, que permitam controlar todas as particularidades ocorridas no fluxo financeiro (caixa) e de Insumos permitidos pelo sistema, demostrando alterações, exclusões e transferências.

1.4.2. Relatório de composição de saldo

1.4.2.1. Relatório com a inteligencia de retornar de forma sintética as contas em aberto que compõem os saldos das reservas/insumos não utilizados

1.5. Emissão de Documento Fiscal

1.5.1. Não emissão de documento fiscal para Operadoras devido modelo de cadastro de insumos Operadoras

1.5.2. Não emissão de documento fiscal devido vendas de reservas margem zerada ou negativa

1.5.3. Falta de validação de dados e cadastros em inconformidades

1.5.4. Não emissão de documento fiscal quando a venda e intermediada por Operadora ou Agencia, em que a modalidade de recebimento e "a pagar no hotel"

1.6. Cadastros

1.6.1. Modelo de cadastro dos Custos de Fretamentos Aéreos

1.6.2. Modelo de aplicação de taxa de serviços

1.6.3. Modelo de cadastro de insumos no que tange Operadoras

1.7. Fragilidade Modelo de Negócio

1.7.1. Frequente alteração ou criação modalidades de venda ou recebimentos sem que haja aderência sistêmica.

1.7.2. Momento do reconhecimento receita ( venda ou utilização ? )

1.7.3. Reservas com margem negativa ou zero

1.7.4. Modelo de receita intermediação (reconhecimento apenas da margem)

1.7.5. Descaracterização de receita de intermediação pela compra e revenda de Aéreo Fretado

1.7.6. Reconhecimento de taxa de serviço como parte integrante da receita de intermediação

1.7.7. Operações de recebimento misturadas entre empresas do mesmo grupo

1.7.8. Falta de unanimidade do funcionamento das vendas canceladas

1.7.9. Falta de definição e formalização das politicas de cancelamento, multa e no show

1.7.10. Modelo emissão nota fiscal para o cliente (operadoras não querem emitir nota fiscal para os clientes)

2. Opera

2.1. Relatórios

2.1.1. Relatório de saldo das contas

2.1.1.1. O relatório deve retornar a informação do saldo das contas em aberto tendo a possibilidade de filtrar o status a partir de uma determinada data, não apenas atual

2.1.2. Relatório de movimentação de contas

2.1.2.1. Relatório contendo a movimentação das contas por Transactions de forma analítica, sendo possível gerar por empresa com períodos maiores

2.1.3. Relatório com contas contábeis

2.1.3.1. Os relatórios dos sistema devem conter as informações das contas contábeis

2.1.4. Falta de controle de caixa

2.2. Caixa - Financeiro

2.2.1. Ausência de controle dos recebimentos de grupos e eventos

2.2.2. Fragilidade de alteração dos recebimentos pós encerramento da conta

2.2.2.1. Como as integrações para o ERP não são uma via de mão dupla, quando uma conta encerrada e integrada sofrer alteração, não terá efeito de integração

2.3. Cadastros

2.3.1. Transaction sem contabilização

2.3.2. Transaction sem transitar por clientes em trânsito (TSE)

2.3.3. Impossibilidade de cadastro contábil dentro do sistema Opera, o que impossibilita gerar os relatórios nativos do sistema com visão contábil e de conciliação

2.4. Emissão de documento Fiscal

2.4.1. Conversão dos RPS em nota fiscal

2.4.2. Existe divergência entre os números dos RPS gerado no ÓPERA e o número exportado pelo NeoGrid, não permitindo realizar as devidas conciliações

2.5. Integração

2.5.1. Perda de vínculo com sistema de vendas (Infotravel)

2.5.2. Integração de tarifas com valores errados

2.5.3. Falha na integração do processo de lançamento de contribuição ambiental, com Multivendas.

2.5.3.1. Devido a demanda de lançamento automático de contribuição ambiental foi criado um processo para que o Multivendas busque no Opera os valores a receber de contribuição e posteriormente ao ser recebido devolva a informação para fechamento da conta, o que não esta ocorrendo corretamente.

2.5.4. Integração entre TSE e Opera

2.5.4.1. Integração transaction em reservas canceladas TSE

2.6. Operação

2.6.1. Possibilidade de efetuar check in sem ter recebido no sistema de vendas

2.6.2. Mistura de recebimentos entre empresas na recepção (Cartão de Crédito PMS), "Pagamentos no Hotel"

2.6.3. Alteração manual dos valores da reservas (tarifa, recebimentos) pela recepção

2.6.4. Falta de qualidade no fechamento das contas

2.6.5. Falta de faturamento entre as empresas Intercompany

3. Time Share Explorer

3.1. Caixa - Financeiro

3.1.1. Recebimentos avulsos sem vinculo do cartão. Recebemos da operadora de cartão porém não há um cartão lançado para baixa

3.1.2. Depósitos não identificado

3.1.3. Utilização de conta bancário indevida para recebimentos. Cliente deposita dinheiro em conta não designada para os recebimentos do Clube de Férias o que gera demanda de cadastros e dificulta nas conciliações bancárias

3.1.4. Devido a problemas sistêmicos, as baixas de duas ou mais parcelas com o mesmo número de autorização gera Juros indevido que é regularizado de forma manual (via banco de dados) ao final do mês

3.2. Fragilidade do Negócio

3.2.1. DPNU

3.2.1.1. Devido alteração de regra de DPNU (Débito Por Não Utilização) e não implantação na base de produção, não temos o saldo real dos contratos

3.2.2. Cessão de direito de uso

3.2.2.1. Modelo de negócio

3.2.2.1.1. Com a unificação das empresa CTRQ e Sauipe fragiliza o conceito de Cessão de direito de uso x hospedagem

3.2.2.1.2. Devido ao modelo de negócio, as reservas multidestinos (entre Rio Quente e Sauipe) têm os pontos reconhecidos na origem do contrato e a taxa de manutenção/A&B no destino. O processo de reconhecimento dos pontos se dá através e um processo manual de abertura de conta PM no Opera e lançamento do valor de pontos na mesma

3.2.2.2. A&B

3.2.2.2.1. O modelo de negócio dificulta a operação de A&B antecipado devido premissa do TSE. Premissa do TSE seria integração TSE x Opera (não passando pelo MultiVendas), para seguir esse modelo as refeições antecipadas do Clube de férias deveria ser reconhecida como Pensão

3.3. Integração

3.3.1. Opera

3.3.1.1. TSE

3.3.1.1.1. Ausência de integração de Débitos Fixos gerando lançamentos manuais

3.3.1.1.2. Lançamentos A&B vinculados às reservas são integrados com o Opera indevidamente, sendo necessário um lançamentos manual de estorno para fechamento das contas

3.3.1.2. Operação

3.3.1.2.1. Lançamentos avulsos não vinculados a reservas não integram com o Opera, ficando parado no Adiantamento VO

3.3.2. Multivendas

3.3.2.1. Lançamentos de A&B não integram com o Multivendas, sendo necessário ao final do mês o reconhecimento manual de receita A&B e geração manual dos documentos fiscais (sem tomador)

3.4. Relatórios

3.4.1. Relatórios atemporais

3.4.1.1. Relatórios devem manter um posição fidedigna independente da data em que seja extraindo-o

3.4.2. Relatório Conta a Receber (Aging)

3.4.2.1. Sistema não possui Aging nativo do sistema. Relatório deveria mostrar um posição de documentos em aberto em um respectiva data

3.4.3. Recebimentos Estornados

3.4.3.1. Sistema não possui relatório de estornos de parcelas nativo. Relatório deveria mostrar recebimentos estornados em um certo período

3.4.4. Relatório Movimentação Pontos

3.4.4.1. Sistema possui relatório nativo porém não suporta a operação da empresa. Relatório deve mostrar todas movimentações analíticas de pontos por contrato em um certo período

3.4.5. Relatório Movimentação Taxa

3.4.5.1. Sistema não possui relatório nativo. Relatório deve mostrar todas movimentações analíticas de taxas por utilização em um certo período

4. Multivendas

4.1. Relatórios

4.1.1. Relatório de saldo das contas

4.1.1.1. O relatório deve retornar a informação do saldo das contas em aberto tendo a possibilidade de filtrar o status a partir de uma determinada data, não apenas atual

4.1.2. Relatório de movimentação de contas

4.1.2.1. Relatório contendo a movimentação das contas por D/C de forma analítica, sendo possível gerar por empresa com períodos maiores

4.1.2.2. No relatório não é possível identificar as informações de Reserva do cliente, nome do cliente, hotel, documento fiscal

4.1.3. Relatório com contas contábeis

4.1.3.1. Os relatórios dos sistema devem conter as informações das contas contábeis

4.1.4. Falta de controle de caixa

4.1.4.1. Criar forma automática de encerrar cartões

4.2. Cadastro

4.2.1. Falta de possibilidade de cadastro automático de lançamentos

4.2.1.1. Atender a demanda de lançamento de contribuição ambiental

4.3. Emissão Documentos Fiscais

4.3.1. Cupom Fiscal

4.3.1.1. Demora na validação do cupom fiscal pela Sefaz

5. Multiclubes

5.1. Relação de ingressos ativos

5.1.1. Não há relatório com a composição dos ingressos ativos

5.2. Integração Financeira

5.2.1. Possibilitar a contabilização em contas diferentes de acordo com o grupo do produto adquirido

6. Protheus

7. Teknisa