Sujeito de uma Oração

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Sujeito de uma Oração by Mind Map: Sujeito de uma Oração

1. Como Identificar o Sujeito

1.1. Determinar o termo sobre o qual se declara alguma coisa. Para isso, é preciso identificar a declaração.

1.2. Fazer a pergunta: Quem é aquele que realiza a ação.

1.3. Verificar se o sujeito pode ser substituído por um pronome pessoal do caso reto.

1.4. Conferir se o sujeito concorda com o verbo.

2. Classificações do Sujeito

2.1. Sujeito Simples

2.1.1. Definição: Apresenta um único núcleo e pode ser determinado facilmente.

2.1.2. Exemplo: "Ninguém sabia o que fazer naquela situação."

2.2. Sujeito Composto

2.2.1. Definição: Apresenta dois ou mais núcleos facilmente determináveis.

2.2.2. Exemplo: "A pintura e a fotografia podem eternizar um momento."

2.3. Sujeito Indeterminado

2.3.1. Definição: Identifica um sujeito que realiza uma ação, porém é impossível determiná-lo.

2.3.2. Exemplo: "Falavam mal do meu vizinho."

2.4. Sujeito Desinencial

2.4.1. Definição: Identifica um sujeito que não está presente na frase porém é identificado pela desinência do verbo.

2.4.2. Exemplo: "Comprei uma tela falsificada de Leonardo da Vinci."

2.5. Oração sem Sujeito

2.5.1. Definição: Identifica uma ação que não é realizada por nada nem ninguém, portanto não tem sujeito

2.5.2. Exemplo: "Choveu muito na quinta-feira."

3. Definição de Sujeito

3.1. O sujeito é um dos termos essenciais da oração e, normalmente, está localizado antes do predicado. Para identificar o sujeito, é necessário buscar o termo sobre o qual se diz alguma coisa, verificar se ele pode ser substituído por um pronome pessoal do caso reto e se ele concorda com o verbo. Esse termo pode praticar ou sofrer a ação expressa na oração. Entretanto, existem também orações sem sujeito.

3.2. Sobre o sujeito é possível afirmar: É o termo da oração sobre o qual se declara alguma coisa. Pode ser substituído por pronome pessoal do caso reto. Concorda com o verbo.

4. Al Caio 2433 701