Micronutrientes

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Micronutrientes by Mind Map: Micronutrientes

1. Vitamina A

1.1. a vitamina A é benéfica para o combate à acne, além de inibir a carcinogênese, ou seja, a formação do câncer, combater à anemia, evitar úlceras de pele, melhorar a imunidade e evitar a periodontite

1.1.1. Principais fontes de Vitamina A: A vitamina A pré-formada (retinol) ("pronta para ser usada pelo organismo") é encontrada em alimentos de origem animal: vísceras (principalmente fígado), gemas de ovos e leite integral e seus derivados (manteiga e queijo).

1.1.1.1. A carência de vitamina A no organismo se reflete principalmente na saúde ocular, podendo levar ao surgimento de problemas nos olhos como xeroftalmia ou cegueira noturna, já que esta vitamina é muito importante para a produção de certos pigmentos visuais que permitem ver todo o espetro de luz.

2. Vitamina D

2.1. A quantidade correta de vitamina D pode nos proteger contra uma variedade de condições, como câncer, diabetes tipo 1, esclerose múltipla e depressão. Além disso, ela também suporta a saúde do sistema imunológico, cérebro e sistema nervoso.

2.1.1. As principais fontes alimentares de vitamina D são os carnes, peixes e frutos do mar, como salmão, sardinha e mariscos, e alimentos como ovo, leite, fígado, queijos e cogumelos.

2.1.1.1. A falta de vitamina D também está associada ao aumento de risco de ocorrência de doenças cardiovasculares, diabetes e síndrome metabólica, obesidade e câncer”, completa a coordenadora.

3. Vitamina K

3.1. Ajuda na coagulação sanguínea, boa para os ossos, boa para prematuros e contribui para a saúde dos vasos sanguíneos.

3.1.1. São fontes alimentares de vitamina K em grande ou moderada quantidade: vegetais verde-escuros e folhosos (espinafre, couve, alface, salsa, agrião e mostarda), brócolis, nabo, couve-de-bruxelas, repolho, pepino com casca, cebolinha verde, nabo, aspargo, abacate, ervilhas, quiabo, fígado (boi, frango e porco).

3.1.1.1. CARÊNCIA DE VITAMINA K: A falta de vitamina K causa alteração na coagulação sanguínea, ou seja, sangramento difícil de estancar, que pode levar a uma hemorragia. Esse sangramento pode ocorrer através da pele, do nariz, por uma pequena ferida ou, o mais grave, no estômago.

4. Ferro

4.1. O ferro é um mineral essencial. Ele é fundamental para o bom funcionamento das células e para a síntese de DNA e metabolismo energético. Na hemoglobina o ferro tem a função de transportar oxigênio para o músculo em atividade.

4.1.1. Carnes vermelhas (incluindo fígado e miúdos); Carnes de aves (incluindo miúdos); Carnes de suínos (porco); Peixes e mariscos; Hortaliças folhosas verde-escuras (como agrião, couve menteiga, couve de bruxelas, brócolis – e suas folhas - e rúcula); Leguminosas (feijão e lentilha).

4.1.1.1. A anemia é um problema que ocorre quando existe um número reduzido de glóbulos vermelhos ou uma baixa concentração de hemoglobina. Existem vários tipos de anemia, cada um com uma causa diferente. A forma mais comum deste problema de saúde é a anemia por carência de ferro.

5. Zinco

5.1. O zinco atua no funcionamento e melhora da saúde do corpo. Ele tem efeitos na pele, sistema reprodutivo, sistema imunológico, saúde óssea, função neurológica, no metabolismo e muitas outras áreas. Esse mineral não é produzido ou sintetizado pelo organismo humano, o que implica na sua necessidade de ingestão diária.

5.1.1. Chocolate amargo, sementes de linhaça, ostras, camarão, gema de ovo, leite integral, amendoim, castanha de caju, sementes de melancia e feijão.

5.1.1.1. A falta de zinco vai muito além da imunidade. “A pessoa com carência de zinco pode apresentar diarreia crônica, queda de cabelo, unhas fracas, paladar alterado, distúrbios de crescimento, infertilidade, dificuldade na cicatrização de feridas e distúrbios neurológicos”.