Create your own awesome maps

Even on the go

with our free apps for iPhone, iPad and Android

Get Started

Already have an account?
Log In

Técnicas de Levantamento Individual de Requisitos by Mind Map: Técnicas de
Levantamento
Individual de Requisitos
0.0 stars - 0 reviews range from 0 to 5

Técnicas de Levantamento Individual de Requisitos

Foram usadas as referências tanto da definição da mini monografia, quanto do arquivo (Analise_com_Casos_de_Uso_baseada_em_Objetivos.doc).

Grupo

Definição dos membros (grupo), ou seja, parte que engloba o envolvimento no sitema. Pricipais atores: Analista, Cliente, Gerente

Analista de Sistemas

  O Analista é o ponto principal de toda a equipe de desenvolvimento. E a função desse profissional pode variar de empresa para empresa, principalmente no que tange ao Analista de Sistemas efetivamente participar da codificação (programação) ou apenas da modelagem.

Cliente

O cliente é o indivíduo, ou grupo de indivíduos, para o qual o sistema é construído, pode-se distinguir dois tipos de clientes: o cliente usuário e o cliente contratante.

Gerente de Projectos

Um bom gerente de desenvolvimento precisa, antes de tudo, entender do processo de desenvolvimento de software. Por mais que isso possa parecer óbvio, é impressionante o número de profissionais de nível gerencial da área de desenvolvimento de software que não possuem capacitação técnica.

Técnicas

Vejamos algumas técnicas que existem, mais ou menos adequadas para ultrapassar esta barreira e captar estas informações junto ao cliente.

Entrevista

A entrevista deve ser feita, preferencialmente, com usuários mais comunicativos e com bom conhecimento do processo.

Brainstorming

Muito útil quando existem diversos interessados no projeto. É dividido em duas etapas. Na primeira, anota-se todas as idéias que surgirem, sem que sejam questionadas. Neste momento o que importa mais é a quantidade, não deixe de anotar nada. Na segunda etapa, debate-se com o grupo para ir refinando as idéias apresentadas anteriormente.

Role playing

Esta técnica consiste em observar o usuario executando determinada tarefa, no dia-a-dia do seu trabalho, ou, até mesmo, você fazendo o trabalho deste usuário, para identificar suas dificuldades e necessitades, sentindo na pele como é realizar a tarefa.

Métodos

um método orientados a objetivos, consiste em cinco atividades:

1. Levantar o contexto do sistema.

2. Definir os objetivos do sistema.

3. Derivar requisitos.

4. Derivar casos de uso.

5. Derivar modelos UML.

Engenharia de requisitos

A engenharia de requisitos (no contexto da engenharia de software) é um processo que engloba todas as atividades que contribuem para a produção de um documento de requisitos e sua manutenção ao longo do tempo. O processo de engenharia de requisitos é composto por quatro atividades de alto nível (Soares, 2005):

Identificação

Análise e negociação

Especificação e documentação

Validação

Objectivos

Podem ser divididos em 4 definições fundamentais.

Objectivo

uma propriedade desejada do ambiente.

Propriedade de domínio

é uma propriedade que existe naturalmente no ambiente,  independentemente  de qualquer sistema software.

Requisito

é um tipo especial de objetivo que condiciona (restringe)  o comportamento do software. Para ser um requisito, um objetivo deve satisfazer as seguintes três propriedades:

é descrito inteiramente em termos de valores monitorados pelo software;

restringe apenas valores que são controlados pelo software;

os valores controlados não são definidos em termos de valores monitorizados futuros.

Especificação

é  um tipo especial de requisito que somente tem a ver com as  propriedades do sistema.

Engeharia de Software

é uma área do conhecimento da computação voltada para a especificação, desenvolvimento e manutenção de sistemas de software aplicando tecnologias e práticas de gerência de projetos e outras disciplinas, objetivando organização, produtividade e qualidade.

A importância

Sem uma correta definição e gestão dos requisitos do aplicativo é praticamente certo que o projeto terá o seu sucesso comprometido.   É extremamente recomendável que o processo contemple ao menos dois grandes grupos de atividades referentes a requisitos que são eles:

Especificação de requisitos

São todas as atividades realizadas para identificar, analisar, especificar e definir as necessidades de negócio que um aplicativo deve prover para solução do problema levantado. Requisitos que não refletem as reais necessidades dos usuários, incompletos e/ou inconsistentes, mudanças em requisitos que já foram previamente acordados e a dificuldade para se chegar a um acordo entre profissionais de T.I. e usuários são os maiores problemas enfrentados no grupo de atividades de especificação de requisitos.

Gestão de requisitos

Preocupa-se com a documentação, versionamento, controle de mudanças e qualidade dos requisitos levantados na fase de especificação de requisitos. Todo requisito apresenta um ciclo de vida único que acompanha a dinâmica dos negócios associados. Assim sendo, não se pode esperar que um requisito seja imutável ao longo do tempo, uma vez que o negócio do qual o requisito se desprende é dinâmico.

Novo nó