Create your own awesome maps

Even on the go

with our free apps for iPhone, iPad and Android

Get Started

Already have an account?
Log In

Modelagem de Requisitos baseada em Objetivos by Mind Map: Modelagem de Requisitos
baseada em Objetivos
0.0 stars - 0 reviews range from 0 to 5

Modelagem de Requisitos baseada em Objetivos

Usar Modelagem com Objetivos pode solucionar os problemas que os analistas enfrentam ao decompor e estruturar os casos de uso, orientando o desenvolvimento dos casos de uso e permitindo análises preliminares das especificações do software. [ROBINSON, William N., ELOFSON, Greg. Análise com Casos de Uso baseada em Objetivos. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2009.]

Conceitos básicos

Sistemas de Software

Sistemas de Software e suas propriedades.

Controle

Interação

Monitoramento

Propriedades de domínio

Propriedade de domínio é aquela que existe naturalmente no ambiente independentemente de qualquer sistema ou software.

Objetivos

Objetivos são as propriedades desejadas do ambiente do sistema, e em geral têm um formato comum indicando o que o sistema deve fazer.

de Obtenção

de Término

de Manutenção

de Não Ocorrência

Requisitos

Requisitos são tipos especiais de objetivos que restringem o comportamento do software. São condições ou capacidades que um sistema deve apresentar para resolver um problema do usuário e alcançar um objetivo.[RIBEIRO, Antonio Mendes. Requisitos de Sistemas: Conceitos Básicos. Slides e Notas de aula da disciplina CEI/AS-PNT. DCC/UFMG. 2.sem.2009].

Funcionais

Não funcionais

Restrições

Especificação

Especificação é um tipo especial de requisito que se refere somente às propriedades do sistema e não ao domínio do sistema. Um especificação descreve como o sistema produz um comportamento.[RIBEIRO, Antonio Mendes. Requisitos de Sistemas: Conceitos Básicos. Slides e Notas de aula disciplina CEI/AS-PNT. DCC/UFMG. 2.sem.2009].

Características

Objetivos têm características que indicam ser a melhor forma para analisar sistemas de software. [VAN LAMSWEERDE, A. e LETIER, E. .Handling obstacles in goaloriented requirements engineering. in IEEE Transactions on Software Engineering. vol. 26. 2000. pp. 978-1005.]

Estímulo a requisitos

Objetivos estimulam e são a base para a elaboração de requisitos.

Critério de integralidade

Objetivos proporcionam um critério para que a especificação de requisitos venha a ser completa. [DARDENNE, A., FICKAS, S. e LAMSWEERDE, A. v.. Goal-Directed Concept Acquisition in Requirements Elicitation. Proceeings of the Sith Intl. Workshop on Software Specification and Design (IWSSD-6). Como. 1991.]

Justificação de requisitos

Objetivos justificam a exigência e existência dos requisitos. [DARDENNE, A., FICKAS, S. e LAMSWEERDE, A. v.. Goal-Directed Concept Acquisition in Requirements Elicitation. Proceeings of the Sith Intl. Workshop on Software Specification and Design (IWSSD-6). Como. 1991.]

Detecção/solução de conflitos

Objetivos representam as raízes para a detecção de conflitos entre os requisitos e também para a solução dos mesmos. [ROBINSON, W. N.. Integrating multiple specifications using domain goals. 5th International workshop on software specification and design. 1989.]

Estabilidade

Objetivos são em geral mais estáveis que os requisitos necessários para alcançá-los. [ANTOON, A. I.,  MCCRACKEN, W. M. e POTTS, C.. Goal Decomposition and Scenario Analysis in Business Process Reengineering. Proceedings of Conference on Advanced Information Systems Engineering (CAISE'94). LNCS 811. 1994.]

Possibilidades de uso

Cockburn define casos de uso para satisfazer a objetivos e vê algumas possibilidades para o uso de objetivos na análise orientada a objeto. [COCKBURN, A. .Goals and Use Cases. Journal of Object-Oriented Programming. vol. 10. pp. 35-40. 1997.] [COCKBURN, A. .Using Goal-Based Use Cases. Journal of Object-Oriented Programming. vol. 10. pp. 56-62. 1997.]

Acompanhamento do projeto

Os objetivos podem proporcionar um meio de acompanhamento do projeto.

Requisitos não-funcionais

Usando objetivos na análise pode-se atribuir requisitos não funcionais a objetivos.

Requisitos novos

Pode-se também obter requisitos diferentes a partir do não alcance dos objetivos pretendidos.

Objetivos associados

Pode-se utilizar objetivos associados para o design de suas realizações.

Objetivos do usuário

Pode-se casar objetivos do usuário com os conceitos operacionais

Escolha de parâmetros

Adicionalmente os objetivos podem também auxiliar na escolha de parâmetros a partir dos modelos de objeto. [BOCK, C. . Goal-driven Modeling. Journal of Object-Oriented Programming. vol. 13. pp. 48–53. 2000.] e [BOCK, C. . Goal-driven Modeling, Part II. Journal of Object-Oriented Programming. vol. 14. 2001.]

Metodologia

O método orientado a objetivos é uma síntese dos métodos comuns com UML, tais como RUP e KAOS, com a finalidade de obter as especificações do sistema a partir de objetivos, e consiste de cinco atividades.

Eliciar contexto

Na etapa inicial levanta-se informações sobre os sistema proposto e de seu contexto.

Entrevistas

Observação

Revisão de documentos

Revisão de sistemas

Definir objetivos

Definições dos objetivos do sistema são obtidas a partir do contexto do sistema. Os objetivos irão prover uma lógica e estruturaçao dos requisitos.

Detalhar objetivos, Detalhes, Informações, Restrições

Definir hierarquia, Selecionar objetivos, Perguntar "Como?", Perguntar "Por que?", Definir Disjunção, Definir Conjunção, Básica, Marco, Baseada em casos

Refinar objetivos

Definir requisitos

Através do refinamento dos objetivos obtêm-se os requisitos, que são a base para a conquista da complexidade. Neste momento deve-se abordar qual a intenção do usuário e o que vai controlar ou monitorar o objetivo. A satisfação dos requisitos especificados é uma pré-condição básica para o sucesso do software.in ROCCO (Caldas Jr., 1999) Caldas Jr, J.; Masiero, P.C. Obtenção de Modelo de Análise OO a Partir de um Modelo de Requisitos Baseado em Cenários. Anais do II Workshop Iberoamericano de Engenharia de Requisitos e Ambientes de Software, Alajuela, Costa Rica, Marzo,1999.

Propriedades, Propriedade de descrição de valores, Propriedade de restrição de valores, Propriedade de definição de valores controlados

Nível dos Requisitos, de Negócio, de Usuário, de Software, Funcionais, Não Funcionais

Derivar casos de uso

Casos de uso são derivados a partir dos objetivos e requisitos. Utilizando-os de um modo semi-formal podemos captar, definir e organizar melhor os requisitos. São uma forma consistente e estruturada para definir os diversos cenários a partir de uma hierarquia de objetivos. [RIBEIRO, Antonio Mendes.Modelagem de Requisitos baseada em Objetivos: com utilização de casos de uso. Slides e Notas de aula da disciplina CEI/AS-PNT. DCC/UFMG. 2.sem.2009].

Conceitos envolvidos, Sistema, Ator Primário, Ator Secundário, Responsabilidade, Ação, Cenário

Tipos de Casos de Uso, de Negócios, de Tarefa, de Baixo Nível

Níveis de Abstração, Abstratos, Concretos, de Baixo Nível

Obter casos de uso, Analisar Nós da hierarquia, Nó com E-refinamento, Nó com Ou_refinamento, Sub-nós, Evitar explosão de cenários, Casos de uso subordinados, Extensões, Variações, Descrever casos de uso, Descrever Atores, Descrever Objetivo Geral, Descrever Pré-condições, Descrever Cenários, Descrever Pós-condições

Derivar modelos UML

A partir dos requisitos ou casos de uso deriva-se vários modelos UML. A UML dispõe de vários elementos que permitem modelar o relacionamento entre os casos de uso, de forma a se organizar melhor o modelo do diagrama de casos de uso.[RIBEIRO, Antonio Mendes.Modelagem de Requisitos baseada em Objetivos: com utilização de casos de uso. Slides e Notas de aula da disciplina CEI/AS-PNT. DCC/UFMG. 2.sem.2009].

Diagramas de classe

Diagramas de sequência

Outros modelos UML

Benefícios

Objetivos proporcionam vários benefícios ao processo de análise de sistemas, qualquer que seja a sua complexidade.

Abstração

Objetivos proporcionam descrições de alto nível (funcionais e não funcionais), compreensíveis do ponto de vista de "o que" fazer, sem a complexidade de ter que descrever como o sistema funciona.[VAN LAMSWEERDE, A.. Goal-Oriented Requirements Engineering: A Guided Tour. RE'01 - 5th IEEE International Symposium on Requirements Engineering. Toronto. 2001.]

Direção

Objetivos fornecem aos analistas uma  "checklist" de atividades a completar. [SOMMERVILLER, I. e SAWYER, P.. Requirements engineering: a good practice guide. Chichester. England. New York: John Wiley & Sons. 1997.]

Rastreabilidade

Objetivos fornecem a ponte para ligar os pedidos das partes interessadas ("stakeholders") com as especificações do sistema. [ROBINSON, W. N. . Negotiation behavior during requirement specification. Proceedings of the 12th International Conference on Software Engineering. Nice. France. 1990.]

Análise

Objetivos fornecem um meio para analisar o sistema antes de sua construção, inclusive a análise de conflitos e de cobertura. [ROBINSON, W. N. . Interactive Decision Support for Requirements Negotiation. Concurrent Engineering: Research & Applications, Special Issue on Conflict Management in Concurrent Engineering. The Institute of Concurrent Engineering. vol. 2. pp. 237-252.1994.] e [YUE, K. . What does it mean to say that a specification is complete?. 4th International workshop on software specification and design. Monterrey, CA. 1987.]