Estudo de uma Lista de Utentes (trabalho incompleto)

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Estudo de uma Lista de Utentes (trabalho incompleto) by Mind Map: Estudo de uma Lista de Utentes (trabalho incompleto)

1. Caracterização sociodemográfica

1.1. Dimensão da lista

1.1.1. Entradas

1.1.1.1. Novas inscrições

1.1.1.2. Nascimentos

1.1.1.2.1. Sexo

1.1.1.3. Taxa de natalidade

1.1.2. Saídas

1.1.2.1. Transferidos

1.1.2.2. Óbitos

1.1.2.2.1. Idade

1.1.2.2.2. Sexo

1.1.2.2.3. Causa de morte (CID-10)

1.1.2.2.4. Taxa de mortalidade

1.1.2.2.5. Local do óbito

1.1.3. Análise crítica

1.2. Pirâmide etária

1.2.1. Sexo

1.2.2. Grupo etário

1.2.2.1. Índice de dependência de idosos

1.2.2.2. Índice de dependência de jovens

1.2.2.3. Índice de dependência total

1.2.2.4. Índice de envelhecimento

1.2.2.5. População activa

1.2.3. Índice de Sunbdbärg, outros índices

1.2.4. Análise crítica

1.3. Caracterização familiar

1.3.1. Dimensão média

1.3.2. Tipo de família e ciclo de vida familiar de Duval (famílias nucleares)

1.3.3. Risco familiar

1.3.3.1. Risco familiar de Garcia-Gonzalez

1.3.3.2. Risco familiar de Segóvia-Dreyer

1.3.3.3. Risco familiar elevado?

1.3.3.3.1. Apgar Familiar de Smilkstein

1.3.3.3.2. Círculo familiar de Thrower

1.4. Escolaridade

1.4.1. Analfabeto

1.4.2. Sabe ler e escrever

1.4.3. Escola primária completa

1.4.4. Ensino preparatório completo

1.4.5. Antigo 5º ano (9º ano)

1.4.6. Antigo 7º ano / 12º ano / Curso profissional

1.4.7. Ensino médio completo

1.4.8. Ensino superior completo

1.5. Ocupação

1.5.1. Situação profissional

1.5.1.1. Estudante

1.5.1.2. Activo

1.5.1.3. Não activo

1.5.1.3.1. Taxa de desemprego

1.5.1.4. Reformado

1.5.2. Tipo de ocupação

1.5.2.1. Manual

1.5.2.2. Não manual

1.6. Nível socioeconómico de Graffar?

1.7. Local de residência

1.8. Nacionalidade

1.9. Etnia

2. Caracterização do estado de saúde

2.1. Situação vacinal

2.1.1. Plano Nacional de Vacinação

2.1.1.1. Cobertura vacinal

2.1.1.1.1. Sexo

2.1.1.1.2. Grupo etário

2.1.2. Vacinas extra-plano

2.1.2.1. Vacinação anti-pneumocócica

2.1.2.2. Vacinação anti-gripal

2.1.2.3. Vacinação anti-rotavirus

2.1.2.4. Vacinação anti-varicela

2.1.2.5. Vacinação anti-HPV

2.1.2.6. Outras

2.2. Problemas de saúde

2.2.1. Problemas activos

2.2.1.1. Problemas activos mais frequentes

2.2.1.1.1. ICPC-2

2.2.1.1.2. Prevalência

2.2.1.2. Problemas psicológicos mais frequentes

2.2.1.2.1. ICPC-2

2.2.1.2.2. Prevalência

2.2.1.3. Problemas sócio-familiares mais frequentes

2.2.1.3.1. ICPC-2

2.2.1.3.2. Prevalência

2.2.1.4. Problemas oncológicos mais frequentes

2.2.1.4.1. ICPC-2

2.2.1.4.2. Prevalência

2.2.2. Problemas inactivos

2.2.2.1. Problemas inactivos mais frequentes

2.2.2.1.1. ICPC-2

2.2.2.1.2. Prevalência

2.3. Caracterização dos Grupos de Risco

2.3.1. Hipertensão arterial

2.3.1.1. Prevalência

2.3.1.2. Tipo de hipertensão

2.3.1.3. Local de seguimento

2.3.1.3.1. USF/UCSP

2.3.1.3.2. Hospital

2.3.1.3.3. Privado

2.3.1.3.4. Desconhecido

2.3.1.4. Sexo

2.3.1.5. Grupo etário

2.3.1.6. IMC

2.3.1.7. Perímetro abdominal

2.3.1.8. Consumo tabágico

2.3.1.9. Consumo alcoólico

2.3.1.10. Tempo desde diagnóstico

2.3.1.11. Risco cardiovascular

2.3.1.12. Lesão de órgão-alvo

2.3.1.12.1. Acidente vascular cerebral

2.3.1.12.2. Hipertrofia ventricular esquerda

2.3.1.12.3. Nefropatia

2.3.1.12.4. Retinopatia

2.3.1.13. Co-morbilidades

2.3.1.13.1. Obesidade

2.3.1.13.2. Diabetes mellitus

2.3.1.13.3. Dislipidemia

2.3.1.14. Tratamento

2.3.1.14.1. Alterações do estilo de vida

2.3.1.14.2. Monoterapia

2.3.1.14.3. Terapia dupla

2.3.1.14.4. Terapia tripla

2.3.1.14.5. Terapia quádrupla

2.3.1.14.6. Análise por classe terapêutica

2.3.1.14.7. Cronoterapia

2.3.1.14.8. Efeito secundário de fármaco

2.3.1.15. Outros fármacos em curso

2.3.1.15.1. Anti-agregantes plaquetares

2.3.1.15.2. Hipocoagulados

2.3.1.15.3. Anti-diabéticos

2.3.1.15.4. Anti-dislipidémicos

2.3.1.15.5. Inibidores da 5 alta-redutase

2.3.1.15.6. SSRRI

2.3.1.15.7. AINEs

2.3.1.16. Controlo tensional

2.3.1.16.1. Sexo

2.3.1.16.2. Idade

2.3.2. Diabetes mellitus

2.3.2.1. Prevalência

2.3.2.1.1. Tipo 1

2.3.2.1.2. Tipo 2

2.3.2.2. Local de seguimento

2.3.2.2.1. USF/UCSP

2.3.2.2.2. Hospital

2.3.2.2.3. Privado

2.3.2.2.4. Desconhecido

2.3.2.3. Sexo

2.3.2.4. Grupo etário

2.3.2.5. IMC

2.3.2.6. Perímetro abdominal

2.3.2.7. Consumo tabágico

2.3.2.8. Consumo alcoólico

2.3.2.9. Tempo desde diagnóstico

2.3.2.10. Exame dos pés no último ano

2.3.2.10.1. Resultado

2.3.2.11. Exame oftalmológico no último ano

2.3.2.12. Taxa de filtração glomerular

2.3.2.13. Microalbuminúria

2.3.2.14. Complicações

2.3.2.14.1. Vasculopatia

2.3.2.14.2. Neuropatia

2.3.2.14.3. Nefropatia

2.3.2.14.4. Retinopatia

2.3.2.15. Co-morbilidades

2.3.2.15.1. Obesidade

2.3.2.15.2. Hipertensão arterial

2.3.2.15.3. Dislipidemia

2.3.2.16. Tratamento

2.3.2.16.1. Alterações do estilo de vida

2.3.2.16.2. Antidiabéticos orais

2.3.2.16.3. Insulina

2.3.2.17. Outros fármacos em curso

2.3.2.17.1. Anti-agregantes plaquetares

2.3.2.17.2. Hipocoagulados

2.3.2.17.3. Anti-hipertensores

2.3.2.17.4. Anti-dislipidémicos

2.3.2.18. Controlo metabólico

2.3.2.18.1. Sexo

2.3.2.18.2. Idade

2.3.2.19. Vacinas

2.3.2.19.1. Gripe

2.3.2.19.2. Pneumocócica

2.3.3. Dislipidémicos

2.3.3.1. Prevalência

2.3.3.2. Sexo

2.3.3.3. Grupo etário

2.3.3.4. Peso

2.3.3.5. Altura

2.3.3.6. Perímetro abdominal

2.3.3.7. Consumo tabágico

2.3.3.8. Consumo alcoólico

2.3.3.9. Tempo desde diagnóstico

2.3.3.10. Tratamento

2.3.3.10.1. Análise por classe terapêutica

2.3.4. Fumadores

2.3.4.1. Prevalência

2.3.4.2. Sexo

2.3.4.3. Grupo etário

2.3.4.4. Peso

2.3.4.5. Altura

2.3.4.6. Perímetro abdominal

2.3.4.7. Consumo alcoólico

2.3.4.8. Risco cardiovascular

2.3.5. Alcológicos

2.3.6. Excesso de peso/obesidade

2.3.7. Toxicodependência

2.4. Outras patologias importantes

2.4.1. DPOC

2.4.2. Asma

2.4.3. Fiibrilhação auricular

2.4.4. Depressão

2.5. Caracterização dos grupos vulneráveis

2.5.1. Saúde infantil e juvenil

2.5.1.1. Nascimentos

2.5.1.1.1. Dias de vida à inscrição na USF

2.5.1.1.2. Diagnóstico precoce

2.5.1.1.3. Dias de vida à realização da primeira consulta

2.5.1.1.4. Peso ao nascer

2.5.1.1.5. Comprimento

2.5.1.1.6. Perímetro cefálico

2.5.1.1.7. Apgar

2.5.1.1.8. Local do parto

2.5.1.1.9. Tipo de parto

2.5.1.2. Crianças até aos 35 meses

2.5.1.2.1. Sexo

2.5.1.2.2. Grupo etário

2.5.1.2.3. Proporção de vigilância

2.5.1.2.4. Local de seguimento

2.5.1.2.5. Número de consultas realizadas

2.5.1.2.6. Razão consultas abertas/programadas

2.5.1.2.7. Episódios mais frequentes

2.5.1.2.8. Problemas activos mais frequentes

2.5.1.3. Crianças dos 3 aos 13 anos

2.5.1.3.1. Sexo

2.5.1.3.2. Grupo etário

2.5.1.3.3. Proporção de vigilância

2.5.1.3.4. Local de seguimento

2.5.1.3.5. Número de consultas realizadas

2.5.1.3.6. Razão consultas abertas/programadas

2.5.1.3.7. Episódios mais frequentes

2.5.1.3.8. Problemas activos mais frequentes

2.5.1.4. Crianças dos 14 aos 18 anos

2.5.1.4.1. Sexo

2.5.1.4.2. Grupo etário

2.5.1.4.3. Proporção de vigilância

2.5.1.4.4. Local de seguimento

2.5.1.4.5. Número de consultas realizadas

2.5.1.4.6. Razão consultas abertas/programadas

2.5.1.4.7. Episódios mais frequentes

2.5.1.4.8. Problemas activos mais frequentes

2.5.2. Planeamento familiar

2.5.2.1. Sexo

2.5.2.2. Grupo etário

2.5.2.3. Proporção de vigilância

2.5.2.4. Prevalência de obesidade

2.5.2.5. Consumo tabágico

2.5.2.6. Pressão arterial sistólica média

2.5.2.7. Pressão arterial diastólica média

2.5.2.8. Consumo alcoólico

2.5.2.9. Menarca

2.5.2.10. Regularidade do ciclo menstrual

2.5.2.11. Duração do período menstrual

2.5.2.12. Citologia cervico-vaginal actualizada

2.5.2.13. Método anticonceptivo

2.5.2.13.1. Nenhum

2.5.2.13.2. Anticonceptivo oral

2.5.2.13.3. Preservativo

2.5.2.13.4. Laqueação tubar

2.5.2.13.5. Dispositivo intra-uterino

2.5.2.13.6. Implante subcutâneo

2.5.2.13.7. Sistema transdérmico

2.5.2.13.8. Outro

2.5.3. Saúde Materna

2.5.3.1. Grupo etário

2.5.3.2. Proporção de vigilância

2.5.3.3. Prevalência de obesidade

2.5.3.4. Consumo tabágico

2.5.3.5. Consumo alcoólico

2.5.3.6. Pressão arterial sistólica média

2.5.3.7. Pressão arterial diastólica média

2.5.3.8. Local de vigilância

2.5.3.8.1. Exclusivamente na USF até às 35 semanas

2.5.3.8.2. Inicialmente na USF, com referenciação anterior às 35 semanas

2.5.3.8.3. Consulta hospitalar

2.5.3.8.4. Obstetra particular

2.5.3.9. Paridade

2.5.3.10. Gravidez planeada

2.5.3.11. Consulta pré-concepcional

2.5.3.12. Suplementação com ácido fólico

2.5.3.13. Risco pré-natal

2.5.3.14. Rastreio bioquímico

2.5.3.15. Resultado da gravidez

2.5.3.15.1. Gravidez em curso

2.5.3.15.2. Parto

2.5.3.15.3. Interrupção voluntária da gravidez

2.5.3.15.4. Abortamento

2.5.3.16. Revisão de puerpério

2.6. Rastreios

2.6.1. Cancro do colo do útero

2.6.1.1. Proporção de vigilância

2.6.1.2. Idade

2.6.1.3. Rastreio actualizado

2.6.1.3.1. Vigiadas

2.6.1.3.2. Não vigiadas

2.6.1.4. Proporção de sobre-utilização

2.6.1.5. Resultado da citologia cervico-vaginal

2.6.1.5.1. NILM

2.6.1.5.2. AS-CUS

2.6.1.5.3. LSIL

2.6.1.5.4. HSIL

2.6.1.5.5. Insuficiente

2.6.1.5.6. Outro

2.6.1.5.7. Sem informação

2.6.1.6. Análise crítica

2.6.2. Cancro da mama

2.6.2.1. Proporção de vigilância

2.6.2.2. Idade

2.6.2.3. Rastreio actualizado

2.6.2.3.1. Vigiadas

2.6.2.3.2. Não vigiadas

2.6.2.4. Proporção de sobre-utilização

2.6.2.5. Resultado da citologia cervico-vaginal

2.6.2.5.1. R1

2.6.2.5.2. R2

2.6.2.5.3. R3

2.6.2.5.4. R4

2.6.2.5.5. R5

2.6.2.5.6. R0

2.6.2.6. Análise crítica

2.6.3. Cancro colo-rectal

2.6.3.1. Proporção de vigilância

2.6.3.2. Idade

2.6.3.3. Rastreio actualizado

2.6.3.3.1. Vigiadas

2.6.3.3.2. Não vigiadas

2.6.3.4. Proporção de sobre-utilização

2.6.3.5. Resultado do rastreio

2.6.3.5.1. PSOF

2.6.3.5.2. Colonoscopia

2.6.3.6. Análise crítica

3. Comparação de indicadores?

4. !