Genética de Eucariotas

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Genética de Eucariotas by Mind Map: Genética de Eucariotas

1. Origem dos Eucariotas

1.1. Procariotas

1.1.1. complexidade menor

1.1.2. Cromossoma circular

1.1.3. Actividades celulares pouco localizadas

1.1.4. Poucas proteinas associadas ao ADN

1.1.5. valor C menor (qtd ADN/celula haploide)

1.1.6. Linhagens verticais

1.1.7. Recombinação génica só por transferência horizontal de genes (THG)

1.2. Eucariotas

1.2.1. Maior complexidade

1.2.2. Maior valor C (saccharomyces cerevisiae tem valor C > a qq prok)

1.2.3. Cromossomas lineares

1.2.4. Compartimentação física e funcional

1.2.5. Muitas proteinas associadas ao ADN

1.2.6. Recombinação génica por THG e meiose

1.2.6.1. Crossing-over

1.2.6.2. Segregação independente

1.2.7. > EVOLUÇÃO

1.3. Teorias

1.3.1. Archeae

1.3.1.1. Eocito

1.3.1.1.1. Eucariota

1.3.1.2. Mitocondria (a-purple) e cloroplastos (plantas - cianobactéria)

1.3.1.3. genes // eubactérias por THG

1.3.1.3.1. preferencial para um grupo de bactérias

1.3.1.4. Hipótese clássica

1.3.2. Quimérica

1.3.2.1. Bactéria Gram -

1.3.2.1.1. Eócito

1.3.2.2. Eócito

1.3.2.2.1. Bactéria Gram -

1.4. Homologias proteícas

1.4.1. c/ Eubacteria

1.4.1.1. Proteinas metabólicas

1.4.1.2. Genes mitocondriais

1.4.2. c/ Archeae

1.4.2.1. genes do aparelho de expressão génica

1.4.2.2. genes do aparelho de obtenção de energia

2. Genoma Eucariota

2.1. complexidade

2.1.1. valor C

2.1.1.1. qtd ADN/célula haplóide

2.1.1.2. não existe uma boa correlação entre o valor C e a complexidade

2.1.1.3. >ia do ADN não é expresso

2.1.1.3.1. junkDNA?

2.1.2. Mínimo do valor C

2.2. / gene --x--> / proteina / genoma -x-> / complexidade

2.2.1. Intrões/exões

2.2.1.1. __

2.2.1.1.1. procariotas

2.2.1.1.2. eucariotas inferiores

2.2.1.1.3. eucariotas superiores

2.2.1.2. GENES RELACIONADOS têm ORGANIZAÇÕES (I-E) //

2.2.1.2.1. Manutenção da estrutura de exões e intrões

2.2.1.2.2. Familia das globulinas

2.2.1.2.3. mesmo exemplo com genes DHFR

2.2.1.3. EXÕES de genes RELACIONADOS são + // q intrões

2.2.1.3.1. [-] dif nos exões

2.2.1.4. excepções

2.2.1.4.1. leguemoglobina (+ 1 intrão)

2.2.1.4.2. gene insulina mamífs (-1 intrão)

2.2.2. genes sobrepostos

2.2.2.1. proteinas homólogas

2.2.2.1.1. = frame

2.2.2.2. n homólogas

2.2.2.2.1. grelha de leitura dif

2.2.3. Splicing alternativo

2.2.3.1. ex

2.2.3.1.1. troponina T (ratinho)

2.2.3.1.2. H tem menos genes q esperado...

2.3. Classificação ADN

2.3.1. genes codificantes

2.3.1.1. RNA

2.3.1.1.1. genes multicópia

2.3.1.2. proteinas

2.3.1.2.1. cópia única

2.3.1.2.2. famílias génicas

2.3.2. DNA repetido

2.3.2.1. DNA satélite

2.3.2.1.1. alta/ repetido

2.3.2.1.2. seq peq (< 100 pb)

2.3.2.1.3. em tandem

2.3.2.2. disperso

2.3.2.2.1. __

2.3.2.2.2. __

2.4. EXON shuffling

2.4.1. ORIGEM INTRÕES

2.4.1.1. modelo "introns early"

2.4.1.1.1. Ancestral com intrões

2.4.1.1.2. EXON SHUFFLING

2.4.1.2. modelo "introns late"

2.4.1.2.1. Ancestral sem intrões

2.4.1.2.2. tRNA com intrões

2.4.2. Exão <--> domínio (c/ função esp.)

2.4.2.1. ex

2.4.2.1.1. insulina

2.4.2.2. exões --> módulos

2.4.2.3. varios exões podem --> = função

3. Regulação génica em procariotas

3.1. Modelo de Britten e Davidson (1970)

3.1.1. __

3.1.1.1. sequências sensor

3.1.1.2. genes integradores (reguladores)

3.1.1.3. genes estruturais

3.1.1.4. (factores de transcrição)

3.2. Eucariotas sem operões

3.2.1. Maior flexibilidade de regulação