Memória, Esquecimento, Silêncio Michael Pollak

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Memória, Esquecimento, Silêncio Michael Pollak by Mind Map: Memória, Esquecimento, Silêncio Michael Pollak

1. Maurice Halbwachs

1.1. en­fatiza a força dos diferentes pontos de referência que estru­turam nossa memória e que a inserem na memória da coletividade a que pertencemos.

2. Pierre Nora

2.1. tradição me­todológica durkheimiana

2.2. memória coletiva, à duração, à continuidade e à estabilidade

2.3. "comunidade afetiva"

3. A memória em disputa

3.1. memória "proibida"

3.2. memórias subterrâneas con­seguem invadir o espaço público

3.3. mudança política, uma re­visão (auto)crítica do passado

3.4. Silêncio

3.4.1. Stanilismo

3.4.2. Nazismo

3.4.3. Razões Políticas e Pessoais

3.5. redistribuição das cartas políticas e ideológicas

4. "memória oficial", a memória nacional

5. Freddy Raphael

5.1. memória envergonhada

5.2. memória canali­zada

5.3. A memória subter­rânea

6. A função do "não-dito"

6.1. a irrupção de uma memória subterrânea favorecida

6.2. o silêncio dos deportados

6.3. os recrutados a força alsa­ cianos

6.4. lembranças individuais e de gru­pos

7. O problema de toda memória oficial é o de sua credibilidade, de sua aceitação e também de sua organiza­ção.

8. o enquadramento da memória

8.1. memórias coletivas

8.1.1. pode assumir a forma de um mito

8.2. coesão interna e defender as fronteiras

8.3. memória comum

8.4. identidade individual e do grupo

8.5. enquadramento da memória

9. Dominique Veil­lon

9.1. Filmes como captação da lembrança

10. O mal do passado

10.1. guerras civis

10.1.1. Espa­nha, a Áustria, Grécia, Alemanha

10.2. "memórias enquadradas"

10.2.1. criminosos, homossexuais, prostitutas, ciganos

10.3. entrevista oral

10.3.1. brancos da memória ou de esqueci­mentos