O Futuro do Dinheiro

Relfexão sobre o futuro do sistemas monetário internacional

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
O Futuro do Dinheiro by Mind Map: O Futuro do Dinheiro

1. Argumento para a descentralização da emissão de moeda

1.1. Todos os sistemas centralizados não podem fazer face à complexidade do mundo

1.2. Todos os sistemas centralizados são corrompidos

1.3. A história está repleta de exemplos onde os sistemas centralizados e autoritários são transformados por revoluções

1.4. Quebrar o parasitismo do sistema monetário

1.4.1. É um sistema que só sobrevive se estiver sempre a crescer

1.4.2. É um sistema insustentável num planeta de recursos limitados

1.4.3. A reserva fraccionária dos bancos funciona como um enorme subsídio aos mesmos

1.4.3.1. Eles podem emprestar até 10 vezes mais de dinheiro do que possuem, cobrando juros sobre capital que nunca tiveram

1.5. Quebrar o monopólio dos bancos centrais

1.5.1. São organismos supostamente independentes dos estados para evitar a corrupção do poder político poder emitir moeda

1.5.2. São organismos não democráticos com total poder sobre a moeda, que é um recurso partilhado por todos.

1.5.3. É um organismo que faz uma gestão centralizada, e que por isso nunca consegue ter a visão das necessidades de todo o sistema.

1.5.4. Os privilegiados deste sistema são sempre os bancos que podem pedir emprestado ao banco central a juros baixos, para emprestar a outros a juros mais altos um recurso (moeda) que é de todos.

2. Soluções

2.1. Liberalizar a emissão de moeda

2.1.1. Impedir os bancos de emprestarem o dinheiro que não têm - Acabar com a reserva fraccionária

2.1.2. As empresas podem vender títulos de dívida

2.1.2.1. Os indivíduos não podem

2.1.2.1.1. Os títulos de dívida individuais podem funcionar como dinheiro alernativo

2.1.2.1.2. Cada título de dívida pode ser vendido e comprado como se fosse dinheiro

2.2. As soluções terão de ter em conta os seguintes aspectos

2.2.1. Quem pode emitir moeda?

2.2.2. uma repositorio de valor limitado

2.3. Bitcoin

2.3.1. http://www.bitcoin.org

2.3.2. baseado numa rede de nós participantes

2.3.3. cada servidor pode produzir bitcoins

2.3.3.1. a emissão está restrita a 21 milliões de bitcoins, cada uma delas divisiveis por 10^8

2.3.3.2. A emissão é uma curva gradual assimptotica

2.3.4. As transações são públicas, mas os recipientes anónimos

3. O Problema

3.1. O sistema monetário actual é insustentável

3.1.1. É baseado na ideia de que se pode crescer sempre exponencialmente num planeta de recursos limitados

3.2. A crise de 2008 mostrou que em situação de stress do sistema monetário quem paga é a classe média

3.2.1. Os níveis de stress vão continuar a aumentar, porque são fruto do próprio sistema

3.3. O poder político submete-se ao sistema financeiro, porque não possui o poder de criar dinheiro. Está refém.

3.3.1. Quem tem dinheiro tem o poder de gerir a quantidade de dinheiro, controla tudo o resto

3.4. Os sistemas políticos são ineficazes, porque o voto da classe média não oferece verdadeira representação

3.5. Quem controla a quantidade de dinheiro pode gerar inflação e deflação quando quiser

3.5.1. Os bancos emitem dívida, e criam dinheiro que entra em circulação

3.5.2. Para retirar o dinheiro de circulação, basta não renovarem a dívida, e esse dinheiro é retirado do sistema.

3.5.3. A contracção da quantidade de dinheiro provoca uma deflação e falências

3.5.4. Os bancos vão buscar os bens que serviam de garantia a esse dinheiro,

3.5.5. Depois podem repetir o processo de geração de bolhas de inflalção/deflação expandindo e contraindo a quantidade de dinheiro.

3.6. os bancos possui o poder de controlar a liquidez do mercado

3.6.1. com esse poder podem fazer chantagem com os governos, porque podem induzir uma depressao, bastando para isso reduzir a massa monetaria

3.6.2. os governos são assim forçados a aceder aos desejos da classe financeira, como pouca regulação, amplos beneficios, etc

3.6.3. A necessidade de pagar juros sobre uma massa monetaria criada pelos bancos, força pessoas, empresas, nações a falirem.

4. Não é o que garante o dinheiro, mas quem controla a sua quantidade

4.1. O ouro não é "democrático"

4.2. O ouro é dinheiro "honesto" porque não se fabrica, mas pode ser sujeito a "cativação" para gerar depressões controladas

5. Recursos

5.1. http://www.gmlets.u-net.com/

5.2. http://www.transaction.net/

5.3. http://www.reinventingmoney.com/

6. Novo nó