PROTOCOLO DE HEMORRAGIA DIGESTIVA ALTA

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
PROTOCOLO DE HEMORRAGIA DIGESTIVA ALTA by Mind Map: PROTOCOLO DE HEMORRAGIA DIGESTIVA ALTA

1. Critérios de inclusão: - Hematêmese ou melema nas últimas 24 h - Queda de Hb ≥ 2g/dL ou transfusão de hemáceas ≥ 2 nas últimas 24h

2. Critérios de exclusão: - Idade ≤ 14 - Suspeita ou confirmação de gravidez

3. - Jejum oral - Monitorização hemodinâmica - Ressuscitação volêmica com PAS de 90 a 100 mmhg e FC < 100 bpm - Colher hemograma, coagulograma, íons, função renal e tipagem sanguínea. - Hemotransfusão com Hb alvo de 8 g/dL

4. Suspeita de HDA não-varicosa

5. Suspeita de HDA varicosa

6. Omeprazol IV antes da EDA - Bolus de 80 mg IV - Manter 40 mg IV de 12/12 h

7. Iniciar antes da EDA em cirróticos: - Child A: Norfloxacino 400 mg VO 12/12h - Child B ou C: Ceftriaxona 1g/dia - Para todos: Octreotide 50 a 100 mcg em bolus, seguido de 50 a 100 mcg/h por 3 a 5 dias após EDA

8. Considerar: - UTI para pacientes idosos, com comorbidades, sangramento varicoso ou grave - Transfusão de plasma e plaquetas se coagulopatias graves ou plaquetas < 50.000 - Alta hospitalar com endoscopia eletiva ambulatorial se EGB ≤ 1

9. Considerar: - Suspeita de grande quantidade de sangue ou coágulos no estômago: Metoclopramida 10 mg IV antes da EDA

10. -----------------------------------------------------ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA EM ATÉ 12 HORAS-----------------------------------------------------

11. HDA não-varicosa

12. HDA varicosa

13. Úlcera Forrest IA,IB,IIA,IIB: - Térmico, clipe ou injeção de epinefrina + 2º método endoscópico - Manter omeprazol IV por 72 horas - Pesquisar H. pylori em úlceras pépticas

14. Varizes esofágicas: - 1ª opção: Ligadura elástica - 2ª opção: Escleroterapia Varizes gástricas - Injeção de cianocrilato - Manter Octreotide IV por 3 a 5 dias

15. Considerar Second Look: - Úlceras Forrest IA, IB, IIA, IIB em caso de dúvida quanto ao sucesso do tratamento

16. Realizar: - Tratamento endoscópico nos casos de HDA por lesão de Dieulafoy e ectasia vascular antral

17. Considerar: - Tratamento endoscópico nos casos de sangramento ativo por Mallory-Weiss, esofagites e neoplasias do TGI

18. ------------------------------------------------SANGRAMENTO RECORRENTE OU PERSISTENTE--------------------------------------------------------------

19. Segunda tentativa de EDA - Preferir método endoscópico diferente do anterior

20. Segunda tentativa de EDA - Preferir método endoscópico diferente do anterior

21. Sangramento persistente ou recorrente: - Nova hematêmese, melena ou aspirado da SNG com sangue - Sinais de instabilidade hemodinâmica - Queda ≥ 2 na Hb ou hemotransfusão ≥ 2 bolsas de hemáceas nas últimas 24 h.

22. -------------------------------------------------------------FALHA TERAPÊUTICA--------------------------------------------------------------------------------------------

23. Terapia de resgate: - Embolização transarterial ou cirurgia

24. Terapia de resgate: - Balão de Sengstaken-Blakemore por até 24 horas, TIPS ou cirurgia.

25. Antes da alta hospitalar: HDA não-varicosa - IBP oral de acordo com diagnóstico endoscópico - Tratar H. pylori em todos com úlcera péptica.

26. Antes da alta hospitalar: HDA varicosa - Antibioticoterapia por 7 dias - Iniciar Propranolol 20 mg VO 12/12H, após compensação hemodinâmica - Programar nova terapia endoscópica em 3 a 4 semanas até erradicar as varizes