Ferramentas de Gestão

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Ferramentas de Gestão by Mind Map: Ferramentas de Gestão

1. Utiliza como base o MASP essa ferramenta é usada geralmente para tratar desvios ao qual não sabemos a solução dessa forma envolvemos um grupo multifuncional para buscar a solução do problema

1.1. GSP

2. Gestão da Melhoria

2.1. TRF

2.1.1. Utilizado na manutenção e produção: na manutenção pode ser utililzado para reduzir o tempo de reparo de determinados componentes ja deixando um conjunto pronto para uso não gerando a necessidade do reparo no momento, no caso da produção é utilizada para reduzir o tempo de setup dos equipamentos

2.2. IDEIAS

2.2.1. Utilizada para alavancar a performance do processo, podendo ser mensural ou não mensurável, importante ressaltar que mesmo sendo uma ideia pode haver mais de um envolvido e é uma ferramenta para administrativos e operativos, a ideia deve ser implantada pelo dono ou donos da ideia cabendo a liderança acompanhar a efetividade do retorno

2.3. SEIS SIGMA

2.3.1. Ferramenta utilizada para problemas crônicos importante que a pessoa que ira coordenar o Seis Sigma seja Green Belt ou Black Belt

2.4. KAIZEN

2.4.1. Pode ser usada com as demais ferramentas ideias, Lean, GSP, TRF tratá-se de uma ferramenta para melhorar o processo, mudar condições, reduzir perdas etc...

2.5. LEAN

2.5.1. Ferramenta utilizada para eliminar perdas no processo geralmente usasse como base o TRF, Kanban, Buffer, Mapeamento de Fluxo de valor etc...

2.6. MÉTODOS ÁGEIS

3. Gestão da Rotina

3.1. TRATAMENTO DE FALHAS

3.1.1. Geralmente divido entre causas comuns e causas especiais:

3.1.1.1. Causas Comuns: Identificadas como variações normais do processo geralmente algum desvio que pertence ao processo e que não sera o foco do tratamento de falha

3.1.1.2. Causas Especiais: Desvios considerados como anormais fora da normalidade do processo podendo ser para mais ou para menos dependendo do indicador. Geralmente para esses casos conseguimos tratar encontrar a causa e propor ações com maior agilidade

3.1.2. É recomendado que se tenha gatilhos bem definidos para o acionamento da necessidade de tratamento da falha, esse gatilho deve levar em consideração o recurso disponível para a realização e gestão das pendências.

3.2. PADRONIZAÇÃO

3.2.1. Utilizada principalmente para mapear as atividades criticas do processo e dessa forma garantir o maximo alinhamento evitando dessa forma desvios e ou perdas em relação a Qualidade, Segurança, Custo, Produtividade

3.3. AUDITORIA DE PADRÃO

3.3.1. É necessária para avaliar o grau de aderência dos colaboradores aos padrões, padrões bem definidos e seguidos promovem estabilidade do processo, iniciasse pelo processo de mapeamento das atividades criticas, padronização, treinamento dos envolvidos, Auditoria, Tratamentos de falha e quando necessário alteração do padrão

3.4. ANALISE DE PROCESSO

3.4.1. Essa ferramenta serve de base para identificarmos as atividades criticas, parâmetros críticos do processo e avaliar implantação de controles e acompanhamento dessas variaveis