Modernismo em Portugal: O começo

Jetzt loslegen. Gratis!
oder registrieren mit Ihrer E-Mail-Adresse
Modernismo em Portugal: O começo von Mind Map: Modernismo em Portugal: O começo

1. Portugal, no início do século XX, assistiu a uma fase particularmente agitada de sua política

1.1. o descontentamento com o regime monárquico, retrógrado e anacrônico e o ufanismo republicano

1.1.1. Em 1910, por quase quarenta anos de pressão, finalmente, proclamou-se a República

1.1.1.1. Nesse contexto, surgiram os autores que constituiriam as primeiras gerações do Modernismo português, com destaque para a geração Orpheu, liderada por Fernando Pessoa e Mário de Sá-Carneiro

2. Gerações modernistas

2.1. 1ª geração – o Orfismo: A primeira fase do modernismo em Portugal (Orpheu: 1915-1927)

2.1.1. desejo de renovação, de arejamento da arte, para torná-la mais ágil na linguagem, menos adjetivada, mais simples e até popular.

2.2. 2ª geração – o Presencismo: A segunda fase (Presença: 1927-1940) deu continuidade ao ideário da geração Orpheu

2.2.1. buscava a consolidação das conquistas da primeira fase, por meio de preocupação com a própria arte, fazendo a “arte pela arte” ou “literatura artística”.

2.3. 3ª geração – o Neorrealismo: A terceira fase moderna recebeu o nome de Neorrealismo. (1940 - Até os dias de hoje)

2.3.1. É abordado a problemática do desenvolvimento industrial dentro do Portugal eminentemente agrário. Assumem uma postura antiburguesa, socialista, antitradicionalista e republicana.

3. Principais autores

3.1. 1 ° Geração

3.1.1. Fernando Pessoa, Mário de Sá Carneiro e Almada Negreiros.

3.2. 2° Geração

3.2.1. José Régio, João Gaspar Simões e Branquinho da Fonseca.

3.3. 3° Geração

3.3.1. Alves Redol, Ferreira de Castro e Soeiro Pereira Gomes.

4. Principais obras

4.1. 1° Geração

4.1.1. "Pastor Amoroso", "Poemas Inconjuntos", "Princípio", "A Confissão de Lúcio", "Céu em Fogo".

4.2. 2° Geração

4.2.1. "Poemas de Deus e do Diabo", "Jogo da Cabra-Cega", "Há mais Mundos" , "Romance numa Cabeça", "Amigos Sinceros", "Internato".

4.3. 3° Geração

4.3.1. "Glória", "Marés", "A Barca dos Sete Lemes", "Contos Vermelhos", "Engrenagem'' .

5. Principais Caraterísticas

5.1. Distanciamento do sentimentalismo.

5.2. Espírito dinâmico, acompanhando as transformações tecnológicas.

5.3. Espírito crítico e questionador.

5.4. Linguagem cotidiana.

5.5. Oposição às normas, numa atitude considerada “anárquica”.

5.6. Originalidade e excentricidade.

5.7. Ruptura com o passado, numa atitude inovadora.

6. O Modernismo?

6.1. Representa a ruptura com padrões e a inovação. A Escola Literária Modernista surge no início do século XX, após o Pré-Modernismo.

6.2. Uma proposta saudosista, pretendia resgatar os anos de glória vividos por Portugal. Os Inconformados, por sua vez, almejavam uma ruptura de padrão e estilo, e propunham a inovação.