Regência Verbal

Comienza Ya. Es Gratis
ó regístrate con tu dirección de correo electrónico
Rocket clouds
Regência Verbal por Mind Map: Regência Verbal

1. Assistir

1.1. No sentido de prestar assistência, ajudar, socorrer: usa-se sem preposição. Ex.: O técnico assistia os jogadores novatos.

1.2. No sentido de ver, presenciar: exige a preposição “a”. Ex.: Não assistimos ao show.

1.3. No sentido de caber, pertencer: exige a preposição “a”. Ex.: Assiste ao homem tal direito.

1.4. No sentido de morar, residir: é intransitivo e exige a preposição “em”. Ex.: Assistiu em Maceió por muito tempo.

2. Chegar/Ir

2.1. Deve ser introduzido pela preposição “a” e não pela preposição “em”. Exemplo: Vou ao dentista.

3. Esquecer/Lembrar Esquecer-se/Lembrar-se

3.1. Quando não forem pronominais: são usados sem preposição. Ex.: Esqueci o nome dela.

3.2. Quando forem pronominais: são regidos pela preposição “de”. Ex.: Lembrei-me do nome de todos.

4. Obedecer/Desobedecer

4.1. Exigem a preposição “a”. Exemplo: As crianças obedecem aos pais.

5. Simpatizar/Antipatizar

5.1. Exigem a preposição “com”. Exemplo: Simpatizo com Lúcio.

6. Visar

6.1. No sentido de mirar: usa-se sem preposição. Ex.: Disparou o tiro visando o alvo.

6.2. No sentido de dar visto: usa-se sem preposição. Ex.: Visaram os documentos.

6.3. No sentido de ter em vista, objetivar: é regido pela preposição “a”. Ex.: Viso a uma situação melhor.

7. Namorar

7.1. Não se usa com preposição. Ex.: Joana namora Antônio.

8. Preferir

8.1. Este verbo exige dois complementos, sendo que um é usado sem preposição, e o outro com a preposição “a”. Ex.: Prefiro dançar a fazer ginástica.

9. Aspirar

9.1. No sentido de cheirar, sorver: usa-se sem preposição. Ex.: Aspirou o ar puro da manhã.

9.2. No sentido de almejar, pretender: exige a preposição “a”. Ex.: Esta era a vida a que aspirava.

10. Querer

10.1. No sentido de desejar: usa-se sem preposição. Ex.: Quero viajar hoje.

10.2. No sentido de estimar, ter afeto: usa-se com a preposição “a”. Ex.: Quero muito aos meus amigos.

11. Proceder

11.1. No sentido de ter fundamento: usa-se sem preposição. Ex.: Suas queixas não procedem.

11.2. No sentido de originar-se, vir de algum lugar: exige a preposição “de”. Ex.: Muitos males da humanidade procedem da falta de respeito ao próximo.

11.3. No sentido de dar início, executar: usa-se a preposição “a”. Ex.: Os detetives procederam a uma investigação criteriosa.

12. Pagar/Perdoar

12.1. Se tem por complemento uma palavra que denote algo: não exige preposição. Ex.: Ela pagou a conta do restaurante.

12.2. Se tem por complemento uma palavra que denote pessoa: é regido pela preposição “a”. Ex.: Perdoou a todos.

13. Informar

13.1. No sentido de comunicar, avisar, dar informação: admite duas construções:

13.1.1. Objeto direto de pessoa e indireto de coisa (regido pelas preposições “de” ou “sobre”). Ex.: Informou todos do ocorrido.

13.1.2. Objeto indireto de pessoa (regido pela preposição “a”) e direto de coisa. Ex.: Informou a todos o ocorrido.