DOUTRINAS ECONOMICAS

Comienza Ya. Es Gratis
ó regístrate con tu dirección de correo electrónico
DOUTRINAS ECONOMICAS por Mind Map: DOUTRINAS ECONOMICAS

1. Mercantilismo

1.1. O Mercantilismo foi o conjunto de ideias e práticas econômicas, desenvolvidas na Europa no séc. XV, durante a Idade Moderna. Segundo o mercantilismo, a fonte de riqueza de uma nação se baseava no comércio com o mercado exterior e no acúmulo de metais preciosos.

1.1.1. Balança comercial favorável;

1.1.1.1. ampliar o valor das exportações e reduzir o das importações.

1.1.2. Protecionismo;

1.1.2.1. é um mecanismo usado pelo governo dos países para proteger as indústrias nacionais da concorrência externa; barreiras alfandegarias.

1.1.3. Metalismo;

1.1.3.1. a riqueza de uma nação, segundo o conceito do metalismo, é medida através do acúmulo de metais preciosos (ouro e prata).

2. Liberalismo

2.1. ADAM SMITH E JOHN LOCKE;

2.2. Defesa das liberdades e direitos individuais: Há um conceito chamado de individualismo metodológico. O liberalismo não reconhece direitos coletivos. O indivíduo é o agente das relações jurídico-sociais e detém direitos individuais e não coletivos.

2.3. Liberdade de imprensa, de associação, de reunião, de religião.

2.4. Estado Mínimo.

2.5. Igualdade perante a lei: através da instituição do Estado de Direito. Todos seriam iguais perante a lei, e tratados como iguais pelo Estado. Não existem privilégios.

2.6. Governos representativos e constitucionais.

3. Keynesianismo

3.1. é uma teoria político-econômica que defende a intervenção do Estado na organização econômica de um país. O pensamento keynesiano afirma que o Estado deve oferecer benefícios sociais aos trabalhadores, como seguro de saúde, seguro-desemprego, salário mínimo, férias remuneradas, dentre outros. Nesse sentido, o Estado tem deveres a cumprir para com seus cidadãos, lhes proporcionando uma vida digna. Essa teoria levou ao surgimento do conceito de Bem-Estar social.

3.2. O Keynesianismo surgiu na década de 30 do séc. XX e recebe esse nome por ter sido elaborado pelo economista britânico John Maynard Keynes (1883-1946)

4. Neoliberalismo

4.1. Desde 1980, os Estados Unidos e o Reino Unido vinham aplicando um estilo de política econômica que ficou conhecido como neoliberalismo. Os impostos sobre as empresas e sobre os mais ricos foram reduzidos, alegando-se que isso seria um fator de incentivo ao investimento e ao progresso economico.

4.1.1. Sua principal característica é a defesa de maior autonomia dos cidadãos nos setores político e econômico e, logo, pouca intervenção estatal.

4.1.1.1. O neoliberalismo ganhou ampla aceitação nas décadas de 1980 e 1990, principalmente após o fim do socialismo no Leste europeu. Os pontos básicos do projeto neoliberal para os países americanos foram sintetizados no chamado "Consenso de Washington", em 1989.

4.1.1.1.1. Após a Segunda Guerra Mundial, o modelo econômico keynesiano foi utilizado em alguns países para sua reconstrução. O resultado foi o estabelecimento de empresas estatais, regulamentação do mercado e direitos trabalhistas. No entanto, na década de 60, o aumento das desigualdades sociais, da inflação e do desemprego fizeram o pensamento keynesiano sofrer diversas críticas por parte dos liberais.