Polissacarídeos

Commencez. C'est gratuit
ou s'inscrire avec votre adresse courriel
Polissacarídeos par Mind Map: Polissacarídeos

1. Efeito Hipolesterolêmico

1.1. Redução na absorção do colesterol

2. Drogas: Origem vegetal, animal, etc...

2.1. POLISSACARÍDEOS DE ALGAS: Alginas (gêneros Laminaria, Fucus e Macrocystis) - Espessantes e estabilizantes em produtos farmacêuticos e alimentícios.

2.1.1. Fucanos: Similar a heparina, anticoagulante e antitrombolítico devido ao efeito fibrinolítico.

2.1.2. Carragenanos - tratamento sintomático da constipação como protetor em proctologia e adjuvante em dietas hipocalóricas Utilizado nas indústrias farmacêuticas cosmética e alimentícias como espessantes gelificantes e estabilizantes

2.2. Exemplos mais comuns: Plantago, Malva e a Babosa.

2.3. Polissacarídeos de bactérias: Dextranos (bactérias dos gêneros Leuconostoc, Lactobacillus e Streptococcus) - substituintes do plasma em casos de choque hipovolêmico e espessantes em colírios Goma xantana (bactéria Xanthomonas campestris) - estabilizante, compõe tintas e tecidos

3. Aplicações Clínicas

3.1. Supressão do Apetite

3.1.1. Sensação de saciedade maior e mais duradoura

3.2. Retardamento do Esvaziamento Gástrico

3.2.1. Aumento na sensação de saciedade

3.3. Prevenção de Câncer de Colorretal

3.3.1. Diluição e a redução do tempo de permanência de substâncias no intestino

3.4. Redução dos Níveis de Metabólitos Nitrogenados

3.4.1. Diminuição das concentrações de ureia

4. Efeitos Adversos

4.1. Resposta glicêmica pode provocar hipoglicemia em indivíduos não diabéticos.

4.2. Obstruções no Esôfago ou intestino delgado, em casos de dosagem acima da recomendada

4.3. Distúrbios no TGI, pela degradação microbiana dos polissacarídeos (dores abdominais, náuseas e flatulência

5. Drogas Mais Importantes

5.1. Plantago

5.1.1. Constituida por ácido galacturônico, galactose, arabinose e ramnose.

5.1.2. As semestes são classificadas como laxativas

5.1.3. Contraindicado em casos de obstrução instetinal

5.2. Malva

5.2.1. Para as flores: presença de flabonoides, antocianidinas e leucoantocianidinas

5.2.2. Para as folhas: flavonoiedes sulfatados

5.2.3. Preparação das flores e folhas como infusão

5.3. Linhaça

5.3.1. Efeito aterosclerose associado à hiperlipidemia e a propriedade nutricional

5.3.2. As sementes de linho contém óleos fixos, ácido linolênico e proteinas

6. Interações Medicamentosas

6.1. Interação com fármacos do SNC, redução na absorção de alguns fármacos: lítio, amitriptilina, doxepina, imipramina e carbamazepina.

6.2. Redução da concentração plasmática de fármacos como glibenclamida e metformina, quando coadministrados