Tendências na Educação no campo da Didática Geral

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Tendências na Educação no campo da Didática Geral por Mind Map: Tendências na Educação no campo da Didática Geral

1. Escola Tradicional

1.1. Com grande força até a primeira metade do século passado.

1.1.1. Professor

1.1.1.1. É o transmissor dos conteúdos aos alunos. O professor.

1.1.2. Aluno

1.1.2.1. Um ser “passivo” que deve assimilar os conteúdos transmitidos pelo professor

1.1.3. Objetos Educacionais

1.1.3.1. Obedecem às sequências lógicas dos conteúdos. Não são muito explicitados. Baseados em documentos legais.

1.1.4. Conteúdo Programático

1.1.4.1. Selecionados a partir da cultura universal acumulada. Organizados em disciplinas. Quantidade de conhecimentos

1.1.5. Metodologia

1.1.5.1. Aulas centradas no professor (expositivas). Exercícios de fixação (leituracópia

2. Escola Nova

2.1. Embora tendo suas bases lançadas na década de 1930 por um expressivo grupo de educadores tidos como progressistas para a época, continuou influenciando a educação do País nas décadas seguintes.

2.1.1. Professor

2.1.1.1. Facilitador

2.1.2. Aluno

2.1.2.1. Ser ativo centro do processo

2.1.3. Objetivos educacionais

2.1.3.1. Obedecem ao desenvolvimento psicológico do aluno. Autorrealização.

2.1.4. Escola

2.1.4.1. Escola proclamada para todos. Democracia

2.1.5. Organização da Escola

2.1.5.1. Funções se confundem (autoridade disfarçada). Afrouxamento das normas disciplinares.

3. Escola Crítica

3.1. Desdobrada em diversas vertentes, ganha força a partir dos anos 1980, a partir, por exemplo, do processo de redemocratização brasileira e da defesa feita por um grande número de educadores em relação ao compromisso político e pedagógico da educação e da Didática com a transformação social.

3.1.1. Professor

3.1.1.1. A autoridade competente. O educador

3.1.2. Aluno

3.1.2.1. Uma pessoa concreta, objetiva, que determina e é determinada pelo social/político/econômico/individuald

3.1.3. Escola

3.1.3.1. É muito importante e deve ser de boa qualidade para todas as camadas da população.

3.1.4. Conteúdo Programatico

3.1.4.1. Selecionados a partir das culturas dominantes (ciências, filosofia, arte, política, história) Aprovação para superação.

4. Escola Tecnicista

4.1. Teve grande força no cenário nacional no final da década de 1960 e principalmente na década seguinte, enfatizando, como o próprio nome diz: a técnica em detrimento dos indivíduos.

4.1.1. Professor

4.1.1.1. É o técnico que seleciona, organiza e aplica um conjunto de meios que garantem a eficiência e eficácia do ensino.

4.1.2. Aluno

4.1.2.1. Um elemento para quem o material é preparado.

4.1.3. Escola

4.1.3.1. Sociedade sem escola: teleducação, educação a distância. Ensino não formal.

4.1.4. Avaliação

4.1.4.1. Dos objetivos propostos com ênfase na produtividade do aluno sob a forma de um sistema de avaliação.

5. Componentes Curriculares

5.1. Professor, Alunos, Objetivos Educacionais, Conteúdos programáticos, Metodologia, Avaliação, Alunos Educados, Escolas e Organização da Escola.