PROSPECTIVA

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
PROSPECTIVA por Mind Map: PROSPECTIVA

1. PLANEJAMENTO

2. ESTRÁTEGIA

3. 5 IDEIAS CHAVES

3.1. 1. O mundo muda, mas os problemas mantêm-se

3.2. 2. O futuro, fruto do acaso, da necessidade e da vontade

3.3. 3. Contra a complicação do complexo

3.4. 4. Colocar as boas questões e desconfiar das ideias feitas

3.5. 5. Da antecipação à acção por via da apropriação

4. CAIXA DE FERRAMENTAS

4.1. INICIAR O PROCESSO

4.2. ESTABELECER O DIAGNÓSTICO

4.2.1. 1. A árvore de competências

4.2.2. 2. Os métodos e os instrumentos da análise estratégica

4.2.3. 3. O diagnóstico estratégico

4.3. IDENTIFICAR AS VARIÁVEIS-CHAVE

4.3.1. 1. As etapas da análise estrutural

4.3.2. 2. As diferentes variáveis e a sua interpretação

4.3.3. 3. A colocação em evidência das variáveis escondidas

4.3.4. 4. Utilidade e limites

4.4. ANALISAR O JOGO DE ACTORES

4.5. VARRER O CAMPO DOS POSSÍVEIS E REDUZIR A INCERTEZA

4.5.1. 1. A análise morfológica

4.5.2. 2. O inquérito DELPHI

4.5.3. 3. O Ábaco de Régnier

4.5.4. 4. Um método de impactos cruzados probabilísticos

4.6. AVALIAR AS OPÇÕES ESTRATÉGICAS

4.6.1. 1. As árvores de pertinência

4.6.2. 2. Multipol

5. PROSPECTIVAS TERRITORIAIS

5.1. A criação da DATAR

5.2. Um sistema de estudo sobre o futuro: o SESAME

5.3. TIPOLOGIA

5.3.1. 1. Os estudos prospectivos

5.3.2. 2. O apoio à decisão

5.3.3. 3. A mobilização

5.3.4. 4. A condução da mudança

5.4. ALGUMAS ARMADILHAS A EVITAR

5.4.1. 1. O risco da demagogia participativa

5.4.2. 2. Não confundir governabilidade com governança

5.4.3. 3. Demasiados cenários e menos projectos endógenos

6. CENÁRIOS

6.1. A PROSPECTIVA DO TRANSPORTE AÉREO NO HORIZONTE DE 2050

6.2. DOIS CENÁRIOS PARA A AGRICULTURA

6.2.1. Cenário 1: E se o libéralismo cego fizesse morrer o campo

6.2.2. Cenário 2: E se a França das hortas produzisse operários da Natureza

6.3. A ANAH 2010, UMA PROSPECTIVA CONSEGUIDA