Gerenciamento de Liberação

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Gerenciamento de Liberação por Mind Map: Gerenciamento de Liberação

1. Objetivos

1.1. Definir e acordar os planos de liberação e implantação com os clientes e interessados (stakeholders)‏

1.2. Garantir que cada pacote de liberação seja composto de um conjunto de ativos relacionados e componentes de serviço compatíveis entre si

1.3. Garantir a integridade do pacote de liberação durante todas as atividades e seu registro no SGC (Sistema de Gerenciamento da Configuração)‏

1.4. Garantir que todos os pacotes de liberação e implantação possam ser rastreados, instalados, testados, verificados e/ou desinstalados e removidos caso necessário

1.5. Garantir que haja transferência de conhecimento para que usuários e clientes possam otimizar o uso do serviço e tirar o máximo resultado dos serviços

1.6. Garantir que habilidades e conhecimentos sejam transferidos para as equipes de operações e suporte para que possam entregar, suportar e manter o serviço de acordo com as Garantias e Nível de Serviço exigidos

2. Escopo

2.1. Processos, sistemas e funções para empacotar, construir, testar e implementar uma liberação no ambiente produtivo

2.2. Todos os itens de configuração necessários para implementar uma liberação

2.2.1. Ativos físicos (servidor, rede)

2.2.2. Ativos virtuais (servidor virtual, storage virtual)

2.2.3. Aplicativos e software

2.2.4. Treinamento para usuários e equipe de TI

2.2.5. Serviços, incluindo todos os contratos e acordos relacionados

3. Atividades

3.1. Planejamento da liberação e implantação

3.2. Construção e teste de liberação

3.3. Implantação

3.4. Revisão e encerramento

4. Conceitos Básicos

4.1. Liberação (Release)

4.1.1. Uma ou mais mudanças em um serviço de TI que são construídas, testadas e implementadas ao mesmo tempo

4.2. Unidade de Liberação (Release unit)

4.2.1. Componentes de um serviço de TI que são normalmente liberados juntos.

4.3. Pacote de Liberação (Release package)

4.3.1. Um conjunto de itens de configuração que será construído, testado e implantado ao mesmo tempo, como uma única liberação.

4.4. Implantação (Deploy)

4.4.1. Atividade responsável pela movimentação das mudanças de novos hardwares, softwares, documentação, processo, etc. no ambiente de produção.

4.5. Política de Liberação (Release policy)

4.5.1. Conjunto de decisões que direcionam a forma como o processo de gerenciamento de liberação e implantação deve ser seguido.

4.6. Opções de Implantação

4.6.1. Big Bang x Abordagem Faseada

4.6.1.1. Big Bang

4.6.1.1.1. Implantação da liberação para todas as áreas de destino ao mesmo tempo

4.6.1.2. Abordagem Faseada

4.6.1.2.1. A liberação é implantada em diferentes destinos e em diferentes momento

4.6.2. Empurrar x Puxar (ou Push x Pull)

4.6.2.1. Empurrar (Push)

4.6.2.1.1. A liberação é implantada a partir de um ponto central

4.6.2.1.2. Usuários normalmente não tem escolha sobre quando vão receber a atualização

4.6.2.2. Puxar (Pull)

4.6.2.2.1. Usuário tem a possibilidade de ter uma nova liberação clicando em um link e instalando o software quando achar conveniente

4.6.2.3. Automático X Manual

5. Propósito

5.1. Planejar, agendar e controlar a construção, teste e implantação de liberações, e entregar novas funcionalidades requeridas pelo negócio.