Óptica Geométrica

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Óptica Geométrica por Mind Map: Óptica Geométrica

1. Feixes de luz

1.1. É um conjunto de raios de luz que constitui um feixe de luz.

1.1.1. Este pode ser convergente, divergente ou paralelo.

2. Raios de Luz

2.1. Tipos

2.1.1. Convergente: Os raios de luz chegam em um mesmo ponto.

2.1.2. Divergente: Os raios de luz saem de um mesmo ponto.

2.1.3. Paralelo: Os raios de luz nunca se encontram.

2.2. São linhas orientadas que representam, graficamente, a direção e o sentido de propagação.

3. Fontes de Luz

3.1. Os corpos luminosos e iluminados constituem as chamadas fontes de luz.

3.1.1. Corpos Luminosos são os corpos que emitem a luz que produzem, como o Sol, as estrelas, chama de uma vela, lâmpadas elétricas, etc.

3.1.1.1. Fontes primárias:

3.1.2. Corpos Iluminados são corpos que reenviam a luz que recebem de outros corpos, como a Lua.

3.1.2.1. Fontes secundárias:

4. Meios Ópticos

4.1. Transparente: permite a passagem de luz e o objeto visto através dele é nítido .

4.2. Translúcido: permite a passagem de luz, porém o objeto visto através dele fica embaçado.

4.3. Opaco: não permite a passagem de luz.

5. Fenômenos Ópticos

5.1. Reflexão Regular

5.1.1. Os raios de luz incidem uniformemente em uma superfície refletora e retornam ao meio de origem de modo uniforme.

5.2. Reflexão Difusa

5.2.1. Os raios de luz incidem uniformemente em uma superfície refletora e retornam ao meio de origem de modo aleatório (não é possível prever o comportamento).

5.3. Refração

5.3.1. Os raios de luz mudam de velocidade quando saem de um meio de propagação e vão para outro meio.

5.4. Absorção

5.4.1. Os raios de luz incidem em uma superfície e são absorvidos pela própria superfície.

6. Princípios da Óptica Geométrica

6.1. Princípio da Propagação Retilínea da Luz

6.1.1. A luz se propaga em linha reta se ela estiver em um meio transparente e homogêneo.

6.2. Princípio da Independência dos Raios de Luz

6.2.1. A trajetória de um raio de luz não se altera, quando este encontra-se com outro raio de luz.

6.3. Princípio da Reversibilidade dos Raios de Luz

6.3.1. A trajetória do raio de luz ao sair da fonte e chegar até os olhos do observador não sofrerá mudança se invertermos a posição da fonte com a posição do observador.