A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS ENTRE A JUSTIÇA RESTAURATIVA E A ABOLIÇÃO PENAL

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS ENTRE A JUSTIÇA RESTAURATIVA E A ABOLIÇÃO PENAL por Mind Map: A MEDIAÇÃO DE CONFLITOS ENTRE A JUSTIÇA RESTAURATIVA E A ABOLIÇÃO PENAL

1. POLÍTICA DE ABOLIÇÃO

1.1. A ABOLIÇÃO DAS PRISÕES

1.2. CUIDADO COM AS CONHECIDAS PENAS ALTERNATIVIAS

1.3. DEFENDIA REFORMAS A CURTO E LONGO PRAZO.

2. MEDIAÇÃO DE CONFLITOS

2.1. ESSÊNCIA ESTÁ NO DIÁLOGO

2.2. PRINCÍPIOS ÉTICOS DO MEDIADOR

2.3. MEDIADOR É IMPARCIAL

2.4. PODE SER UTILIZADA EM QUALQUER SITUAÇÃO

2.5. MEDIÇÃO - TRANSFORMATIVA

2.6. MEDIAÇÃO BASEADA NO ACORDO - HARVARD

3. CRIMINOLOGIA CRÍTICA

3.1. É UMA GUERRA CONTRA OS POBRES

3.2. SE VESTE COMO "DEFESA SOCIAL"

3.3. CRIA MAIS VIOLÊNCIA DO QUE PREVINE

3.4. ESTIGMATIZA, ROTULA

3.5. SEQUESTRA O CONFLITO DOS ENVOLVIDOS

3.6. RACISTA, SELETIVO

4. JUSTIÇA RESTAURATIVA

4.1. PROPÕE DEVOLVER À VÍTIMA O PROTAGONISMO DE SEUS COFLITOS

4.2. OFENSOR - VÍTIMA - COMUNIDADE

4.3. RESOLVE OS CONFLITOS DE FORMA NÃO PUNITIVA

4.4. BUSCA A REPONSABILIZAÇÃO

4.5. ENCONTRO

4.6. É MAIS QUE UMA TÉCNICA É UMA FILOSOFIA

4.7. VOLUNTARIEDADE - CONFIDENCIALIDADE

4.8. TEM QUE HAVER UM CONSENSO MÍNIMO SOBRE OS FATOS.

4.9. FALAR EM JUSTIÇA RESTAURATIVA É FALAR EM CURA E REPARO

4.10. NASCEU DA PRÁTICA

5. ABOLIÇÃO PENAL

5.1. LOUK HULSMAN

5.1.1. QUESTIONAVA VEEMENTEMENTE A NOÇÃO DE CRIME QUANTO DE AUTOR

5.1.2. SITUAÇÕES PROBLEMAS - MUDANÇA NA LINGUAGEM PENAL

5.1.3. DEFENDIA QUE O CRIME É UMA CRIAÇÃO SOCIAL

5.1.4. VISAVA DIMINUIR O MÁXIMO DA APLICAÇÃO DO SISTEMA PENAL

5.2. NILS CHRISTIE

5.2.1. CONFLITO COMO PROPRIEDADE

5.2.2. COMPREENDE O CONFLITO COMO ALGO VALIOSO

5.2.3. O FOCO DEVE SER NA VÍTIMA E NÃO NO OFENSOR

5.2.4. DEFENDE UMA ESPÉCIE DE "TRIBUNAIS COMUNITÁRIOS" - VALORES COMUNITÁRIOS.