As TIC como possibilidade de enriquecimento da prática docente

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
As TIC como possibilidade de enriquecimento da prática docente por Mind Map: As TIC como possibilidade de  enriquecimento da  prática docente

1. Obstáculos à utilização das TIC

1.1. Osbtáculos didáticos

1.1.1. Relativos as dificuldades do professor quanto a utilização das TIC

1.1.1.1. Construção do conhecimento mal formulada surge, ou se reflete, na prática, em sala de aula

1.1.1.2. O conhecimento não vinculado na formação abre brechas para a opinião, ao senso comum

1.1.1.3. O indivíduo precisa conhecer para poder questionar, o não conhecer faz com que a resposta surja antes da pergunta

1.1.1.4. Frouxidão da estratégia didática leva a dispersão da turma para outras atividades

1.2. Obstáculos epstemológicos

1.2.1. Pertencem a própria natureza do conhecimento em TIC

1.2.1.1. De caráter insistente e, por vezes, generalizado relacionado certas resistências ao conhecimento científico

1.2.1.2. Impede a ruptura epistemológica

1.3. Obstáculos Estruturais

1.3.1. Demonstram a fragilidade e o descompasso das políticas públicas

1.3.1.1. Segundo a pesquisa mostrasse de forma inexorável

1.3.1.2. Uma realidade presente em todas as etapas de ensino, sendo mais graves no ensino médio

2. A pesquisas - Conhecimento de TIC

2.1. Professores do Ensino Médio

2.1.1. 31% indicam ter frequentado cursos de formação que não ofereciam disciplinas que envolviam o conhecimento em TIC

2.1.2. 26,2% indicam ter tido o desenvolvimento do conhecimento da TIC no Ensino em sua formação inicial

2.1.3. 19% o seu uso no desenvolvimento de práticas educacionais

2.2. Professores das Licenciaturas

2.2.1. 28% deles indicam terem frequentado disciplinas em que ocorreu o uso de softwares para o desenvolvimento de práticas educacionais.

2.2.2. 91,4% afirmam ter sido de forma autodidata

2.2.3. 60% responderam terem sido apoiados por colegas de trabalho

2.2.4. 8,6% frequentaram cursos de formação continuada em suas Instituições

2.3. Formadores que fazem uso das TIC no desenvolvimento curricular

2.3.1. 14,7% da amostra nunca fazem uso das TIC em sala de aula,

2.3.2. 41,2% utilizam-na algumas vezes

2.3.3. 23,5% afirmam fazer seu uso diariamente

2.3.4. Dos 36 formadores, 47,2% responderam não haver tido esse conhecimento veiculado na formação inicial

2.3.5. 19,4% nunca fizeram uso das TIC como um recurso de mediação no ensino-aprendizagem

2.3.6. 27,8% dizem fazer uso raramente

3. O professor

3.1. Ausência de uma formação especifica em TIC

3.2. Insegurança quanto ao uso das novas tecnologias

3.3. Concepções equivocadas em relação as TIC

3.4. Alguns oferecem forte resistência ao novo

4. Concepções dos professores

4.1. Quando não são verdadeiras podem obstruir a aquisição de novos conhecimentos

4.1.1. Para alguns professores do EM o uso de TIC é de uso específico, isto é, não pode ser usado no contexto do conteúdo que ministra ou ainda que seja um modismo

4.1.2. Dificuldade (na sua opinião) em romper com hábitos e costumes em sala de aula

4.2. Ocasionam barreiras à utilização das TIC

4.2.1. “E eu já vi grandes nomes da química fazendo sua aula virtual. Em se tratando da Universidade e do gabarito do professor, é ridículo.”

4.2.2. Também tenho medo deste acesso via ferramentas de internet, porque a análise em um acesso destes já vem pré-concebida, diferente de uma leitura em um livro.

4.2.3. As TIC são inseridas como um mimo ao aluno seja universitário ou do Ensino Médio

5. O que dizem as diretrizes sobre a utilização das TIC

5.1. Saberes e competências relativos as TIC devem ser garantidos na formação dos professores, tanto inicial quanto continuada

5.2. O professor deve ser capaz de fazer uso de recursos das TIC de forma a aumentar as possibilidades de aprendizagem dos alunos

6. Formação dos professores

6.1. Não contempla aspectos relacionados à utilização das TIC

6.2. Espelhada em seus formadores, no que acredita ser ideal ou conveniente

6.3. Às vezes fomenta a construção obstáculos didáticos de origem cultural, que serão repetidos não só durante os anos de sua formação.

6.4. Os professores que sentem a necessidade de inovar o fazem de forma autodidata

7. Dificuldades na utilização das TIC pelos professores

7.1. Conexão com a internet

7.2. Infraestrutura física das escolas em termos de equipamentos

7.3. Ambientes em que esses equipamentos são usados ​​na prática do professor

7.4. Inexistência ou insuficiência de apoio institucional para o uso das TIC

8. Realidade do professor construida de forma diferente da do aluno

8.1. O professor ignora que os os jovens chegam às escolas com conhecimentos pré-estabelecidos sobre computadores, internet, celulares que lhe foram apresentados de uma forma atraente e duradoura pela onda de consumo tecnológico.

8.2. O aluno traz consigo o conhecimento em TIC, adquirido em seu dia a dia.

9. Computador não faz parte do contexto do professor

9.1. Os formadores aprenderam por suas experiências com o computador, sem nenhuma consideração sobre o viés do Ensino

9.2. 46,4% dos professores do Ensino Médio dos professores entrevistados acham que pode ser uma distração para os alunos

9.3. 30% afirmam que o computador tira o foco do conteúdo da disciplina

9.4. Os cursos oferecidos pelas escolas não dão conta de promover o conhecimento necessário sobre o uso do computador

9.5. 54,7% dos professores são inseguras em relação o seu uso em sala de aula

9.6. 17% dos professores revelem ter uma forte limitação quanto ao uso do computador e softwares

9.7. Há quem pense que em algumas disciplinas, o uso do computador se torna modismo e deixa o aluno ainda mais acomodado e o deixa ainda mais fora do foco de aprendizagem, sem valorizar a escrita, a leitura e a interpretação