Doença Inflamatória Pélvica

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Doença Inflamatória Pélvica por Mind Map: Doença Inflamatória Pélvica

1. Infecção polimicrobiana do trato genital superior de origem uretral, cervical ou vaginal

2. Maior ocorrência em mulheres sexualmente ativas com idade entre 15 a 24 anos

3. Os patógenos são sexualmente transmissíveis (ex. gonococo, micoplasmas, clamídia, tricomonas ou vírus) ou endógenos

4. Aspecto clínico: dor no baixo ventre ou na região lombossacral, sintomas genitourinários, dispareunia, disúria, corrimento, dor no hipocôndrio direito, febre, vômitos e/ou náuseas

5. Critérios para diagnóstico:

5.1. Dor a palpação do abdome, hipogástrio

5.2. Dor à mobilização do colo uterino

5.3. Espessamento e/ou dor à mobilização e palpação anexial

6. Tratamento

6.1. Cefotetano 2g IV de 12 em 12h

6.2. Cefoxitina 2g IV de 6 em 6h + doxiciclina 100mg VO ou IV de 12 em 12h

6.3. Ceftriaxona 1g/dia IM + doxiciclina 100mg VO ou IV de 12 em 12h

7. Pode progredir para pelviperitonite, ooforite, salpingite, endometrite, abscesso tubo-ovariano ou síndrome de Fitz-Hugh-Curtis