Disbiose Intestinal

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Disbiose Intestinal por Mind Map: Disbiose Intestinal

1. Alergias alimentares

1.1. Induzida por imunidade mediada por célula ou doença do complexo imune;

1.2. A reação ocorre depois da ingestão, inalação ou contato com um alimento em particular.

2. Permeabilidade Intestinal

2.1. Quando a integridade intestinal está comprometida, pode haver alteração na permeabilidade intestinal permitindo a entrada de micro-organismos patogênicos e agressores, e estes microrganismos produzem toxinas que podem levar a processos inflamatórios.

2.2. A barreira de permeabilidade intestinal constitui uma importante adaptação do trato digestivo ao meio ambiente extra-uterino.

3. Microbiota Intestinal

3.1. O desenquilíbrio dessa flora microbiana pode gerar alergias e intolerâncias alimentares.

3.1.1. No estômago = poucas bactérias devido à acidez excessiva.

3.1.2. No intestino delgado, a quantidade de bactérias aumenta.

3.1.3. Intestino grosso = maior parte das bactérias se fixa.

3.1.3.1. Colonização Bacteriana

3.2. O equilíbrio da microbiota intestinal é fundamental. Muitos microrganismos desenvolvem um importante papel na nutrição, fisiologia e controle do sistema imunológico.

3.2.1. Os probióticos exercem algumas funções essenciais para a manutenção da saúde:

3.2.1.1. Função Nutricional

3.2.1.2. Função Digestória

3.2.1.3. ajudam a regular o trânsito intestinal e a absorção de nutrientes

3.2.1.4. auxiliam na diminuição dos níveis de colesterol plasmáticos

3.2.1.5. Função Metabólica

3.2.1.6. Função Imunomoduladora

3.2.1.7. O uso de probióticos leva melhora da permeabilidade intestinal.

3.3. Crianças alimentadas exclusivamente com leite materno apresentam melhor colonização intestinal.

4. Maior fragilidade da mucosa intestinal

4.1. Propicia o surgimento (ou piora) de:

4.1.1. Intolerâncias alimentares

4.1.1.1. Reação alimentar adversa, causada por reações tóxicas, farmacológicas ou metabólicas ao alimento ou substânia química do alimento.

4.1.2. Diarréias

4.1.3. E casos graves, câncer de colón

4.1.4. Alergias alimentares

5. Causadas por:

5.1. - Consumo excessivo de alimentos processados e ultraprocessados

5.2. - Baixo consumo de fibras

5.3. - Uso recorrente e excessivo de antibióticos principalmente na infância

5.4. - Introdução precoce de alimentos no primeiro ano de vida.

5.5. - Dietas ricas em gorduras e carboidratos, principalmente gorduras trans e saturadas e carboidratos simples e refinados.