Dualidade estrutural da Educação Brasileira

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Dualidade estrutural da Educação Brasileira por Mind Map: Dualidade estrutural da Educação Brasileira

1. Igreja, Militar, Maçonaria, Positivismo

2. Rico – pobre Trabalho – mundo do trabalho Geral (interdisciplinar) – técnica (disciplinar) Teoria – pratica

3. Acesso – universalidade Capital – Trabalho Formação humana – tecnicismo Formação geral – formação técnica Humano – máquina

3.1. Transformar – reproduzir

3.2. Cultivar o conhecimento – treinar o conhecimento

3.3. Participação – exclusão

3.4. Igualdade – desigualdade

3.5. Mérito (seleção) – universalidade

4. Dicotomias:

5. Decreto 869/69 que introduziu a Educação Moral e Civica = afim de disclinar estudaentes.

6. Decreto 477 permitia desligar alunos e demitir professores (envolvidos com atividades ligadas a greve).

7. Vestibular! Ensino básico profissional e institucionalizou, pós graduação, mestrado, doutorado. Licenciatura Curta, tempo integral, grêmios estudantis, diretório.

8. Alunos classe média. Lei – matricula por disciplina, cursos com condições de parcelamento, regime de credito.

9. Veio para acabar com os movimentos estudantis que nesta época, incomodava pelo fato das atividades políticas.

10. Reforma Universitária: Lei 5.540/68

11. Controle ideológico e na elitização ensino superior.

12. Relação na educação jovens e adultos o que se efetiva a criação do Mobral(70% da população analfabeta).

13. Os acordos mec/usaid e Educação Brasileira. O mec assinou convênios com a Agency for internacional development (AID) agência americana que dava assistência técnica e cooperação financeira à organização do sistema educacional brasileira. De 1964 a 1968 foram firmados 12 acordos! Unificar escola e mercado de trabalho.

14. Intelectual educação para a formação da Elite: Colégios e Seminários Laboral – formação para o trabalho população pobre, Contexto das atividades laborais. Os acordos mec/usaid e Educação Brasileira.