Escherichia coli (E.coli)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Escherichia coli (E.coli) por Mind Map: Escherichia coli (E.coli)

1. O QUE É? Microorganismo comensal, ou seja, beneficia-se de seu hospedeiro sem prejudicá-lo. Pode ser encontrada no intestino de mamíferos e aves. Também, frequentemente, encontrado em diarreias de seres humanos e animais.

2. CARACTERÍSTICAS GERAIS: Formato de bastonete (bacilo); Gram-negativas; não formam esporos; algumas possuem flagelos; algumas possuem cápsula.

3. LINHAGEM PATOGÊNICA: E. coli enteropatogênica clássica – EPEC E. coli enteroinvasora – EIEC E. coli enterotoxigênica – ETEC E. coli enterohemorrágica – EHEC

4. EPEC: Causadora de surtos de diarréia neonatal, muitos adultos possuem, mas não expressam sintomas. Doença dura de 6 horas a 3 dias. Mecanismo de patogenicidade A bactéria destrói as microvilosidades e adere à membrana das células intestinais, induzindo profundas alterações.

5. EIEC:Sintomas: calafrio, febre, dores abdominais e disenteria (com sangue e muco). Os sintomas duram vários dias. Mecanismo de patogenicidade Invasão de células do epitélio intestinal, multiplicação e invasão de células adjacentes. Provoca ulcerações do cólon, resultando em diarréia com sangue e muco

6. ETEC: Geralmente associada à “diarréia do viajante”. Capaz de produzir toxinas. Sintomas: diarréia aquosa, desidratação, possivelmente choque e vômitos. Mecanismo de patogenicidade Produção de toxinas que agem no intestino delgado induzindo a libertação de fluido. Não ocorre invasão nem dano à camada epitelial do intestino.

7. EHEC: Produção da toxina Shiga (Stx). Sintomas: severas dores abdominais e diarréia aguda seguida de diarréia sanguinolenta. Duração da doença varia de 2 a 9 dias. Pode evoluir para Síndrome Urêmica Hemolítica (HUS) e Colite hemorrágica.

8. DOENÇAS DE ORIGEM ALIMENTAR: Causador de diarréia infantil, cerca de 400 casos de gastrenterites devido à contaminação em queijos nos EUA, Colite hemorrágica, Síndrome urêmica hemolítica.

9. EPIDEMOLOGIA: Os surtos, normalmente são relacionados com a ingestão de água e/ou alimentos contaminados. As regiões endêmicas apresentam precárias condições de saneamento. Surtos de colite hemorrágica nos EUA, Canadá e Japão foram associados ao consumo de hambúrgueres, já que o gado é o reservatório natural de EHEC

10. PREVENÇÃO:Cozinhar completamente carnes, principalmente carne moída, hambúrgueres e almôndegas. Na cozinha, manter a carne crua separada de outros alimentos. Lavar bem as mãos, pia e utensílios depois do contato com carne crua. Evitar ingestão de leite não-pasteurizado. Ingerir apenas água tratada.