Imunologia (Nome: Ana Luísa, Ana Paula, Esther Vitória e Geysse

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Imunologia (Nome: Ana Luísa, Ana Paula, Esther Vitória e Geysse por Mind Map: Imunologia (Nome: Ana Luísa, Ana Paula, Esther Vitória  e Geysse

1. Receptores Toll-Like

2. Inflamação Crônica

2.1. 6 meses

2.1.1. Necrose tecidual

2.2. Células multinucleadas

2.3. Infiltrado de linfócitos

3. É a primeira linha de defesa contra qualquer antígeno que entre no nosso corpo. Já nasce com a imunidade inata e muitas vezes ela é eficiente.

4. Reconhecimento

4.1. 1. A célula ativa receptores de toll-like; 2. Depois que a célula percebe que é um vilão e precisa fagocitar urgentemente, ela emite pseudopodes (prolongamentos de membranas) pra tentar englobar a bactéria; 3. Com a bactéria dentro da célula, ela fica circundada por uma vesícula feita da própria membrana celular; 4. Logo depois do englobamento, os lisossomos se acoplam a vesícula e liberam enzimas digestivas bem em cima da bactéria; 5. Destruição completa da bactéria e alguns produtos dela são reaproveitados pra serem mostrados pra imunidade adaptativa, e outras partes dessa bacteria vão ser excretadas pela célula.

4.2. EX PAMPs: Lipopolissacarídeo (Lps); Manose; RNA dupla hélice.

5. Imunidade Inata (Inespecífica)

5.1. Barreiras (EX: pele, acidez estomacal, lisozima (lagrimas), suor;

5.2. Inflamação: Acontece quando as barreiras não funcionarem e o patógenos entram nos tecidos.

5.2.1. É uma resposta não especifica --> O que quer que esteja causando dano, seja uma bactéria, um vírus ou substancia lesiva a R.I. no local vai ser a mesma. (Mec. Efetor)

5.2.2. Sinais cardinais: Dor; Calor; Rubor, Tumor e Perda de função.

5.2.3. Estímulos: Pra ter um processo inflamatório ocorrendo a gente precisa necessariamente de um estímulo. A inflamação não ocorre sem motivo;

5.2.3.1. Pra gerar esse estímulo, podem ter varias causas: Infecção, trauma mecânico, isquemia, necrose, etc.

5.2.4. Componente da Inflamação aguda: alterações do calibre e fluxo, aumento de permeabilidade e migração de leucócitos.

5.2.5. Resposta Inflamatória Vascular

5.2.5.1. Vasoconstrição reflexa

5.2.5.2. Vasodilatação (histamina)

5.2.5.2.1. O2

5.2.5.2.2. Nutrientes

5.2.5.2.3. Diluição de toxinas

5.2.5.2.4. Fibrinogênio

5.2.6. Resposta celular

5.2.6.1. Invasão inicial: Neutrófilos

5.2.6.2. Monócitos: Macrófagos

5.2.6.2.1. M1 e M2 (desbridamento fisiológico).

6. Imunidade Adaptativa (Específica)

6.1. Coleta informações sobre o patógeno e consegue agir especificamente contra ele criando formas efetivas de eliminar o antígeno.

6.2. Linfócitos T e B

6.2.1. Celular e Hormonal

6.2.2. Possui marcadores de superfície(CD4+ ou CD8+, TCR, CD3+)

6.2.3. Diferença entre marcadores

6.2.3.1. Linfócito T

6.2.3.1.1. TCR

6.2.3.1.2. Apoptose

6.2.3.1.3. Ligação

6.2.3.1.4. Ativação

6.2.3.2. Linfócito B

6.2.3.2.1. BCR

7. Fagocitose

7.1. Alguns linfócitos fazem fagocitose, porem outros não o possuem como prioridade.

7.1.1. Ex.: neutrofilos, macrofagos, celulas dendriticas.