Pesquise e compartilhe projetos educacionais com metodologias ativas

Mapa e-atividade compor sobre Metodologias ativas

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Pesquise e compartilhe projetos educacionais com metodologias ativas por Mind Map: Pesquise e compartilhe projetos educacionais com metodologias ativas

1. Minha orientanda Priscilla Alves Lima me motivou a entrar neste universo das Metodologias Ativas. Primeiro na teoria. E agora, no curso, vivenciando práticas. Ela vai defender sua Dissertação de Mestrado em Linguística Aplicada (UNITAU) no final do mês. Ela realizou uma pesquisa-ação com alunos do 9º ano do Ensino Fundamental. A proposta envolveu um trabalho por meio de Projeto e de PBL. E usou duas plataformas digitais com eles: Google Sala de Aula e Toondoo. Os alunos dela se envolveram muito e produziram belíssimas charges.

2. Projetos inovadores em 32 países | Algumas trabalhos interessantes a conhecer que podem ser inspiradores para modificar o cotidiano de sala de aula. | Josué Mocelin

3. Narrativas digitais

4. Aula Invertida

5. PBL

6. Aprendizagem baseado em competências

7. Aprendizagem Baseada em Problemas

8. aprendizagem invertida

9. Jogos, narrativas digitais e maker

10. Aprendizagem Colaborativa e em Rede

11. O trabalho com a sala de aula invertida foi realizado na PUC-SP, no programa de pós-graduação, na linha de pesquisa Novas Tecnologias em Educação com atividades de disciplinas eletivas. Os mestrandos e doutorandos foram preparados para a “investigação de suas dissertações e teses fazendo investigação, aprendem a fazer fazendo (hands on, heads in). As atividades nas disciplinas eletivas foram desenvolvidas presencialmente, “articuladas com ações virtuais realizadas na plataforma Moodle e com a elaboração de narrativas digitais pelos alunos, produzidas com diferentes ferramentas e linguagens (multimodalidade) de representação do pensamento, de livre escolha.” As narrativas tinham distintas finalidades, entre elas: registro de produções e do processo de investigação sobre as experiências autênticas nos espaços visitados.

11.1. Comentário: Escolhi essa experiência para compartilhar, considerando-a inovadora se pensarmos no público a que se destinou e sua proposta. Trabalhos como esse numa pós-graduação, ao meu ver, não são comuns já que o meio acadêmico ainda mantém práticas muito tradicionais.

11.2. https://www.pucsp.br/sites/default/files/download/anais_forum_metodologias_ativas_2015.pdf

12. CONTRIBUIÇÕES DA SALA DE AULA INVERTIDA NO ENSINO E NA PESQUISA CIENTÍFICA

12.1. Sandra Lacerda

13. Exemplo de uso de Gamificação com alunos do fund 2 COMO você AVALIA seus ALUNOS? - PT2 | AmpliFlix 53

14. Compartilho o link para a escola digital, um banco de objetos educacionais separados por mídia, disciplinas e etapas. Recentemente participei de uma apresentação onde o professor utilizou o banco de objetos educacionais para construir hipertextos de botânica, um conteúdo que, em geral, é rejeitado pelos alunos. Utilizando a escola digital, meu colega não somente melhorou a aceitação dos conteúdos de botânica bem como criou interesse e participação. A possibilidade de interação através de simuladores também foi outro ponto de sucesso, intervir, mesmo que virtualmente em processos como fotossíntese e transporte de seiva, facilita a compreensão de processos que não são intuitivos.

15. TBL = Team-Based Learning e o ensino da MEDICINA

16. Saiba como o TCC Startup e o Ilab dão vida a projetos de estudantes | Sebrae

16.1. Patrícia Fernandes Bega Compartilho com vocês uma ideia muito bacana do Sebrae que é transformação dos Trabalhos de Curso em negócio! Acredito que seja uma iniciativa bem inovadora, e que estimula os acadêmicos a se aprofundarem suas pesquisas, por terão um estímulo a mais para apresentá-las para a comunidade, e o melhor de tudo, não fica parado na prateleira da biblioteca, é dado vida a pesquisa do acadêmico!

17. 6 casos de sucesso de Metodologias ativas ( Sandra Santos ) 6 Instituições de Ensino que Usam Metodologias Ativas de Aprendizagem

18. O que é Design Thinking | Design Thinking para Educadores