GERAÇÕES DOS COMPUTADORES

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
GERAÇÕES DOS COMPUTADORES por Mind Map: GERAÇÕES DOS COMPUTADORES

1. PRIMEIRA GERAÇÃO (1946-1954)

1.1. ENIAC

1.1.1. ESTRUTURA

1.1.1.1. O ENIAC ocupava uma área de 4500 metros quadrados, pesava 30 toneladas e consumia cerca de 140KW. Tal computador ainda não utilizada transistores, mas válvulas que, dependendo de seu nível de carga, representavam um número. Cada válvula precisava estar devidamente aquecida para funcionar corretamente, então o processo de ligar o ENIAC era trabalhoso e levava bastante tempo. Ele trabalhava com o sistema de numeração decimal, o que parecia óbvio naquela época, mas que depois dos transistores, se tornaram complexo demais e foi adotado o sistema binário.

1.1.2. PROGRAMAÇÃO

1.1.2.1. A programação era feita manualmente através da manipulação de chaves, ou seja, não havia linguagem de programação, nem compiladores ou interpretadores de comandos. O Sistema Operacional só surgiu bem depois e tomou o emprego de muitos funcionários chamados na época de operadores de computadores.

1.1.3. UTILIDADES

1.1.3.1. O projeto iniciou em 1943 financiado pelo governo americano. O período era da Segunda Guerra Mundial e o objetivo era poder calcular de forma mais ágil as melhores trajetórias para transporte de armas e mantimentos em meio aos exércitos inimigos.

1.2. Arquitetura de von Neuman

1.2.1. Em 1952, o professor John von Neumann sugeriu que o computador fosse organizado em componentes, cada um executando apenas uma única tarefa e de forma muito mais organizada. Ele propôs que o computador fosse composto por (ver Figura 1.6, “Estrutura da Máquina de von Neumann”): Memória Principal: responsável por armazenar os programas a serem executados, assim como os dados a serem processados Unidade Lógica e Aritmética (ULA): para realização das operações lógicas e aritméticas Unidade de Controle: que, baseado nas instruções lidas da memória, enviaria sinais de controle para a ULA para que a mesma executasse as operações devidas Unidade Central de Processamento (CPU): que agruparia a ULA e a Unidade de Controle Unidade de Entrada e Saída: responsável pela comunicação com os periféricos do computador (teclado, monitor, memória externa etc.)

2. SEGUNDA GERAÇÃO (1955-1964

2.1. A IBM

2.1.1. IBM 702

2.1.2. Só em 1957 é que surgiu uma segunda geração de computadores, com uma utilização de transistores. Isso faz com que os computadores sejam mais baratos, baratos, velozes e mais energicamente eficientes. Os primeiros sistemas dessa geração foram o IBM 7000 e o PDP-1, da DEC, empresa que não há mais.

2.2. DESENVOLVIMENTO

2.2.1. Na segunda geração o conceito de Unidade Central de Procedimento (CPU), memória, linguagem de programação e entrada e saída foram desenvolvidos. O tamanho dos computadores diminuiu consideravelmente. Outro desenvolvimento importante foi a mudança da linguagem de máquina para a linguagem assembly, também conhecida como linguagem simbólica. A linguagem assembly possibilita a utilização de mnemônicos para representar as instruções de máquina. Em seguida vieram as linguagens de alto nível, como, por exemplo, Fortran e Cobol. No mesmo período surgiu o armazenamento em disco, complementando os sistemas de fita magnética e possibilitando ao usuário acesso rápido aos dados desejados.

2.3. SURGIMENTO DOS TRANSISTORES

3. TERCEIRA GERAÇÃO (1964-1977)

3.1. IBM's System/360

3.1.1. ESTRUTURA

3.1.1.1. Ele possuía uma arquitetura plugável, na qual o cliente poderia substituir as peças que dessem defeitos. Além disso, um conjunto de periféricos eram vendidos conforme a necessidade do cliente.

3.1.2. UTILIDADES

3.1.2.1. Esta máquina era voltada para o setor comercial e científico.

3.2. EVENTOS IMPORTANTES

4. QUARTA GERAÇÃO (1977-1991)

4.1. Os computadores eram mais confiáveis, mais rápidos, menores e com maior capacidade de armazenamento. Esta geração é marcada pela venda de computadores pessoais.

5. QUINTA GERAÇÃO (1991 — DIAS ATUAIS)

5.1. Os computadores da quinta geração usam processadores com milhões de transistores. Nesta geração surgiram as arquiteturas de 64 bits, os processadores que utilizam tecnologias RISC e CISC, discos rígidos com capacidade superior a 600GB, pen-drives com mais de 1GB de memória e utilização de disco ótico com mais de 50GB de armazenamento.