Politicas de Saúde

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Politicas de Saúde por Mind Map: Politicas de Saúde

1. Chegada da família real

1.1. Controle sanitário do Rio de Janeiro, navios e portos

1.2. Existia somente 4 médicos exercendo a profissão, sendo assim Dom João VI fundou na Bahia o Colégio Médico

2. Republica Velha

2.1. Oswaldo Cruz ( diretor-geral da Saúde Pública.)

2.1.1. Modelo CAMPANHISTA ( batalhões de mata mosquito).

2.1.2. Vacina obrigatória contra a varíola/ A Revolta da Vacina

2.2. Carlos Chagas ( sucessor de Oswaldo)

2.2.1. Inovou modelo campanhista do Oswaldo

2.2.2. Criaram-se órgãos especializado na luta contra, tuberculose,lepra e doenças venéreas

2.2.3. Expandiram a atividade de saneamento básico, criou-se a Escolade Enfermagem AnnaNery(1923).

2.3. Utilização de mão de obra dos imigrantes

2.3.1. Sem garantia trabalhista

2.3.2. Greve trabalhista

2.3.3. Através da Lei Eloi Chaves foram instituídas as Caixas de Aposentadoria e Pensão (CAP’s).

2.3.4. - CAPs foi substituída pelo IAPs (INSTITUTOS DE APOSENTADORIA E PENSÕES ) por categorias profissionais (bancários, ferroviários, marítimos, etc.)

3. Com a chegada dos italianos, teve o conhecimento dos direitos trabalhista

4. Ditadura Vargas

4.1. campanhas de saúde pública contra febre amarela e tuberculose.

4.2. Teve o golpe de Estado que instalou um regime militar, com aval dos EUA. 1964

4.3. As APIs podem ser aplicadas com a implementação do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), além das necessidades de aposentadoria e pensões, uma assistência médica.

4.4. Com isso aumentou o número de contribuintes, sendo impossível o processo de previdência médica atender a toda uma população.

4.4.1. Desta forma foi estabelecido os convênios, fortalecendo o sistema médico-industrial.

4.5. Os trabalhadores rurais conseguiram os benefícios na década de 70, com a criação do PRORURAL, financiado pelo FUNRURAL, e os EMPREGADOS DOMÉSTICO E OS AUTÔNOMOS

5. REGIME SAUDE PUBLICA MILITAR.1964

5.1. MEDICINA CURATIVA seria de competência do Ministério da Previdência.

5.2. MEDICINA PREVENTIVA responsabilidade do Ministerio da Saúde. (o governo disponibilizou pouco recurso, que foi incapaz de fazer as ações

6. A crise

6.1. O modelo econômico pela ditadura militar entra em crise (capitalismo enfraquecido, queda das exportações)

6.2. Baixo salário e desemprego; aumento da marginalidade, das favelas e mortalidade infantil.

6.3. -Criado a AIS (Ações Integradas de Saúde) projeto interinstitucional (Previdência - Saúde - Educação) incorpora o setor público, busca integrar ações curativas, preventivas e educativas ao mesmo tempo).

6.4. -Houve uma crise em 1929 que imobilizou o setor agrícola-exportador, assim como a crise do café.

6.5. Em 1939, a lei é uma lei do trabalho e 1943 é homologada pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

7. FIM REGIME MILITAR

7.1. Movimento Diretas já e eleição do Trancredo Neves

7.2. O sistema publico estava destinado a receber pouco investimento dos governos federal, estadual e municipal.

8. Reforma Sanitária Brasileira

8.1. em busca da melhoria das condições de vida da população.

8.2. Grupos de profissionais preocupados com a saúde pública desenvolvem teses e integram as discussões políticas.

8.3. marco institucional a 8ª Conferência Nacional de Saúde

9. Leis Orgânicasda Saúde

9.1. Saúde Direta de Todos os Deveres do Estado.

9.1.1. acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.