Corrimento Vaginal

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Corrimento Vaginal por Mind Map: Corrimento Vaginal

1. Corrimento vaginal é uma síndrome comum, que ocorre principalmente na idade reprodutiva podendo ser acompanhado de prurido, irritação local e/ou alteração de odor.

2. Etiologia

2.1. Vaginose bacteriana

2.2. Candidíase vulvovaginal

2.3. Tricomaníase

3. Anamnese: Levantamento de dados importantes para orientar as condutas dos enfermeiros frente as queixas ginecológicas, devendo este profissional perguntar sobre

3.1. * Fluxo Vaginal, sintomas associados. *Antecedentes clínicos/ginecológicos

3.2. *Diabetes *Gravidez interrompida ou confirmada

3.3. * Abortamento ou parto recente * Fatores de risco para infecção cervical

3.4. * Período de início dos sintomas

4. Exames para diagnósticos

4.1. PH vaginal (menor que 4,5)

4.2. Teste de whiff (teste de aminas ou ("do cheiro") para diagnostico de cheiro.

4.3. Exame a fresco

4.4. Bacterioscopia por coloração de gram

5. Tipos de corrimento

5.1. Candidíase: Corrimento branco

5.2. Tricomoníase: corrimento amarelado

5.3. Vaginose bacteriana: corrimento com cheiro, meio acinzentado.

6. Tratamento: Medicamentoso, via oral e tópica

7. Cuidados de enfermagem

7.1. * Manter uma higiene íntima diariamente utilizando sabonete neutro. * Orientar paciente fazer uso de roupa intima de algodão e/ou de dormir sem as mesmas a fim de promover melhor ventilação.

7.2. *Evitar o uso de roupas apertadas ou diminuir o tempo de uso. *Evitar Uso de absorventes Diários.

7.3. * Qual a freqüência do corrimento vaginal e volume do corrimento. * Se ocorreu após relação sexual ou após menstruação.