YOUTUBE E EDUCAÇÃO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
YOUTUBE E EDUCAÇÃO por Mind Map: YOUTUBE E EDUCAÇÃO

1. YouTube nasce oficialmente em 14 de fevereiro de 2005.

2. Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim registram o domínio youtube.com

3. O YouTube, 2006, era uma sensação e um dos sites de maior crescimento na rede.

4. O Google compra o YouTube, outubro de 2006 por 1,65 bilhão de dólares.

5. Equipe original mantida e o site opera até hoje quase de forma independente.

6. O YouTube, outubro de 2009, ultrapassa 1 bilhão de vídeos visualizados por dia.

7. Em 19 de junho, nasce o YouTube localizado em português brasileiro, junto com versões no Japão e em vários países da Europa.

8. O que é um Canal? designa o meio usado para transportar uma mensagem do emissor ao receptor.

9. Transmissor ou emissor - aquele que transmite oral ou não oral um conteúdo de ideias, palavras, expressões e valores que ele deseja que a outra pessoa entenda. • Mensagem - corresponde ao conteúdo de ideias, palavras, expressões e valores enviados pelo transmissor e que serão captados pela outra pessoa. • Receptor - aquele que recebe a mensagem, interpreta-a e devolve uma nova mensagem reformulada ao seu transmissor. Neste momento aquele que era o receptor torna-se um novo transmissor.

10. Visual - é todo meio de comunicação expresso com a utilização de componentes visuais, como: signos, imagens, desenhos, gráficos, ou seja, tudo que pode ser visto. O termo comunicação visual é bastante abrangente e não precisa ser limitado a uma única área de estudo. • Auditivo - é a forma sonora a mais predominante. O canal auditivo consegue perceber com maior nitidez e facilidade dados vinculados ao som: volume, tonalidade, vocabulário, ruídos, discursos, conversas, discussões. Uma pessoa auditiva presta muita atenção naquilo que está sendo dito. • Sinestésico - é a característica das pessoas muito extrovertidas, que se movimentam muito, que gesticulam com facilidade e que utilizam o corpo (linguagem não verbal) para se expressar.

11. Os autores, Veen e Vrakking (2009), afirmam que o YouTube é uma ferramenta importante para a transição da escola tradicional para a escola moderna, onde a fonte de conhecimento não se limita ao espaço físico abarcando um leque de possibilidades, que perpassam por todas as categorias, como: Culinária, Artesanato, Educação, Beleza e Moda, Esporte, Música, Filmes, Jogos, etc.

12. Canal YouTube Edu, abreviatura de educação, surgiu em 21 de novembro de 2013, de uma parceria entre o Google e o Instituto Lemann. O Brasil tornou-se o segundo país a receber o projeto de um canal exclusivo de conteúdo educativo no Youtube, sendo o primeiro Estados Unidos. No inicio foram selecionados 8.000 vídeos de professores brasileiros, já reconhecidos na plataforma e com canal próprio. O Youtube Edu foi dividido por disciplinas, como Biologia, Matemática, Língua Portuguesa, Física e Química, com foco no Ensino Médio.

13. Canal Descomplica - Também um dos melhores canais de estudos do Brasil. Canal pago para poder ter acesso a todos os materiais e recursos. Porém tem algumas aulas gratuitas e possui mais de 20 mil vídeos.

14. Canal Me Salva! - É uma plataforma de estudos paga, mas que também disponibiliza conteúdos gratuitos no YouTube. Você encontra conteúdos de diferentes matérias, níveis e objetivos conduzidos por estudantes.

15. Canal reVisão - A proposta é estudar os principais assuntos do Ensino Médio de maneira integrada. Projeto desenvolvido por professores, alunos e diretores de cinema que acreditam em uma abordagem transdisciplinar.

16. Canal Biologia Total com Prof. Jubilut - Provavelmente, não existe professor de Biologia mais famoso nas redes sociais que Paulo Jubilut! Em seu canal no YouTube, publica vídeos leves que facilitam a vida de vestibulandos, universitários e biólogos.

17. Canal Redação e Gramática Zica - A redação é uma das etapas mais temidas por participantes que prestam o Enem. Criado pela professora Pamella Brandão, que lhe dará condições para enfrentá-la com a maior tranquilidade!

18. Alguns dos canais que formam o YouTubeEdu • Ferretto Matemática • Física Fábris • Inglês com Séries • Química simples • Se Liga Nessa História, dentre outros.

19. Oroslinda Maria Taranto Goulart Diretora de Tratamento e Disseminação de Informações Educacionais - “...apontam a necessidade de adoção de políticas públicas e projetos escolares para o enfrentamento de questões como fome, drogas, violência, sexualidade, famílias, raça e etnia, acesso à cultura, saúde, que muitos consideram impeditivas para uma educação de qualidade. Destacam, ainda, o papel do Estado em relação aos direitos, às obrigações e às garantias aos cidadãos, que se concretizam com o estabelecimento de padrões mínimos de qualidade, incluindo a igualdade de condições para o acesso e permanência na escola.”

20. É possível educar através do YouTube?

21. E a qualidade da Educação? “A análise da Qualidade da Educação deve se dar em uma perspectiva polissêmica, uma vez que essa categoria traz implícitas múltiplas significações”. INEP, 2007.

22. "Que mídias a gente utilizava “ontem”? A gente usava rádio, tv, telefone, toca-discos, toca-fitas, jornal... Hoje, que mídias usa a molecada digital? Eles usam internet, game, celular, messenger, mp3, comunidades virtuais… Pergunto a vocês: qual é a diferença entre essas duas listas? Qual é a característica básica que diferencia esses dois ecossistemas? Velocidade…tecnologia digital... Que mais? Interatividade! Isso mesmo. Uma lista tem meios nos quais você só recebe informação. A outra lista você não só recebe, como também comenta e envia seu próprio conteúdo". Trecho do depoimento de Marcelo Tas Jornalista, autor e diretor de TV, trabalha na criação de novas linguagens nas várias mídias onde atua.

23. Os nossos valores têm como base quatro liberdades essenciais que definem quem somos: Liberdade de Expressão; Liberdade de Informação; Liberdade de Oportunidades; Liberdade de Pertença.

24. "A nossa Missão é dar a todos uma voz e mostrar-lhes o mundo". (YouTube)

25. Sim. É possível usar o YouTube em sala de aula! Claro que com discernimento e bom senso, utilizando de forma adequada a cada público, observando a idade e a sua série de ensino. Necessário se faz também, utilizar os recursos de forma pedagógica, porém com linguagem apropriada ao público escolhido.

26. Razões para utilizar o YouTube como instrumento de educação: 1- Oferecer conteúdos que sirvam como recursos didáticos para as discussões em aula; 2- Criar playlist para armazenar diversos conteúdos de determinado assunto; 3- Montar um acervo virtual de seus trabalhos em vídeo ao gravar suas próprias aulas; 4- Permitir que estudantes explorem assuntos de interesse com maior profundidade; 5- Ajudar estudantes com dificuldade; 6 - Elaborar uma apresentação de slides narrada para ser usada em sala; 7 - Incentivar os alunos a produzir e compartilhar conteúdo; 8 - Permitir que os alunos deixem suas dúvidas registradas, assim como também eles possam rever os conteúdos ou pegar matérias, caso faltem nas aulas.

27. Alessandra Juhasz - Faz duras críticas a plataforma YouTube como ferramenta de ensino e aprendizagem. Em 2008 ela fez uma experimentação de um curso ministrado através do YouTube.

28. Juhasz, afirma que 6 binários são desfeitos ao ministrar um curso no na plataforma de Vídeo: a) público/privado - qualquer um pode participar do curso, o que prejudica o espaço privado que caracteriza uma sala de aula; b) aural/visual - há um limite de 500 caracteres para os comentários que, por isso, não conseguem ser profundos; o material disponível no YouTube reflete a cultura do consumo, não da criação e da renovação; c) corpo/digital - a corporeidade da educação presencial é perdida em uma aula no YouTube; d) amador/expert - o amadorismo dos vídeos do YouTube torna difícil seu aproveitamento acadêmico; e) diversão/educação - o ensino superior está ligado ao complexo, não ao simples prazer e à diversão característicos dos vídeos do YouTube; f) controle/caos - o caos de informação e poder que caracterizam o YouTube não combina com o controle e a estrutura necessários para a Educação.