Geografia Agrária Brasileira

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Geografia Agrária Brasileira por Mind Map: Geografia Agrária Brasileira

1. 1930 - 1965: Geografia Clássica

1.1. Segue-se a linha filosófica positivista, estudos baseados através da observação direta, descrição, análise, comparação, indutivista e empírica

1.2. Dentro do campo as temáticas de análise davam-se pelo habitat, gêneros, modo de vida, tipos de povoamento, sistema agrícola, colonização e imigração

1.3. Principais autores: Caio Prado Junior, Pierra Monbeig, Pierre Deffontaines, Orlando Valverde, entre outros

2. 1970 - 1985: Geografia Teorética

2.1. Esta prezava pelo estudo com base em modelos estatísticos, utilizava-se da abordagem sistêmica para compreender a organização do espaço geográfico (sendo essa sua principal categoria de análise), seus padrões e arranjos espaciais

2.2. Filosoficamente era embasado pelo positivismo lógico e o neopositivismo

2.3. Os principais órgãos difusores desta geografia eram: o IBGE e o Núcleo de Rio Claro

2.4. Seus principais influenciadores foram: Antonio Christofoletti e Alexandre Filizola Diniz

3. 1980 - 1990: Geografia Crítica

3.1. Baseava-se no materialismo histórico e dialético

3.2. Contemplava na década de 90 os movimentos sociais na via campesina, bem como refletia sobre a estrutura fundiária e o campesinato

4. Geografia Plural

4.1. Utiliza-se de um método de análise eclético e plural, onde seu espaço de análise é o território, a região, a paisagem e o lugar.