NICOTINA/TABAGISMO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
NICOTINA/TABAGISMO por Mind Map: NICOTINA/TABAGISMO

1. área tegumental ventral; núcleo accumbens; tubérculo olfativo; amígdala; córtex frontal e límbico.

2. Libera ADH - diminui fluxo urinário e aumento da concentração plasmática de ácidos graxos livres.

3. Gravidez: maior risco de morbidade perinatal; crianças com TDAH, atraso escolar e tendência ao abuso de substâncias.

4. FARMACOCINÉTICA

4.1. 70 a 80% é metabolizada em cotinina;

4.2. 1/2 vida = 2h

4.3. Absorção: Trato Respiratório; Mucosas orais; Pele; Estômago (limitada); Intestino (eficiente); Mascada +lentamente comparando com a inalada.

4.4. Charuto e Cachimbo: forma não protonada >>> abs. mucosa bucal.

5. METABOLISMO DE AÇÃO

5.1. Liga-se a nAchR

5.1.1. Musculares

5.1.2. Ganglionares

5.1.3. SNC

5.2. Consumo Crônico

5.2.1. número de receptores (resposta adaptativa).

6. EFEITOS SNC e SNP

6.1. Reforçador +

6.1.1. Ativa sistema dopaminérgico meso-corticolímbico

6.1.1.1. "RECOMPENSA"

6.2. Efeitos cardiovasculares

6.2.1. vasoconstrição coronária; aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial; secreção de noradrenalina e adrenalina pela medula adrenal.

6.3. IMAO

7. MECANISMO DE ADIÇÃO

7.1. Procura e uso compulsivo

7.1.1. Ciente das consequências negativas.

8. Relaxamento; diminui o estresse; aumento do estado de vigília; melhora função cognitiva e humor; perda de peso.

9. Retirada

9.1. Efeito Reforçador -

9.1.1. Nervosismo; ansiedade; irritabilidade; função cognitiva e concentração prejudicadas; aumento do apetite; ganho de peso.

10. EFEITOS SISTÊMICOS

10.1. Trombose;

10.2. Ca de Pulmão

10.3. Reduz a fertilidade masculina

10.4. Doenças pulmonares (bronquite crônica, enfisema e exacerbação da asma).

10.5. Intolerância a glicose (diabetes);

10.6. Aumento dos níveis plasmáticos de ACTH e cortisol (modulação do humor e desenvolvimento de osteoporose).

11. ESTÁGIOS DE MUDANÇA

11.1. Pré-Contemplativo

11.2. Contemplativo

11.3. Preparação para ação

11.4. Ação

11.5. Manutenção

12. A intensidade, duração e tipo de intervenção devem se adequar ao estágio de mudança do paciente.

13. TRATAMENTO FARMACOLÓGICO

13.1. Terapia de Reposição de Nicotina - TRN

13.1.1. Chicletes

13.1.2. Adesivos

13.1.3. Spray Nasal

13.1.4. Inalador em aerossol

13.1.5. comprimidos sub-linguais

13.2. Não Nicotínicos

13.2.1. Bupropiona

13.2.2. Nortriptilina

13.2.3. Clonidina

13.2.4. Vareniclina

14. MELHOR TRATAMENTO PARA O PACIENTE

14.1. Método?

14.2. Efeitos colaterais prévios.

14.3. Grau de dependência

14.4. Prescrição individualizada

14.5. Aconselhar sempre a parar de fumar

14.6. TIPOS DE TRATAMENTO

14.6.1. Método Direto

14.6.1.1. uso de fármacos, psicoterapia, ou aconselhamento por um profissional de saúde.

14.6.2. Método Indireto

14.6.2.1. campanhas educacionais anti-fumo; elaboração de normas sociais como a proibição do fumo em restaurantes, teatros e cinemas; e a aplicação de altos impostos sobre o cigarro.

14.7. Retorno para ajuste da dose