COLCHA DE RETALHOS (1918)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
COLCHA DE RETALHOS (1918) por Mind Map: COLCHA DE RETALHOS (1918)

1. Elementos da Narrativa

1.1. Personagens:

1.1.1. Dona Joaquina: senhora bondosa e firme de 70 anos que vive num sitio junto de sua filha, genro e neta. Ela está costurando carinhosamente uma colcha usando os retalhos que sobram dos vestidos da neta e o ultimo retalho será do vestido de noiva.

1.1.2. Sinh'Ana: filha de D. Joaquina. Uma mulher acabadinha, com muitos problemas de saúde no estômago, no figado e por uma dor no peito; ela morre no decorrer do conto.

1.1.3. José Alvorada: Genro de D. Joaquina. É um homem rude, do campo e trabalhador. Ele dispensa a oferta de trabalho do visitante ao considerar que não tem mais forças e não vale mais pra nada; usando como argumento uma queda da ponte do Labrego, que o deixou 'quebrado por dentro.'

1.1.4. Pingo d'Água (Maria das Dores): Filha de José Alvorada e Sinh'Ana, e neta de D. Joaquina. É apresentada quando tem 14 anos como uma menina bastante tímida, acanhada, com o olhar baixo e que sequer cumprimenta o visitante. Porém no decorrer do trama é dito que aos 16 anos ela foge com um rapaz do sítio vizinho.

1.1.5. Visitante: é o narrador do conto

1.2. Foco narrativo:

1.2.1. O conto é narrado em 1° pessoa, sendo o visitante o narrador personagem

1.3. #Discurso:

1.3.1. Indireto livre: em alguns pontos o narrador interfere na fala das personagens e em outros são apenas as falas

1.4. Espaço/Cenário:

1.4.1. um sítio, muito distante da cidade

1.5. Tempo:

1.5.1. Embora o tempo cronológico esteja bem demarcado com temporalidade e causalidade; a maior marca da narrativa é o tempo psicológico, pois a história é narrada de acordo com o interior do personagem. Onde o tempo é feito de acordo com a sua percepção da realidade e entrelaça o passado e o presente, tendo alguns flashbacks como o de D. Joaquina ao recordar-se dos momentos em que sua neta usou cada um de seus vestidos.

1.6. Enredo:

1.6.1. os fatos seguem uma linearidade, onde no primeiro momento os personagens são apresentados. Após, há o desenvolvimento onde Pingo d'Água foge com um rapaz do sítio vizinho. O climax ocorre dois anos após o inicio do conto com o retorno do visitante ao sítio e o fim é a morte de D. Joaquina

1.7. Clímax:

1.7.1. Volta do visitante ao sítio de Alvorada, dois anos depois do inicio do conto. Sinh'Ana já havia falecido, Pingo d'Água fugido e José Alvorada tinha ido até a vila vender o sítio; ficando assim, D. Joaquina sozinha. Neste trecho D. Joaquina conta ao visitante a história por traz de cada pedacinho da colcha de retalhos inacabada e recorda-se de que ela seria o presente de enxoval da neta.

1.8. Desfecho:

1.8.1. Morte de D. Joaquina, que traz consigo um pensamento do narrador de como seu ultimo desejo (ter como mortalha a colcha de retalhos) não foi cumprido.

2. Temática do conto

2.1. Crítica à decadência da zona rural

2.1.1. Pode ser vista em trechos como quando o narrador justifica a timidez de Pingo d'Água e o atraso de de vida no qual se encontra José Alvorada.

3. Licões apresentadas no conto

3.1. juventude x velhice

3.1.1. juventude: mostra a euforia, as decisões precipitadas e impensadas. Representadas na personagem de Pingo d'Água

3.1.2. Velhice: é mostrada na D. Joaquina, sendo marcada com a serenidade, solidão e lembranças. Representa o idoso como uma pessoa que tem o papel de recordar as histórias da família, no conto a colcha de retalhos assume o papel dos fragmentos da memória de D. Joaquina.