Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
QUIMIOTERAPIA por Mind Map: QUIMIOTERAPIA

1. CLASSIFICAÇÃO E MECANISMOS DE AÇÃO DAS DROGAS ANTINEOPLÁSICAS

1.1. ANTIMETABÓLITOS - Inibe síntese de TPM

1.2. ANTAGONISTAS PURÍNICOS - Inibem síntese purínica

1.3. DACTOMINICINA E DERIVADOS - intercalação no DNA e inibição do RNA-POLIMERASE

1.4. HIDROXIURÉIA, PALA - inibe ribonucleosídeo redutase e inibe biossíntese pirimidiníca

1.5. AGENTES ALQUILLANTES - formam derivados com DNA

1.6. ENZIMAS - inibe síntese proteica

1.7. ALCALÓIDES VEGETAIS E TAXÓIS - inibe polimerização de microtúbulos

2. TIPOS DE QUIMIOTERAPIA

2.1. CURATIVA - É usada com o objetivo de se conseguir o controle completo do tumor

2.2. ADJUVANTE - Segue a cirurgia curativa, tendo o objetivo de esterilizar células residuais locais ou circulantes, diminuindo a incidência de metástases à distância

2.3. NEOADJUVANTE - Redução parcial do tumor, visando permitir a uma complementação terapêutica com a cirurgia e/ou radioterapia

2.4. PALIATIVA - Não tem finalidade curativa. Usada com a finalidade de melhorar a qualidade de sobrevida do paciente

3. FINALIDADES DA QUIMIOTERAPIA

3.1. Combater o câncer, já que esses medicamentos se misturam com o sangue e são levados a todas as partes do corpo, destruindo as células doentes que estão formando o tumor e impedindo, também, que se espalhem

4. TOXICIDADE DOS QUIMIOTERÁPICOS

4.1. Por não possuírem especificidade, os quimioterápicos não agridem seletiva ou exclusivamente as células tumorais. Essas drogas agridem também células normais que possuem carac- terísticas comuns às células tumorais, ou seja, rápida prolifera- ção,

4.2. Os principais efeitos colaterais da quimioterapia são a toxi- cidade hematológica, gastrintestinal, a cardiotoxicidade, hepa- totoxicidade, toxicidade pulmonar, neurotoxicidade, a disfunção reprodutiva, toxicidade vesical e renal, alterações metabólicas, toxidade dermatológica, reações alérgicas e anafilaxia

4.3. Tal fato explica os principais efeitos colaterais da quimioterapia: náuseas, perda de cabelo e susceptibilidade maior às infecções. logo, o uso clinico desses fármacos exige que os benefícios sejam confrontados com a toxicidade, na procura de um índice terapêutico favorável

5. PRINCIPAIS DROGAS UTILIZADAS NO TRATAMENTO DO CÂNCER

5.1. AGENTE ALQUILANTE: CISPLATINA, MOSTARDA NITROGENADA. BUSSULFAM, NITROSURÉIAS, CARBOPLATINA

5.2. ANTIBIÓTICO ANTITUMORAL: MITOMICINA

5.3. INIBIDORES MITÓTICOS: VINCRISTINA E VIMBLASTINA

5.4. ANTIMETABÓLITOS: FLUOROURACIL, HIDROXIURÉIA