Diabetes mellitus tipo 1

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Diabetes mellitus tipo 1 por Mind Map: Diabetes mellitus tipo 1

1. Insulinoterapia

1.1. Técnica de DNA recombinante

1.2. Via parenteral (SC)

1.3. EA

1.3.1. Hipoglicemia

2. Insulina de ação rápida/ultrarrápida

2.1. Regular, asparte, lispro, glulisina

2.2. Muito solúvel, ação rápida, duração curta

2.3. Mimetizam a liberação prandial de insulina - controla glicose pós prandial

2.4. Farmacocinética

2.4.1. Início da ação: 5-15min

2.4.2. Pico: 30min - 2h

2.4.3. Ação: 3-5h

3. Insulina de ação intermediária

3.1. NPH

3.1.1. Regular + zinco + protamina (isófano)

3.2. Farmacocinética

3.2.1. Início da ação: 2-4h

3.2.2. Pico: 4-10h

3.2.3. Duração: 10-18h

4. Insulina de ação prolongada

4.1. Glargina

4.1.1. Aumenta pKa, menos ácida e mais neutra que a insulina humana

4.1.2. Pouco solúvel, difícil de ser absorvida, período de ação prolongado

4.1.2.1. Início da ação: 2-4h

4.1.2.2. SEM PICO

4.1.2.3. Duração: 20-24h

4.1.3. Forma precipitado no local da injeção

4.2. Detemir

4.2.1. Tem AG que aumenta a associação com albumina

4.2.2. Usado pra controle basal

4.2.3. adm SC

4.2.4. Farmacocinética

4.2.4.1. Início: 1-3h

4.2.4.2. Pico: 6-8h

4.2.4.3. Duração: 18-22h

5. Associação

5.1. Intermediária + regular

5.1.1. Farmacocinética

5.1.1.1. Efeito máximo: 2-8h

5.1.1.2. Duração: 24h

5.2. Vantagens

5.2.1. Menos injeções diárias

5.3. Desvantagens

5.3.1. Mais difícil de ajustar com particularidades

6. Tratamento

6.1. Padrão: 2 injeções diárias

6.2. Intensivo: 3 ou mais injeções diárias

6.2.1. Hipoglicemia