ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO-ESTEROIDAIS (AINEs)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO-ESTEROIDAIS (AINEs) por Mind Map: ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO-ESTEROIDAIS (AINEs)

1. MECANISMOS DE AÇÃO

1.1. Inibição da enzima COX

1.1.1. Redução da síntese das prostaglandinas

1.1.2. Diminuição da intensidade do processo inflamatório

1.2. Antagonizam os receptores das prostaglandinas

1.3. Reduz a permeabilidade capilar

1.3.1. Diminuindo edema

1.3.2. Diminuindo vermelhidão

1.4. Inibição das PGE1

1.4.1. Redução do estado febril

2. VIAS DE ADMINISTRAÇÃO

2.1. Tópicas

2.2. Oral

2.3. Intradérmica

3. CLASSIFICAÇÃO

3.1. Inibidores Seletivos da COX-1

3.1.1. Aspirina (Baixas doses)

3.2. Inibidores Não Seletivos da COX-1

3.2.1. Aspirina (Altas doses)

3.2.2. Indometacina

3.2.3. Ibuprofeno

3.2.4. Piroxicam

3.2.5. Diclofenaco

3.2.6. Nabumetona

3.3. Inibidores Seletivos da COX-2

3.3.1. Meloxicam

3.3.2. Etodalaco

3.3.3. Nimesulida

3.3.4. Salicilato

3.4. Inibidores Altamente Seletivos da COX-2

3.4.1. Colecoxib

3.4.2. Refecoxib

3.4.3. Paracoxibe

3.4.4. Lumiracoxibe

4. INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS

4.1. Reumatismos

4.2. Artrite

4.2.1. Reumatóide

4.2.2. Psoriática

4.3. Osteoartrite

5. ANTIINFLAMATÓRIO

6. ANALGÉSICO

7. ANTIPIRÉTICO

8. DIFERENÇAS DE CADA VIA DE ADMINISTRAÇÃO

8.1. Tópica

8.1.1. Penetração nos tecidos

8.1.2. Dores musculares e articulares

8.1.3. Aumento da concentração local da droga nos tecidos

8.2. Oral

8.2.1. Efeito antinociceptivo

8.2.2. Locais periféricos

8.3. Intradérmica

8.3.1. Resposta antinocicepctiva

8.3.2. Mesoterapia