Como Montar um E-commerce

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Como Montar um E-commerce por Mind Map: Como Montar um E-commerce

1. 1.Planejamento e criação do projeto de e-commerce

1.1. Estude seu mercado

1.2. Saiba a diferença entre Oceadno Vermelho e Oceano Azul

1.3. Inclua os custos da sua loja virtual dentro do seu produto: impostos, mensalidades, custos de marketing

2. 2 – Escolha da plataforma de e-commerce

2.1. A plataforma de e-commerce ideal é aquela que satisfaça às suas necessidades atuais e futuras, pelo menos a médio prazo, e se encaixe no seu orçamento disponível para o projeto.

2.1.1. 1. Plataformas Open Source – São sistema de e-commerce desenvolvidos por comunidades de programadores que disponibilizam o código gratuitamente para download. São também conhecidas como plataformas open source.

2.1.2. 2. Plataformas SaaS – São plataforma desenvolvidas por empresas especializadas que oferecem estes sistemas para uso mediante ao pagamento de uma mensalidade ou qualquer outro tipo de taxa, como participação sobre as vendas. São conhecidas colo lojas virtuais alugadas.

2.1.2.1. VTEX: www.vtex.com.br

2.1.2.2. FLEXY: www.flexy.com.br

2.1.2.3. LOJA INTEGRADA: www.lojaintegrada.com.br

2.1.3. 3. Plataformas Exclusivas – São sistemas de e-commerce criados exclusivamente para uma determinada empresa visando satisfazer necessidades específicas. Devido ao seu alto custo, é uma modalidade que vem aos poucos desaparecendo.

3. 3 – Formas de pagamento para sua loja virtual

3.1. O meio de pagamento que você irá adotar é fundamental em diversos aspectos do negócio, por isso, é preciso prestar bastante atenção nesta escolha.

3.1.1. Intermediadores de Pagamentos – Esta é a solução mais indicada para quem está começando, pois é mais fácil de ser implementada e além do mais, é bem fácil de gerenciar, economizando muito trabalho de backoffice com conciliação de contas. Outra grande vantagem deste modelo é que a análise de risco das transações fica a cargo do intermediador, que também pode adiantar o recebimento dos valores pagos.

3.1.1.1. Pag Seguro

3.1.2. Gateways de Pagamento – Esta é uma solução intermediária, recomendável para lojas um pouco mais maduras. O problema aqui é que toda a parte de análise de risco fica por sua conta, o que gera mais trabalho e risco. Como montar uma loja virtual é uma sequência, recomendamos esta solução seja deixada para mais tarde, quando você estiver mais familiarizado com as rotinas de pagamentos no e-commerce.

3.1.2.1. CIELO

3.1.3. Integração Direta com Adquirentes – Esta é uma solução que somente se torna viável se você começar a vender produtos como um louco e atingir um faturamento que justifique partir para uma solução totalmente autônoma, onde você poderá negociar taxas diretamente com as administradoras, reduzindo assim o seu custo operacional. Somente recomendável para grandes operações de e-commerce, pois gera um backoffice muito pesado.

3.1.3.1. CAIXA PRÓPRIO

4. 4 – Sistemas de segurança para o e-commerce

4.1. A segurança de uma loja envolve também a conquista da confiança do usuário, o que afeta diretamente a taxa de conversão da loja.

4.1.1. Bom provedor, certificação digital, cadeado amarelo,

5. 5 – O marketing para uma loja virtual

5.1. Google Ads – São os anúncios pagos do Google, que fazem com que as páginas do seu site apareçam em destaque nas páginas de respostas do buscador. É ideal para gerar tráfego imediatamente, principalmente no início do negócio.

5.2. SEO – São as técnicas de otimização para ferramentas de busca que visam também colocar as páginas do seu e-commerce em destaque nas páginas de respostas do Google, só que sem pagar por isso.

5.3. Redes Sociais – Para setores como moda e acessórios, móveis e decoração e outros que trabalhem com produtos de grande impacto visual, é sem sobre de dúvida a melhor alternativa.

5.4. E-mail Marketing – É uma das principais fontes de conversão no e-commerce e tido como um canal essencial para uma loja virtual de sucesso, por isso não pode ficar de fora do seu planejamento.

6. 6 – A logística no e-commerce

6.1. Correios – Essa é a forma mais tradicional de entrega no e-commerce, principalmente para quem está começando agora. O problema é que existe uma limitação de até 30 quilos por encomenda e você sempre estará exposto a greves e um serviço que não se preocupa muito com a integridade das mercadorias. É triste, mas é a realidade.

6.2. Transportadoras – Essa é a melhor alternativa, pois você não fica exposto aos problemas que citamos acima, já que em um mercado competitivo, a qualidade na entrega é um diferencial. Além disso, é possível trabalhar com remessas acima do limite imposto pelos Correios.

6.3. FRETE GRÁTIS É CUSTO! CUIDADO!!!

7. 7 - Quanto custa montar um e-commerce?

7.1. Plataformas open source

7.1.1. Nas plataformas de e-commerce open source, sistemas de código livre que você pode baixar, instalar e configurar, existem inúmeras opções disponíveis no mercado. Embora pareça simples, na verdade é preciso ter um conhecimento de programação muito bom para poder instalar corretamente sistemas mais sofisticados. Por isso, não se iluda, você vai precisar contratar um programador ou empresa especializada.

7.2. Plataformas alugadas – SaaS

7.2.1. Montar uma loja virtual com uma plataforma de e-commerce alugada, o valor inicial começa por volta de R$ 30,00 e pode chegar até mais de R$ 8.000 nos modelos mais sofisticados. Aqui vale uma dica importante. Não se escolhe uma plataforma de e-commerce pelo preço, e sim pelas funcionalidades e outros quesitos técnicos que ela oferece. O ideal é pedir um orçamento para plataforma de e-commerce a diversos fornecedores e analisar bem as suas propostas.

7.3. Plataformas exclusivas

7.3.1. Por último você teria a opção de uma plataforma exclusiva. Nesse caso, não há como dizer qual é o patamar de preço, já que o orçamento depende de inúmeros fatores. O que podemos adiantar é que o investimento é muito alto e por isso pouco aconselhável para quem está iniciando agora.

8. 8- Atendimento ao cliente

8.1. Tenha um canal de atendimento visível no site

8.2. Estude o CDC

8.3. Coloque no custo do produto

9. Contatos

9.1. @anahomem @workamamy [email protected]