TEXTO, LEITOR E INTERAÇÃO SOCIAL

Leitura a Produção de Texto 1 - IFB

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
TEXTO, LEITOR E INTERAÇÃO SOCIAL por Mind Map: TEXTO, LEITOR E INTERAÇÃO SOCIAL

1. PERSPECTIVA DO TEXTO

1.1. LEITURA COMO UM PROCESSO ASCENDENTE

1.1.1. Fluindo do TEXTO para o LEITOR

1.2. Transparente para o leitor no intuito de ser processado na sua totalidade.

1.3. Obtenção do conteúdo que subjaz ao texto.

1.3.1. CAMADA PROFUNDA

1.3.1.1. Conteúdo a ser acessado pelo leitor.

1.3.2. CAMADA SUPERFICIAL

1.3.2.1. Recobre o conteúdo, mostrando-o com maior ou menor clareza, dependendo justamente de sua transparência.

1.4. Ler é extrair conteúdo, e a leitura será tanto melhor quanto mais conteúdo extrair.

1.5. O QUE CARACTERIZA A LEITURA?

1.5.1. Linearidade

1.5.2. Decodificar

2. CRÍTICAS A PERSPECTIVA TEXTUAL

2.1. 1) Ênfase no processamento linear da leitura

2.2. 2) Defesa da intermediação do sistema fonológico

2.3. 3) Valorização das habilidades de baixo nível

3. PERSPECTIVA DO LEITOR

3.1. LEITURA COMO UM PROCESSO DESCENDENTE

3.2. Baseados na experiência de vida do leitor.

3.3. Uso de diferentes fontes de conhecimento.

3.4. NÃO é feito de modo linear.

3.5. Há atribuição de sentido no texto, e não extração.

3.6. Participação ATIVA do leitor.

4. Ler é:

4.1. - PREVER: Quanto mais conhecimento tem sobre um texto, mais concreta é a previsão sobre ele.

4.2. - USAR ESTRATÉGIAS: Utilizada para melhor compreensão do texto.

4.2.1. Conhecimento prévio está baseado em esquemas

4.2.1.1. Estruturas cognitivas abstratas que permitem inúmeras realizações.

4.2.2. Uma das estratégias é a utilização de informações visuais

4.2.2.1. O que está nos olhos é mais importante do que está na frente.

4.3. - CONHECER CONVENÇÕES DA ESCRITA: Há uma diferença entre ler e falar, dessa forma, o leitor sabe exatamente os traços que as marcam

4.3.1. Ativo e atribui significado.

5. CRÍTICAS A PERSPECTIVA DO LEITOR

5.1. A preocupação maior é descrever a leitura como processo, opondo-se à leitura vista como produto, na abordagem do texto, onde o que importava era o resultado obtido.

6. PERSPECTIVA INTERACIONAL

6.1. Estuda o encontro de variáveis, no intuito da melhor compreensão do texto.

7. Paradigmas

7.1. PSICOLINGUÍSTICO

7.1.1. Abordagem transacional

7.1.1.1. Revisão das teorias que focalizam na perspectiva do leitor.

7.1.2. Teoria da compensação

7.1.2.1. Parte do princípio de que a leitura envolve várias fontes de conhecimento.

7.2. SOCIAL

7.2.1. Ler deixa de ser uma atividade individual para ser um comportamento social.

7.2.1.1. EXCLUSÃO DO LEITOR

7.2.1.1.1. Situação onde o leitor, quando não consegue adquirir conhecimento sobre um determinado grupo social, acaba sendo excluído dele.