Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
7 DESPERDÍCIOS por Mind Map: 7 DESPERDÍCIOS

1. TEMPO DE ESPERA(1): Tempo de parada por espera de um recurso produtivo, equipamento ou humano. Pode ocorrer por problemas no balanceamento produtivo, setup longo, maquinário ou mão-de-obra com pouca flexibilidade, problemas no planejamento de volume de trabalho e seu sequenciamento.

2. DEFEITO(2): Tempo e material gastos processando um produto não-conforme ou retrabalhando este. Pode ocorrer por inúmeras causas, mas principalmente por falha no processamento de algum equipamento ou pessoa, qualidade de mão-de-obra, falha na correta especificação do item junto ao cliente, problemas de qualidade de matéria prima.

3. TRANSPORTE(3): Tempo gasto com movimentação de material ou ferramentas, onde não existe agregação de valor ao produto. A causa fundamental é o layout de fabricação, a configuração de produção que não prioriza diminuição de distâncias ou maximiza fluxo de valor, como departamentalização da fábrica. Muitos produtos diferentes usando os mesmos recursos tendem a gerar este problema.

4. MOVIMENTAÇÃO(4): Similar ao transporte, mas se refere a deslocamento de pessoas. Pode ocorrer por falta de layouts celulares, atividades que requerem grande movimentação executada por poucas pessoas, falhas na alimentação e disponibilização de recursos e informações

5. EXCESSO DE PRODUÇÃO OU SUPERPRODUÇÃO(6): Fabricação de quantidades acima do necessário. Pode ocorrer por estratégia da empresa para manobrar problemas de lote elevado, flexibilidade de equipamentos, setup longo ou conhecida falta de qualidade no planejamento de produção. Também ocorre por cobrança inadequada sobre volume sem observar assertividade.

6. ESTOQUE(5): Tanto de produto final quanto de material em processo. No caso do material em processo, as principais causas são lotes de processamento grandes, problemas no balanceamento, problema de layout e distâncias, fornecimento de matéria-prima com lead-times elevados, e programação da produção. No caso de produtos finais, a modalidade MTS (Fazer para Estoque) com taxa de segurança muito elevada, problemas no planejamento de estoques, problemas com recebimento do cliente.

7. SUPERPROCESSAMENTO(7): Processos produtivos que não agregam valor ao produto. Podem ocorrer por falta de reavaliação em processos na atualização de produtos ou na própria interpretação das necessidades do cliente. Falta de treinamento ou qualidade que exigem refino e processo desnecessário ao produto.