MODELOS DE MENSURAÇÃO

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
MODELOS DE MENSURAÇÃO por Mind Map: MODELOS DE MENSURAÇÃO

1. Resultado

1.1. Modelo de Gestão Econômica – Gecon, que significa "administração por resultado" e "objetiva a otimização dos resultados por meio da melhoria da produtividade e da eficiência operacional"

2. Orçamento

2.1. Controladoria, no desempenho do seu papel de coordenadora do processo orçamentário

2.2. Utiliza o conceito de margem de contribuição, para atribuir meta ou determinar, quantitativamente, quanto cada produto ou gestor de produto contribuirá para a formação do resultado global da empresa no período definido.

3. Custos

3.1. Contabilidade de Custos são abordados como sendo o uso ou consumo de bens ou serviços utilizados para produzir outros bens e serviços que serão colocados à disposição ou à venda no mercado.

3.2. Departamentalização

3.2.1. A departamentalização é obrigatória em custos para uma racional distribuição dos custos indiretos. Cada departamento pode ser dividido em mais de um centro de custos.

3.3. Custeio Baseado em Atividades (ABC)

3.3.1. Metodologia de alocação de custos indiretos

3.3.2. Etapa 1 – Definição do Objeto de Custeio Etapa 2 – Mapeamento de Atividades Etapa 3 – Definição dos Direcionadores

4. Gestão de Informações Gerenciais

4.1. A Controladoria, na qualidade de área gestora do processo de produção e disponibilização de informações gerenciais dentro das organizações, necessita de um sistema capaz de coletar, criticar, formatar, classificar e divulgar informações úteis para o processo decisório, em toda a organização.

4.1.1. SIG – Sistemas de Informações Gerenciais

4.1.1.1. É o processo de transformação de dados em informações, que são utilizadas na estrutura decisória da empresa como ferramenta que possibilita a sustentação administrativa para otimizar os resultados esperados

5. Contabilometria

5.1. Modelo de Mensuração Contábil, processo de produção de informações gerenciais na Controladoria, através de Métodos estatísticos quantitativos para solucionar problemas de informações oriundas dos sistemas contábeis ou financeiro.

5.1.1. Ferramenta produtora de informações gerenciais capazes de predizer situações ou ameaças futuras utiliza modelos matemáticos ou estatísticos, formados por um conjunto de equações e inequações, formuladas de acordo com a complexidade do problema a ser solucionado e do conjunto de dados contábeis disponíveis.

5.1.1.1. Contabilometria estuda eventos contábeis que não possuem série histórica, associando-os a modelos matemáticos para solucionar problemas de informações que o tomador de decisão necessita obter, que não estão contidas nos demonstrativos contábeis tradicionais. Trata-se de metodologia inovadora, que deverá compor as boas práticas de Controladoria, voltadas para o apoio à decisão e à gestão de uma organização.

5.2. Equação Contabilométrica

5.2.1. Variáveis Envolvidas

5.2.1.1. Variáveis de decisão

5.2.1.1.1. taxas de retorno e de risco

5.2.1.2. Variável controlável ou endógena

5.2.1.2.1. Variável gerada pelo próprio Modelo, para solução

5.2.1.3. As variáveis não-controláveis ou exógenas

5.2.1.3.1. são os fatores ou dados externos fornecidos ao modelo, representados pelas hipóteses assumidas ou condições que devem ser respeitadas durante a utilização do modelo.

6. Balanced Scorecard

6.1. Gestão do Futuro: Divulgação Estratégia Ações planejadas; Todos os níveis da Organização

6.1.1. Balanced Scorecard corresponde ao detalhamento tanto da missão, como também da estratégia da empresa, em medidas de desempenho individuais, que permitirão o controle e a avaliação de todas as ações necessárias para garantir o sucesso e a continuidade da empresa.

6.2. Objetivos são segmentados:

6.2.1. Financeira;

6.2.1.1. Receita; Conquista de Mercado:; Lucratividade; Capacidade de Geração de Fluxo de Caixa.

6.2.2. Clientes;

6.2.2.1. Satisfação; Fidelização; Conquista e Restabilização de Novos Clientes.

6.2.3. Processos internos e Crescimento

6.2.3.1. Qualidade dos Produtos Inovação; Alinhamento da Capacidade Produção à quantidade de demandas: Qualidade de Informações, Etc...

6.2.4. Aprendizado

6.2.4.1. Treinamento e Capacitações dos Funcionários: Sugestões de Funcionários; Liderança; Rodízio de pessoal; Parceria com os clientes, ectc.

6.3. Ferramenta indutora de comportamento, que está geralmente associada ao programa de recompensa ou reconhecimento, previsto no modelo de gestão da empresa.

7. Avaliação de Desempenho

7.1. Avaliar o desempenho, significa atribuir uma nota, pontuação ou outro conceito, para poder compará-lo a uma expectativa de desempenho esperada.

7.1.1. Ponto de vista da empresa, Ambiente interno; Ambiente externo.

7.1.1.1. Ambiente Interno

7.1.1.1.1. Desempenho Operacional Eficiência no consumo de materiais: mão de obra direta, prazos de produção e entrega de produtos, etc

7.1.1.1.2. Desempenho Econômico Desempenho ligado ao modelo de gestão por resultados ou gestão econômica – GECON

7.1.1.1.3. Desempenho Financeiro se refere aos prazos de pagamentos e recebimentos dos valores envolvidos nas atividades, bem como à captação e aplicação de recursos financeiros, quando necessário"

7.2. Influência Positivamente a otimização do resultado de uma empresa.