Modernidade

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Modernidade por Mind Map: Modernidade

1. Economia

1.1. Primeira Revolução industrial - descobrimento da utilidade do carvão como meio de fonte de energia, assim desenvolvendo a máquina a vapor e a locomotiva.

1.2. Grandes Navegações - além de contribuir para o acúmulo de capitais na Europa, foi importante para que a dinâmica de um comércio de natureza intercontinental viesse a acontecer.

1.2.1. expansão marítima

1.2.2. visões do Novo Mundo

1.3. Revolução Comercial - período de grande expansão econômica da Europa, movido pelo colonialismo e mercantilismo. A moeda tornou-se fator primordial da riqueza e as transações comerciais foram monetarizadas.

1.3.1. Mercantilismo - forte intervenção do Estado na economia. Consistiu numa série de medidas tendentes a unificar o mercado interno e teve como finalidade a formação de fortes Estados-nacionais.

1.3.1.1. Metalismo

2. Contexto artistico

2.1. Renascimento

2.1.1. caráter humanista e teocentrismo medieval dava lugar ao antropocentrismo.

2.1.2. Temas explorados pelos artistas: desde o plano religiosos e espiritual aos costumes, mitologia e paisagens da época.

2.1.2.1. Leonardo da Vinci: importantes estudos nas áreas de anatomia humana, escultura, óptica, matemática, arquitetura, engenharia civil etc

2.1.2.2. Michelangelo Buonarroti, Rafael Sanzio, Donatello, Sandro Botticelli...

2.2. Barroco

2.2.1. a arte eclesiástica propagava a fé católica.

2.2.1.1. Caravaggio, Bernini, Borromini, Andrea Pozzo...

2.2.2. a arte manifestava-se através da ostentação e extravagância entre os grupos beneficiados pelas riquezas da colonização.

2.3. Rococó

2.3.1. não se preocupava com questões religiosas

2.3.2. arte evidentemente aristocrática, voltada para a alta classe

2.3.2.1. François Boucher, Nicolas Pineau, Jean-Antoine Watteau...

2.3.3. momento em que novas ideias sobre a existência humana eram produzidas, como o Iluminismo.

3. Filosofia

3.1. Humanismo - homem no centro do universo

3.2. Iluminismo - série de ideias centradas na razão como a principal fonte de autoridade e legitimidade.

3.3. Racionalismo - é baseado nos princípios da busca da certeza, pela demonstração e análise.

3.3.1. René Descartes: filósofo e matemático francês, criador do pensamento cartesiano. “Penso, logo existo”.

3.4. Ceticismo filosófico

3.5. Empirismo

4. Política

4.1. Revolução Francesa - colapso da monarquia absolutista. Privilégios feudais, aristocráticos e religiosos evaporaram-se em um ataque de grupos radicais, das massas nas ruas e de camponeses.

4.1.1. Liberalismo

4.1.1.1. Jean-Jacques Rousseau - o homem é bom, mas a sociedade o corrompe. Contrato Social: o ser humano nasceu livre, porém encontra uma série de obstáculos ao exercício de sua liberdade natural.

4.2. Absolutismo - defendia o poder absoluto do monarca sobre o Estado.

4.2.1. Maquiavel - justificou o uso da violência para manter o controle sobre a população, defendia a ideia de que “os fins justificariam os meios” e afirmava que mais valia para o rei ser temido que amado.

4.2.2. Montesquieu - teoria da separação dos poderes: afirma a distinção dos três poderes executivo, legislativo e judiciário. Essa separação caracterizou a passagem do Estado Absolutista para o Estado Liberal.

4.3. Despotismo Esclarecido

5. Religião

5.1. Rompimento com o pensamento escolástico, método de pensamento crítico ligado aos preceitos da Igreja Católica.

5.1.1. Reforma protestante: disputa entre protestantes e católicos contrarreformistas.

5.1.1.1. Martinho Lutero: publicou suas 95 Teses criticando às vendas de indulgências e protestando contra os abusos do clero.

5.1.1.2. Calvinismo

5.1.1.3. Invenção da Imprensa

5.2. Estabelecimento da razão como forma autônoma de construção de conhecimento, desligado de preceitos teológicos.

6. Ciência

6.1. ciência se torna OBJETIVA e REALISTA

6.1.1. Nicolau Copérnico: elaborou a hipótese do Heliocentrismo, que compreendia que os planetas, incluindo a Terra, giravam em torno da órbita do Sol.

6.1.2. Isaac Newton: descobriu as leis da gravidade, aperfeiçoou estudos sobre matemática, ciência natural, definiu conceitos de massa, causa, força, inércia, espaço, tempo...

6.1.3. Galileu Galilei: estudos do movimento uniformemente acelerado, do movimento do pêndulo, a lei dos corpos, o princípio da inércia, melhorou o telescópio refrator e com ele descobriu as manchas solares, as fases de Vénus, os satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, confirmando assim a hipótese de Copérnico.

6.2. abandonam-se os viés Aristotélicos

6.3. "A ciência não deve, além de não se vincular com a fé, não se vincular com dogmatismos humanos."