Saúde da mulher na atenção básica

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Saúde da mulher na atenção básica por Mind Map: Saúde da mulher na atenção básica

1. Rede cegonha

1.1. Pré- natal

1.1.1. Periodicidade das consultas

1.1.1.1. Até 28 semanas

1.1.1.1.1. Mensal

1.1.1.2. 28 até 36 semanas

1.1.1.2.1. Quinzenal

1.1.1.3. 36+ semanas

1.1.1.3.1. Semanal

1.1.2. Primeira consulta

1.1.2.1. Realizada pela enfermagem

1.1.2.2. Cadastro/ SIS

1.1.2.3. Solicitação de exames específicos

1.1.2.3.1. HIV, Sífilis, hemograma, glicose, puericultura, toxoplasmose, hepatite C

1.1.2.4. Anamnese completa

1.1.2.5. Classificação de risco

1.1.2.5.1. pode mudar durante a gestação

1.1.2.6. DUM

1.1.2.6.1. Idade gestacional

1.1.2.6.2. Data provável de parto

1.1.2.7. Exame físico completo

1.1.2.7.1. PA, FC

1.1.2.7.2. Altura uterina, palpação uterina

1.1.2.7.3. Peso e IMC

1.1.2.7.4. Batimentos cardíacos uterinos

1.1.3. Cartão da gestante ou caderneta

1.1.4. Vacinas indispensáveis

1.1.4.1. Hepatite B

1.1.4.2. Influenza

1.1.4.3. dTpa

1.1.4.4. Vacinar após 20 semanas

1.1.5. Retorno

1.1.5.1. Anamnese mais suscinta

1.1.5.2. PA, FC

1.1.5.3. Altura uterina, palpação uterina

1.1.5.4. Peso e IMC

1.1.5.5. Batimentos cardíacos uterinos

1.1.6. Queixas comuns na gestação

1.1.6.1. Náusea, Vômito, Fraqueza

1.1.7. Orientações alimentares

1.1.7.1. Orientar comer menos e aumentar a frequência

1.1.7.2. Orientar reduzir o consumo de alimentos pouco nutritivos, como doces e gorduras

1.1.8. Suplementação

1.1.8.1. até 12 semanss

1.1.8.1.1. Ácido fólico

1.1.8.2. Após 20 semanas

1.1.8.2.1. Sulfato ferroso

1.1.9. Um ultrassom por gestante, geralmente no 2 trimestre

1.1.10. Incentivo ao parto normal e ao aleitamento

1.2. Parto e nascimento

1.3. Puerpério

1.4. Sistema logístico

2. Câncer de mama

2.1. Diagnóstico precoce

2.1.1. Rastreamento

2.1.1.1. Mulheres de 40 a 49 anos

2.1.1.1.1. Exame clínico das mamas (ECM) anual e, se alterado, mamografia

2.1.1.2. Mulheres de 50 a 69 anos

2.1.1.2.1. ECM anual e mamografia a cada 2 anos

2.1.1.3. Mulheres de 35 anos ou mais com risco elevado

2.1.1.3.1. ECM e mamografia anuais

2.1.1.3.2. Risco elevado

2.1.1.4. Resultados da mamografia

2.1.1.4.1. 0-Exame incompleto

2.1.1.4.2. 1- Exame negativo

2.1.1.4.3. 2- Exame com achado tipicamente benigno

2.1.1.4.4. 3- Exame com achado provavelmente benigno

2.1.1.4.5. 4- Exame com achado suspeito

2.1.1.4.6. 5- Exame com achado altamente suspeito

2.1.1.4.7. 6- Exame cuja malignidade está comprovada

2.1.2. Participação da mulher

2.1.2.1. Autoexame

2.1.2.1.1. Sinais de alerta

2.2. Fatores de risco

2.2.1. Idade

2.2.1.1. mais de 50 anos

2.2.2. Obesidade

2.2.3. Sedentarismo

2.2.4. Exposição à radiação

2.2.5. Uso regular de alcool

2.2.6. Terapia de reposição hormonal

2.2.7. História Familiar

2.2.8. Menarca precoce

2.2.9. Menopausa tardia

2.2.10. Primeira gravidez após os 30 anos

2.2.11. Nuliparidade

3. Controle do Câncer do colo do útero

3.1. Promoção da saúde

3.1.1. Maior acesso à saúde e à informação

3.1.2. Controle do tabagismo

3.2. Prevenção primária

3.2.1. Diminuição do contato com o HPV

3.2.1.1. Vacinação

3.3. Prevenção secundária

3.3.1. Detecção precoce

3.3.1.1. Rastreamento

3.3.1.1.1. Exame citopatológico